1. Irmãos, se algum homem cair por surpresa em algum delito, vós, que sois espirituais, admoestai-o com espírito de mansidão. Toma cuidado contigo; podes também ser tentado.

2. Levai os fardos uns dos outros: desta maneira, cumprireis a lei de Cristo.

3. Se alguém julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana.

4. Cada um examine a sua obra, e então terá glória somente em si mesmo, e não em outro.

5. Com efeito, cada um levará o seu próprio fardo. (ver nota)

6. O que é catequizado na palavra, reparta de todos os bens com o que o catequiza.

7. Não vos enganeis: de Deus não se zomba.

8. Aquilo que o homem semear, isso colherá. Aquele que semeia na sua carne, da carne colherá corrupção; mas o que semeia no Espírito, colherá do Espírito a vida eterna.

9. Não nos cansemos, pois, de fazer o bem, porque a seu tempo colheremos, não desfalecendo.

10. Logo, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos irmãos na fé.

11. Vede que grandes letras escrevo por meu próprio punho!

12. Os que querem gloriar-se segundo a carne, esses obrigam-vos à circuncisão, só para não sofrerem perseguição pela cruz de Cristo.

13. Esses mesmos que se circuncidam, não guardam a lei, mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne. (ver nota)

14. Longe de mim o gloriar-me senão da cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo, por quem o mundo está crucificado para mim, e eu crucificado para o mundo.

15. De facto, nem a circuncisão nem a incircuncisão valem nada, mas o ser uma nova criatura.

16. A todos os que seguirem esta regra, paz e misericórdia, assim como a Israel de Deus.

17. Para o faturo ninguém me inquiete, porque eu trago no meu corpo as marcas de Jesus. (ver nota)

18. Irmãos, que a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo sejam com o vosso espírito. Assim seja.





“Amemos ao próximo. Custa tão pouco querer bem ao outro.” São Padre Pio de Pietrelcina