1. O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor me ungiu. Enviou-me a levar a boa nova aos infelizes, a curar os de coração despedaçado, a anunciar a redenção aos cativos e a liberdade aos encarcerados;

2. a publicar o ano da graça do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os que choram,

3. a dar aos amargurados de Sião uma coroa em vez da cinza, óleo de gozo em vez de pranto, veste festiva em troca do espírito de aflição. Serão chamados terebintos da justiça, plantações do Senhor para lhe darem glória.

4. Repararão as ruínas antigas, reerguerão os destroços do passado, restaurarão as cidades destruídas, as devastações de muitos séculos,

5. Os estrangeiros estarão lá para apascentar os vossos gados; os filhos dos estrangeiros serão vossos lavradores e vinheiros.

6. Vós, porém sereis chamados sacerdotes do Senhor; ser-vos-á dado o nome de ministros do nosso Deus. Comereis a riqueza das nações, revestir-vos-eis da sua magnificência. (ver nota)

7. Visto que tiveram uma vergonha dobrada, e receberam em partilha opróbrios e escarros, por isso hão-de possuir na sua terra dupla porção e terão uma alegria eterna.

8. Porque eu, o Senhor amo a justiça e aborreço o fruto das rapinas; recompensarei fielmente as suas obras, e farei com eles uma aliança perpétua.

9. A sua posteridade será afamada entre as nações, e a sua descendência no meio dos povos: todos os que os virem, reconhecerão (logo) que são a linhagem abençoada pelo Senhor.

10. Regozijar-me-ei sobremaneira no Senhor, e a minha alma exultará no meu Deus, porque me revestiu com a roupagem da salvação e me cobriu com o manto da justiça, como esposo aformoseado com uma coroa, como esposa ornada com as suas jóias.

11. Porque, assim como a terra lança o seu gérmen, e o jardim faz brotar a semente que lhe lançaram, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor diante de todas as nações.





“Apóie-se, como faz Nossa Senhora, à cruz de Jesus e nunca lhe faltará conforto”. São Padre Pio de Pietrelcina