1. Foi-me dirigida a palavra do Senhor nestes termos;

2. Filho de homem, volta o teu rosto para Gog, na terra de Magog, príncipe soberano de Mosoc e de Tubal e profetiza acerca dele.

3. Dirás: Assim fala o Senhor Deus: Eis que venho contra ti, Gog, príncipe soberano de Mosoc e de Tubal;

4. far-te-ei ir e vir (para onde quiser) pôr-te-ei um freio nos queixos, tirar-te-ei para fora. a ti e a todo o,teu exército, aos cavalos e aos cavaleiros, todos cobertos de couraças, uma grande multidão de homens, brandindo lanças, embraçando escudos e empunhando espadas.

5. Persas, Etíopes e Líbios estarão com eles, todos de escudos e capacetes.

6. Gomer e todas as suas tropas, a casa de Togorma, dos confins do aquilão, com todas as suas forças, povos numerosos estarão contigo.

7. Apronta-te. prepara-te com toda essa numerosa multidão que se juntou ao redor de ti, e dá-lhes as tuas ordens.

8. Depois de muitos dias, receberás ordens; ao fim de anos irás a uma nação que foi salva 'da espada e que, tirada dentre muitos povos, foi congregada nos montes de Israel, que estiveram muito tempo desertos, nação tirada dentre os povos, que vive toda sem receio.

9. Avançando, irás a ela como uma tempestade e como uma nuvem, para cobrir a terra, tu e todos os teus esquadrões, muitos povos contigo.

10. Isto diz o Senhor Deus; Naquele dia formarás em teu coração altivos projectos, forjarás planos malignos.

11. Dirás; Irei contra uma terra que está sem muros, atacarei homens em paz, que habitam com segurança; todos eles têm habitações sem muros, sem ferrolhos nem portas.

12. (Tu irás) para saquear, tomar despojos, para descarregar a tua mão sobre ruínas (agora) habitadas, sobre um povo que foi congregado do meio das nações, o qual multiplica rebanhos e bens. e habita (o pais que era considerado como) o centro (das nações) da terra.

13. Sabá, Dedan, os negociantes de Tarsis e todos os seus leões (ou príncipes) dir-te-ão: Porventura vens fazer pilhagem? Juntaste essa tua multidão para saquear, para levar prata e ouro, para tirar rebanhos e bens, para tomar um enorme despojo?

14. Por isso tu, filho de homem, profetiza, dize a Gog: Assim fala o Senhor Deus: Porventura não saberás bem o dia em que o meu povo de Israel viverá com toda a segurança?

15. Virás então do teu país, lá dos confins do aquilão, tu e muitos povos contigo, montados todos a cavalo, multidão Imensa, exército poderoso.

16. Dirigir-te-ás contra o meu povo de Israel, como uma nuvem de tempestade que cobre o país. Acontecerá nos últimos dias. que te farei vir sobre a minha terra, para que as nações me conheçam quando for santificado em ti a seus olhos, ó Gog.

17. Eis o que diz o Senhor Deus: Tu és aquele de quem falei nos séculos passados, por meio de meus servos, os profetas de Israel, quando profetizaram naqueles tempos, que eu te faria vir contra eles.

18. Naquele dia, no dia da chegada de Gog à terra de Israel, diz o Senhor Deus, a minha indignação subirá.

19. Digo-o no meu zelo, no fogo da minha ira: Naquele dia haverá uma grande comoção sobre a terra de Israel;

20. os peixes do mar, as aves do céu, os animais do campo, todos os répteis que se movem sobre a terra, todos os homens que há sobre a face da terra tremerão diante de mim; os montes serão deitados abaixo, os rochedos tombarão, todas as muralhas cairão por terra.

21. Chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão.

22. Exercerei os meus juízos contra ele, pela peste, pelo sangue; farei cair chuvas torrenciais, saraivadas, fogo e enxofre, sobre ele, sobre o seu exército e sobre os numerosos povos que estão com ele.

23. Com isto manifestarei a minha grandeza e a minha santidade, far-me-ei conhecer aos olhos de muitas nações, e saberão que eu sou o Senhor.





“Onde há mais sacrifício, há mais generosidade.” São Padre Pio de Pietrelcina