1. Por que se amotinam as nações, e os povos maquinam planos vãos?

2. Os reis da terra sublevam-se e os príncipes coligam-se contra o Senhor e contra o seu Messias:

3. "Quebremos (disseram) as suas cadeias e sacudamos de nós os seus laços!"

4. Aquele que habita nos céus ri-se, o Senhor zomba deles,

5. Ele lhes fala então na sua ira, e os aterroriza no seu furor:

6. "Eu, porém, constituí o meu rei sobre Sião, meu monte santo!"

7. Promulgarei o decreto do Senhor: O Senhor disse-me: "Tu és meu filho, eu hoje te gerei.

8. Pede-me, e eu te darei as nações em herança, e em teu domínio os confins da terra.

9. Tu as governarás com vara de ferro, quebrá-las-ás qual vaso do oleiro."

10. E agora, ó reis, atendei; instruí-vos, vós que governais a terra.

11. Servi ao Senhor com temor, e louvai-o com alegria; com temor

12. prestai-lhe vassalagem, para que não se ire, e não apareçais fora do caminho (da justiça),

13. quando daqui a pouco se incendiar a sua indignação: Bem-aventurados todos os que se acolhem a ele.





“Que Jesus reine sempre soberano no seu coração e o faça cada vez mais digno de seus divinos dons.” São Padre Pio de Pietrelcina