1. Sairá uma vara do tronco de Jessé, e um rebento brotará da sua raiz.

2. Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, espírito de sabedoria e de entendimento, espírito de conselho e de fortaleza, espírito de ciência e de piedade. (ver nota)

3. E ele respirará o temor do Senhor. Não julgará pelo que se manifesta exteriormente à vista, nem decidirá sòmente pelo que ouve dizer.

4. Julgará os pobres com justiça e com equidade os humildes da terra; ferirá a terra com a vara da sua boca, e matará o ímpio com o sopro dos seus lábios.

5. A justiça será o seu cinto, a fé o talabarte dos seus rins.

6. O lobo habitará com o cordeiro; o leopardo deitar-se-á ao pé do cabrito; o novilho e o leão viverão juntos, e um menino pequeno os conduzirá. (ver nota)

7. A vaca e a ursa irão comer às mesmas pastagens, e as suas crias descansarão umas com as outras; o leão comerá palha como o boi;

8. a criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e, na caverna do basilisco meterá a sua mão, a que acaba de ser desleitada.

9. Não haverá dano nem destruição, em todo o meu santo monte, porque a terra estará cheia da ciência do Senhor, como o fundo do mar das águas que o cobrem.

10. Naquele dia, o (Messias) rebento da raiz de Jessé, posto por estandarte dos povos, será invocado pelas nações, e será gloriosa sua morada.

11. Acontecerá isto naquele dia: Estenderá segunda vez o Senhor a sua mão para resgatar o resto do seu povo, que tiver escapado (ao furor) dos Assírios, do Egito, de Patros, da Etiópia, de Elão, de Senaar, de Hamat e das ilhas do mar.

12. Levantará o seu estandarte entre as nações, juntará os fugitivos de Israel, reunirá os dispersos de Judá, dos quatro cantos da terra.

13. Será destruída a inveja de Efraim, e perecerão os inimigos de Judá; Efraim não terá inveja a Judá, e Judá não pelejará contra Efraim.

14. Voarão (juntos), pelo ocidente, sobre os ombros dos Filisteus, e saquearão os filhos do Oriente; a Idumeia e Moab serão ràpidamente presa das suas mãos, e os filhos de Amon lhes prestarão obediência.

15. O Senhor secará a língua do mar do Egito, levantará a sua mão sobre o rio, na fortaleza do seu sopro, feri-lo-á (dividindo-o) em sete canais, de sorte que por ele se possa passar com calçado.

16. (Assim) haverá um caminho para o resto do meu povo, que escapar dos Assírios, como o houve para Israel naquele dia em que saiu da terra do Egito.





“Combata vigorosamente, se está interessado em obter o prêmio destinado às almas fortes.” São Padre Pio de Pietrelcina