1. No ano décimo do reinado de Jeroboão, reinou Abia sobre Judá.

2. Reinou três anos em Jerusalém. Sua mãe chamava-se Micaia, filha de Uriel de Gabaa. Houve guerra entre Abia e Jeroboão.

3. Abia rompeu as hostilidades, tendo consigo gente fortíssima e quatrocentos mil homens escolhidos. Jeroboão pôs também em batalha um exército de oitocentos mil homens, os quais também eram soldados escolhidos e valentíssimos para a guerra.

4. Abia fez alto sobre o monte Semeron, que estava na tribo de Efraim, e disse: Ouvi-me, Jeroboão e todo o Israel:

5. Porventura ignorais vós que o Senhor Deus de Israel deu para sempre a Davide e aos seus descendentes a soberania sobre Israel por um pacto inviolável?

6. Jeroboão, filho de Nabat, servo de Salomão, filho de Davide, levantou-se e revoltou-se contra seu Senhor.

7. Uma multidão de homens vãos, filhos de Belial, juntaram-se a ele, e fizeram-se mais fortes do que Roboão, filho de Salomão; Roboão era um homem sem experiência e de coração cobarde, por isso não lhes pôde resistir.

8. Agora vós dizeis que podeis resistir ao reino do Senhor, que ele possui por meio dos descendentes de Davide. Sois uma multidão numerosa, e tendes os novilhos de ouro que Jeroboão vos fez para vossos deuses.

9. Vós expulsastes os sacerdotes do Senhor, filhos de Aarão, e os Levitas, e fizestes para vós (outros) sacerdotes à maneira de todos os povos da terra: qualquer que se apresente à consagração, trazendo (para o sacrifício) um novilho e sete carneiros, é feito sacerdote daqueles que não são deuses.

10. Para nós o Senhor é Deus (verdadeiro), a quem não deixamos; ao Senhor servem os sacerdotes da linhagem de Aarão, e os Levitas o servem em seus ministérios.

11. Cada dia, de manhã e de tarde, oferecem holocaustos ao Senhor e perfumes compostos segundo os preceitos da lei; expõem os pães numa mesa limpíssima, e acendem, todas as tardes, o candelabro de ouro com as suas lâmpadas, porque nós guardamos os preceitos do Senhor nosso Deus, a quem vós abandonastes.

12. Por isso o capitão do nosso exército é Deus, e os seus sacerdotes são os que tocam as trombetas e as fazem retinir contra vós. Filhos de Israel não queirais combater contra o Senhor Deus de vossos pais, porque isto vos não convém.

13. Enquanto assim falava, Jeroboão foi executando um movimento envolvente, com guerreiros postos em emboscadas; estando acampado defronte dos inimigos, ia cercando com o seu exército Judá, sem este o perceber.

14. Porém, tendo Judá voltado a cabeça e reconhecido que vinha sobre ele, por diante e por detrás, clamou ao Senhor, e os sacerdotes começaram a tocar as trombetas.

15. Todo o exército de Judá levantou uma grande vozearia. Quando eles assim gritavam, infundiu Deus temor em Jeroboão e em todo o Israel que estava defronte de Abia e de Judá.

16. Os filhos de Israel fugiram diante de Judá, e Deus entregou-lhos nas suas mãos.

17. Abia e a sua gente desbarataram-nos com grande destroço, caindo feridos do lado de Israel quinhentos mil homens valentes.

18. Foram humilhados os filhos de Israel naquele tempo, e os filhos de Judá cobraram grandíssimo alento, porque tinham esperado no Senhor Deus de seus pais.

19. Abia foi perseguindo Jeroboão, que fugia, e tomou-lhe várias cidades: Betel com as suas dependências, Jesana com as suas dependências, e Efron com as suas dependências.

20. Jeroboão não pôde mais resistir durante o reinado de Abia; o Senhor feriu Jeroboão, e ele morreu.

21. Abia, firmado o seu reino, tomou catorze mulheres e teve vinte e dois filhos e dezasseis filhas.

22. O resto das ações de Abia, e dos seus costumes e feitos, está escrito com toda a exatidão no livro do profeta Ado.





“Procuremos servir ao Senhor com todo o coração e com toda a vontade. Ele nos dará sempre mais do que merecemos.” São Padre Pio de Pietrelcina