1. De Davide. Eu te glorificarei, Senhor, de todo o meu coração, porque ouviste as palavras da minha boca; em presença dos anjos te cantarei salmos,

2. prostrar-me-ei no teu santo templo, e glorificarei o teu nome, por tua bondade e fidelidade, porque fizeste grande sobre todas as coisas o teu nome e a tua promessa.

3. Quando te invoquei, ouviste-me, multiplicaste a fortaleza na minha alma.

4. Celebrar-te-ão, Senhor, todos os reis da terra, quando ouvirem as palavras da tua boca;

5. e cantarão os caminhos (o proceder) do Senhor: "verdadeiramente é grande a glória do Senhor."

6. Na verdade, o Senhor é excelso, mas olha para o humilde; ao soberbo, porém, lança o seu olhar de longe.

7. Se eu ando no meio da tribulação (ó Senhor), tu me conservas a vida, estendes a tua mão contra a ira dos meus inimigos, a tua direita me salva.

8. As obras começadas, o Senhor as acabará por mim. Senhor, a tua bondade é eterna, não abandones a obra das tuas mãos.





“Invoquemos sempre o auxílio de Nossa Senhora.” São Padre Pio de Pietrelcina