1. Jesus tomou de novo a barca, passou o lago e veio para a sua cidade.

1. et ascendens in naviculam transfretavit et venit in civitatem suam

2. Eis que lhe apresentaram um paralítico estendido numa padiola. Jesus, vendo a fé daquela gente, disse ao paralítico: "Meu filho, coragem! Teus pecados te são perdoados."

2. et ecce offerebant ei paralyticum jacentem in lecto et videns Jesus fidem illorum dixit paralytico confide fili remittuntur tibi peccata tua

3. Ouvindo isto, alguns escribas murmuraram entre si: "Este homem blasfema."

3. et ecce quidam de scribis dixerunt intra se hic blasphemat

4. Jesus, penetrando-lhes os pensamentos, perguntou-lhes: "Por que pensais mal em vossos corações?

4. et cum vidisset Jesus cogitationes eorum dixit ut quid cogitatis mala in cordibus vestris

5. Que é mais fácil dizer: Teus pecados te são perdoados, ou: Levanta-te e anda?

5. quid est facilius dicere dimittuntur tibi peccata aut dicere surge et ambula

6. Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra o poder de perdoar os pecados: Levanta-te - disse ele ao paralítico -, toma a tua maca e volta para tua casa."

6. ut sciatis autem quoniam Filius hominis habet potestatem in terra dimittendi peccata tunc ait paralytico surge tolle lectum tuum et vade in domum tuam

7. Levantou-se aquele homem e foi para sua casa.

7. et surrexit et abiit in domum suam

8. Vendo isto, a multidão encheu-se de medo e glorificou a Deus por ter dado tal poder aos homens.

8. videntes autem turbæ timuerunt et glorificaverunt Deum qui dedit potestatem talem hominibus

9. Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, que estava sentado no posto do pagamento das taxas. Disse-lhe: Segue-me. O homem levantou-se e o seguiu.

9. et cum transiret inde Jesus vidit hominem sedentem in teloneo Mattheum nomine et ait illi sequere me et surgens secutus est eum

10. Como Jesus estivesse à mesa na casa desse homem, numerosos publicanos e pecadores vieram e sentaram-se com ele e seus discípulos.

10. et factum est discumbente eo in domo ecce multi publicani et peccatores venientes discumbebant cum Jesu et discipulis ejus

11. Vendo isto, os fariseus disseram aos discípulos: "Por que come vosso mestre com os publicanos e com os pecadores?"

11. et videntes Pharisæi dicebant discipulis ejus quare cum publicanis et peccatoribus manducat magister vester

12. Jesus, ouvindo isto, respondeu-lhes: "Não são os que estão bem que precisam de médico, mas sim os doentes.

12. at Jesus audiens ait non est opus valentibus medico sed male habentibus

13. Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício (Os 6,6). Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores."

13. euntes autem discite quid est misericordiam volo et non sacrificium non enim veni vocare justos sed peccatores

14. Então os discípulos de João, dirigindo-se a ele, perguntaram: "Por que jejuamos nós e os fariseus, e os teus discípulos não?"

14. tunc accesserunt ad eum discipuli Johannis dicentes quare nos et Pharisæi jejunamus frequenter discipuli autem tui non jejunant

15. Jesus respondeu: Podem os amigos do esposo afligir-se enquanto o esposo está com eles? Dias virão em que lhes será tirado o esposo. Então eles jejuarão.

15. et ait illis Jesus numquid possunt filii sponsi lugere quamdiu cum illis est sponsus venient autem dies cum auferetur ab eis sponsus et tunc jejunabunt

16. Ninguém põe um remendo de pano novo numa veste velha, porque arrancaria uma parte da veste e o rasgão ficaria pior.

16. nemo autem inmittit commissuram panni rudis in vestimentum vetus tollit enim plenitudinem ejus a vestimento et pejor scissura fit

17. Não se coloca tampouco vinho novo em odres velhos; do contrário, os odres se rompem, o vinho se derrama e os odres se perdem. Coloca-se, porém, o vinho novo em odres novos, e assim tanto um como outro se conservam.

17. neque mittunt vinum novum in utres veteres alioquin rumpuntur utres et vinum effunditur et utres pereunt sed vinum novum in utres novos mittunt et ambo conservantur

18. Falava ele ainda, quando se apresentou um chefe da sinagoga. Prostrou-se diante dele e lhe disse: Senhor, minha filha acaba de morrer. Mas vem, impõe-lhe as mãos e ela viverá.

18. hæc illo loquente ad eos ecce princeps unus accessit et adorabat eum dicens filia mea modo defuncta est sed veni inpone manum super eam et vivet

19. Jesus levantou-se e o foi seguindo com seus discípulos.

19. et surgens Jesus sequebatur eum et discipuli ejus

20. Ora, uma mulher atormentada por um fluxo de sangue, havia doze anos, aproximou-se dele por trás e tocou-lhe a orla do manto.

20. et ecce mulier quæ sanguinis fluxum patiebatur duodecim annis accessit retro et tetigit fimbriam vestimenti ejus

21. Dizia consigo: Se eu somente tocar na sua vestimenta, serei curada.

21. dicebat enim intra se si tetigero tantum vestimentum ejus salva ero

22. Jesus virou-se, viu-a e disse-lhe: Tem confiança, minha filha, tua fé te salvou. E a mulher ficou curada instantaneamente.

22. at Jesus conversus et videns eam dixit confide filia fides tua te salvam fecit et salva facta est mulier ex illa hora

23. Chegando à casa do chefe da sinagoga, viu Jesus os tocadores de flauta e uma multidão alvoroçada. Disse-lhes:

23. et cum venisset Jesus in domum principis et vidisset tibicines et turbam tumultuantem

24. Retirai-vos, porque a menina não está morta; ela dorme. Eles, porém, zombavam dele.

24. dicebat recedite non est enim mortua puella sed dormit et deridebant eum

25. Tendo saído a multidão, ele entrou, tomou a menina pela mão e ela levantou-se.

25. et cum ejecta esset turba intravit et tenuit manum ejus et surrexit puella

26. Esta notícia espalhou-se por toda a região.

26. et exiit fama hæc in universam terram illam

27. Partindo Jesus dali, dois cegos o seguiram, gritando: Filho de Davi, tem piedade de nós!

27. et transeunte inde Jesu secuti sunt eum duo cæci clamantes et dicentes miserere nostri Fili David

28. Jesus entrou numa casa e os cegos aproximaram-se dele. Disse-lhes: Credes que eu posso fazer isso? Sim, Senhor, responderam eles.

28. cum autem venisset domum accesserunt ad eum cæci et dicit eis Jesus creditis quia possum hoc facere vobis dicunt ei utique Domine

29. Então ele tocou-lhes nos olhos, dizendo: Seja-vos feito segundo vossa fé.

29. tunc tetigit oculos eorum dicens secundum fidem vestram fiat vobis

30. No mesmo instante, os seus olhos se abriram. Recomendou-lhes Jesus em tom severo: Vede que ninguém o saiba.

30. et aperti sunt oculi illorum et comminatus est illis Jesus dicens videte ne quis sciat

31. Mas apenas haviam saído, espalharam a sua fama por toda a região.

31. illi autem exeuntes diffamaverunt eum in tota terra illa

32. Logo que se foram, apresentaram-lhe um mudo, possuído do demônio.

32. egressis autem illis ecce obtulerunt ei hominem mutum dæmonium habentem

33. O demônio foi expulso, o mudo falou e a multidão exclamava com admiração: Jamais se viu algo semelhante em Israel.

33. et ejecto dæmone locutus est mutus et miratæ sunt turbæ dicentes numquam paruit sic in Israël

34. Os fariseus, porém, diziam: É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios.

34. Pharisæi autem dicebant in principe dæmoniorum eicit dæmones

35. Jesus percorria todas as cidades e aldeias. Ensinava nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo mal e toda enfermidade.

35. et circumibat Jesus civitates omnes et castella docens in synagogis eorum et prædicans evangelium regni et curans omnem languorem et omnem infirmitatem

36. Disse, então, aos seus discípulos: A messe é grande, mas os operários são poucos.

36. videns autem turbas misertus est eis quia erant vexati et jacentes sicut oves non habentes pastorem

37. Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe.

37. tunc dicit discipulis suis messis quidem multa operarii autem pauci

38.

38. rogate ergo dominum messis ut eiciat operarios in messem suam

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.




Livros sugeridos



“O amor tudo esquece, tudo perdoa, sem reservas.” São Padre Pio de Pietrelcina