1. Entretanto os Filisteus combatiam contra os Israelitas. Os homens de Israel fugiram diante dos Filisteus, e caíram mortos (muitos deles) no monte de Gelboé.

2. Os Filisteus investiram contra Saul e contra os seus filhos, matando Jónatas, Abinadab e Melquisua, filhos de Saul.

3. O maior peso do combate caiu sobre Saul, e os frecheiros alcançaram-no e feriram-no gravemente.

4. Saul disse ao seu escudeiro: Desembaínha a tua espada e atravessa-me com ela, para que não venham estes Incircuncidados, e me tirem a vida escarnecendo de mim. Todavia o seu escudeiro não o quis fazer, porque se apoderou dele um excessivo terror. Por isso Saul tomou a espada e deixou-se cair sobre ela. (ver nota)

5. O escudeiro, vendo que Saul estava morto, lançou-se também ele mesmo sobre a sua espada e morreu com ele.

6. Morreu, pois, Saul, com os seus três filhos, o seu escudeiro e todos os seus homens naquele dia.

7. Ora os Israelitas, que estavam da banda de além do vale, e além do Jordão, vendo que os Israelitas tinham fugido, e que tinha sido morto Saul com os seus filhos, abandonaram as suas cidades e fugiram. Os Filisteus vieram e estabeleceram-se nelas.

8. Ao outro dia foram os Filisteus para despojar os mortos, e encontraram Saul e os seus três filhos estendidos sobre o monte de Gelboé.

9. Cortaram a cabeça a Saul, despojaram-no das armas, e enviaram esta boa notícia a toda a terra dos Filisteus, para que se publicasse no templo dos seus ídolos e entre o povo.

10. Puseram as armas de Saul no templo de Astarot, e suspenderam o seu corpo no muro de Betsan.

11. Tendo os habitantes de Jabes de Galaad ouvido tudo o que os Filisteus tinham feito a Saul,

12. saíram todos os homens mais valentes, marcharam toda a noite, e tiraram o cadáver de Saul e os cadáveres de seus filhos do muro de Betsan. Voltaram para Jabes de Galaad, e ali os queimaram

13. Tomaram os seus ossos, sepultaram-nos no bosque de Jabes, e jejuaram sete dias.





“Se você fala das próprias virtudes para se exibir ou para vã ostentação perde todo o mérito.” São Padre Pio de Pietrelcina