1. Davide disse no seu coração: Por fim, algum dia cairei nas mãos de Saul; não será melhor que eu fuja e me salve no pais dos Filisteus, para que Saul perca de todo as esperanças e cesse de me buscar por todas as terras de Israel? Fugirei portanto das suas mãos.

2. Davide levantou-se, com os seus seiscentos homens, e foi para Aquis, filho de Maoque, rei de Get.

3. Davide habitou com Aquis em Get, ele e os seus, cada um com sua família, e Davide com as suas duas mulheres, Aquinoão de Jezrael, e Abigail, mulher que tinha sido de Nabal do Carmelo.

4. Saul foi avisado de que Davide se tinha refugiado em Get, e não cuidou mais em o buscar.

5. Davide disse a Aquis: Se eu encontrei graça diante dos teus olhos, seja-me dado lugar numa das cidades deste país, onde eu habite; pois por que há-de residir o teu servo contigo na cidade real?

6. Aquis deu-lhe naquele dia (a cidade de) Siceleg, e, deste modo, Siceleg tornou-se dos reis de Judá até ao dia de hoje.

7. O número de dias que Davide habitou nas terras dos Filisteus, foi de quatro meses.

8. Davide saía com a sua gente e fazia incursões contra os Gessurianos, Gerzianos e Amalecitas, porque naquela terra era antigamente habitada (por estes povos) sobre o caminho de Sur até à terra do Egipto.

9. Davide assolava toda aquela região sem deixar com vida nem homem nem mulher, tirando ovelhas, bois, jumentos, camelos e roupas. Depois voltava e ia para Aquis. (ver nota)

10. Aquis perguntava-lhe: Para que lado fizeste tu hoje incursão? Davide respondia; Para a parte meridional de Judá, ou para a parte meridional de Jerameel, ou para a parte meridional de Ceni.

11. Não deixava Davide com vida nem homem nem mulher, nem levava prisioneiro algum a Get, por temor de que dessem informações contra ele (e os seus) dizendo: Davide fez isto ou aquilo. Foi este o seu proceder durante todo o tempo que habitou no país dos Filisteus.

12. Aquis acreditava em Davide, dizendo: Ele tem feito muito mal a Israel, seu povo, por isso estará sempre ao meu serviço.





“Pense em Jesus flagelado por amor a você, e ofereça com generosidade um sacrifício a Ele”. São Padre Pio de Pietrelcina