1. Josafat adormeceu com seus pais, e foi sepultado com eles na cidade de David. Seu filho Jorão reinou em seu lugar.

2. (Jorão) teve por irmãos os filhos de Josafat: Azarias, Jaiel, Zacarias, Azarias, Miguel e Safatias. Todos estes eram filhos de Josafat, rei da Judá.

3. Seu pai deu-lhes muitos dons em prata, ouro e em pensões, e cidades muito fortes em Judá mas entregou o reino a Jorão, por ser o primogênito.

4. Jorão tomou posse do reino de seu pai. Depois que se viu bem seguro, mandou matar à espada todos os seus irmãos e alguns dos grandes de Israel.

5. Jorão tinha trinta e dois anos quando começou a reinar, e reinou oito anos em Jerusalém.

6. Andou nos caminhos dos reis de Israel, como tinha feito a casa de Acab, porque sua mulher era filha de Acab. Fez o mal na presença do Senhor.

7. O Senhor, porém, não quis perder a casa de Davide, em atenção ao pacto que tinha feito com ele, porque tinha prometido que lhe daria uma lâmpada a ele e a seus filhos para sempre.

8. Naquele tempo Edom revoltou-se para não estar mais sujeito a Judá, e constituiu para si um rei.

9. Jorão, tendo ido (àquela província) com os seus generais e com toda a cavalaria que tinha consigo, levantou-se de noite e desbaratou Edom e todos os comandantes da sua cavalaria, que o tinham cercado.

10. Todavia Edom manteve-se rebelde até ao dia de hoje, para não estar debaixo do poder de Judá. No mesmo tempo revoltou-se também Lobna, para não estar debaixo da sua obediência, (isto aconteceu) porque ele tinha abandonado o Senhor Deus de seus pais.

11. Além disto erigiu lugares altos nas cidades de Judá; induziu os habitantes de Jerusalém a idolatrarem, Judá a prevaricar.

12. Então foi-lhe levada uma carta do profeta Elias, em que estava escrito: Eis o que diz o Senhor Deus de Davide, teu pai: Porque não andaste pelos caminhos de teu pai Josafat, nem pelos caminhos de Asa, rei de Judá,

13. mas seguiste o caminho dos reis de Israel; porque fizeste cair na idolatria Judá e os habitantes de Jerusalém, imitando a idolatria da casa de Acab; porque, além disso mataste teus irmãos, da casa de teu pai, melhores do que tu,

14. sabe que também o Senhor te ferirá com um grande flagelo a ti, ao teu povo, aos teus filhos, às tuas mulheres e a tudo o que te pertence.

15. Tu serás ferido no teu ventre com uma doença maligníssima, até que te saiam pouco a pouco as entranhas, durante longos dias.

16. O Senhor suscitou, pois, contra Jorão o espírito dos Filisteus e dos Árabes, que confinam com os Etíopes,

17. os quais entraram na terra de Judá, assolaram-na, saquearam tudo o que encontraram no palácio do rei, e, além disso (levaram) os seus filhos e mulheres, de sorte que não lhe ficou filho algum, senão Joacaz, que era o mais novo de todos.

18. Por sobre tudo isto, o Senhor feriu-o com uma doença incurável nas entranhas.

19. Sucedendo-se os dias uns aos outros, completou-se o período de dois anos; ele, consumido lentamente com a podridão, lan­çando fora até as suas entranhas, morreu em meio do mais acerbo sofrimento. O povo não lhe fez as exéquias queimando-lhe perfumes, segundo o costume, como tinha feito a seus antecessores.

20. Jorão tinha trinta e dois anos quando começou a reinar, e reinou oito anos em Jerusalém. Não andou com retidão. Sepultaram-no na cidade de Davide, mas não no sepulcro dos reis.





“A mansidão reprime a ira.” São Padre Pio de Pietrelcina