1. Aleluia. Bem-aventurado o homem que teme o Senhor, que põe as suas delícias nos seus mandamentos.

2. Poderosa será a sua posteridade sobre a terra; bendita será a geração dos justos.

3. Haverá abundância e riquezas na sua casa, e a sua munificência durará sempre.

4. Nas trevas (do infortúnio) surge como uma luz para os rectos; (ele é) clemente, misericordioso e justo.

5. Ditoso o homem que se compadece e empresta (aos pobres), que dispõe as suas coisas com justiça.

6. Jamais vacilará; a memória do justo será eterna.

7. Não temerá ouvir notícias funestas; o seu coração está firme, esperando no Senhor.

8. Inalterável está o seu coração, não temerá, até que veja os seus adversários confundidos.

9. Distribui, dá aos pobres, a sua munificência durará sempre; o seu poder será exaltado com glória.

10. Vê-lo-á o pecador e se indignará, rangerá os dentes e se consumirá; porém o desejo dos pecadores perecerá.





“O amor é a rainha das virtudes. Como as pérolas se ligam por um fio, assim as virtudes, pelo amor. Fogem as pérolas quando se rompe o fio. Assim também as virtudes se desfazem afastando-se o amor”. São Padre Pio de Pietrelcina