1. Chegando a manhã, todos os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo reuniram-se em conselho para entregar Jesus à morte.

1. mane autem facto consilium inierunt omnes principes sacerdotum et seniores populi adversus Jesum ut eum morti traderent

2. Ligaram-no e o levaram ao governador Pilatos.

2. et vinctum adduxerunt eum et tradiderunt Pontio Pilato præsidi

3. Judas, o traidor, vendo-o então condenado, tomado de remorsos, foi devolver aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos as trinta moedas de prata,

3. tunc videns Judas qui eum tradidit quod damnatus esset pænitentia ductus rettulit triginta argenteos principibus sacerdotum et senioribus

4. dizendo-lhes: Pequei, entregando o sangue de um justo. Responderam-lhe: Que nos importa? Isto é lá contigo!

4. dicens peccavi tradens sanguinem justum at illi dixerunt quid ad nos tu videris

5. Ele jogou então no templo as moedas de prata, saiu e foi enforcar-se.

5. et projectis argenteis in templo recessit et abiens laqueo se suspendit

6. Os príncipes dos sacerdotes tomaram o dinheiro e disseram: Não é permitido lançá-lo no tesouro sagrado, porque se trata de preço de sangue.

6. principes autem sacerdotum acceptis argenteis dixerunt non licet mittere eos in corbanan quia pretium sanguinis est

7. Depois de haverem deliberado, compraram com aquela soma o campo do Oleiro, para que ali se fizesse um cemitério de estrangeiros.

7. consilio autem inito emerunt ex illis agrum figuli in sepulturam peregrinorum

8. Esta é a razão por que aquele terreno é chamado, ainda hoje, Campo de Sangue.

8. propter hoc vocatus est ager ille Acheldemach ager sanguinis usque in hodiernum diem

9. Assim se cumpriu a profecia do profeta Jeremias: Eles receberam trinta moedas de prata, preço daquele cujo valor foi estimado pelos filhos de Israel;

9. tunc impletum est quod dictum est per Hieremiam prophetam dicentem et acceperunt triginta argenteos pretium adpretiati quem adpretiaverunt a filiis Israël

10. e deram-no pelo campo do Oleiro, como o Senhor me havia prescrito.

10. et dederunt eos in agrum figuli sicut constituit mihi Dominus

11. Jesus compareceu diante do governador, que o interrogou: És o rei dos judeus? Sim, respondeu-lhe Jesus.

11. Jesus autem stetit ante præsidem et interrogavit eum præses dicens tu es rex Judæorum dicit ei Jesus tu dicis

12. Ele, porém, nada respondia às acusações dos príncipes dos sacerdotes e dos anciãos.

12. et cum accusaretur a principibus sacerdotum et senioribus nihil respondit

13. Perguntou-lhe Pilatos: Não ouves todos os testemunhos que levantam contra ti?

13. tunc dicit illi Pilatus non audis quanta adversum te dicant testimonia

14. Mas, para grande admiração do governador, não quis responder a nenhuma acusação.

14. et non respondit ei ad ullum verbum ita ut miraretur præses vehementer

15. Era costume que o governador soltasse um preso a pedido do povo em cada festa de Páscoa.

15. per diem autem sollemnem consueverat præses dimittere populo unum vinctum quem voluissent

16. Ora, havia naquela ocasião um prisioneiro famoso, chamado Barrabás.

16. habebat autem tunc vinctum insignem qui dicebatur Barabbas

17. Pilatos dirigiu-se ao povo reunido: Qual quereis que eu vos solte: Barrabás ou Jesus, que se chama Cristo?

17. congregatis ergo illis dixit Pilatus quem vultis dimittam vobis Barabban an Jesum qui dicitur Christus

18. (Ele sabia que tinham entregue Jesus por inveja.)

18. sciebat enim quod per invidiam tradidissent eum

19. Enquanto estava sentado no tribunal, sua mulher lhe mandou dizer: Nada faças a esse justo. Fui hoje atormentada por um sonho que lhe diz respeito.

19. sedente autem illo pro tribunali misit ad illum uxor ejus dicens nihil tibi et justo illi multa enim passa sum hodie per visum propter eum

20. Mas os príncipes dos sacerdotes e os anciãos persuadiram o povo que pedisse a libertação de Barrabás e fizesse morrer Jesus.

20. princeps autem sacerdotum et seniores persuaserunt populis ut peterent Barabban Jesum vero perderent

21. O governador tomou então a palavra: Qual dos dois quereis que eu vos solte? Responderam: Barrabás!

21. respondens autem præses ait illis quem vultis vobis de duobus dimitti at illi dixerunt Barabban

22. Pilatos perguntou: Que farei então de Jesus, que é chamado o Cristo? Todos responderam: Seja crucificado!

22. dicit illis Pilatus quid igitur faciam de Jesu qui dicitur Christus

23. O governador tornou a perguntar: Mas que mal fez ele? E gritavam ainda mais forte: Seja crucificado!

23. dicunt omnes crucifigatur ait illis præses quid enim mali fecit at illi magis clamabant dicentes crucifigatur

24. Pilatos viu que nada adiantava, mas que, ao contrário, o tumulto crescia. Fez com que lhe trouxessem água, lavou as mãos diante do povo e disse: Sou inocente do sangue deste homem. Isto é lá convosco!

24. videns autem Pilatus quia nihil proficeret sed magis tumultus fieret accepta aqua lavit manus coram populo dicens innocens ego sum a sanguine justi hujus vos videritis

25. E todo o povo respondeu: Caia sobre nós o seu sangue e sobre nossos filhos!

25. et respondens universus populus dixit sanguis ejus super nos et super filios nostros

26. Libertou então Barrabás, mandou açoitar Jesus e lho entregou para ser crucificado.

26. tunc dimisit illis Barabban Jesum autem flagellatum tradidit eis ut crucifigeretur

27. Os soldados do governador conduziram Jesus para o pretório e rodearam-no com todo o pelotão.

27. tunc milites præsidis suscipientes Jesum in prætorio congregaverunt ad eum universam cohortem

28. Arrancaram-lhe as vestes e colocaram-lhe um manto escarlate.

28. et exuentes eum clamydem coccineam circumdederunt ei

29. Depois, trançaram uma coroa de espinhos, meteram-lha na cabeça e puseram-lhe na mão uma vara. Dobrando os joelhos diante dele, diziam com escárnio: Salve, rei dos judeus!

29. et plectentes coronam de spinis posuerunt super caput ejus et harundinem in dextera ejus et genu flexo ante eum inludebant dicentes have rex Judæorum

30. Cuspiam-lhe no rosto e, tomando da vara, davam-lhe golpes na cabeça.

30. et expuentes in eum acceperunt harundinem et percutiebant caput ejus

31. Depois de escarnecerem dele, tiraram-lhe o manto e entregaram-lhe as vestes. Em seguida, levaram-no para o crucificar.

31. et postquam inluserunt ei exuerunt eum clamydem et induerunt eum vestimentis ejus et duxerunt eum ut crucifigerent

32. Saindo, encontraram um homem de Cirene, chamado Simão, a quem obrigaram a levar a cruz de Jesus.

32. exeuntes autem invenerunt hominem cyreneum nomine Simonem hunc angariaverunt ut tolleret crucem ejus

33. Chegaram ao lugar chamado Gólgota, isto é, lugar do crânio.

33. et venerunt in locum qui dicitur Golgotha quod est Calvariæ locus

34. Deram-lhe de beber vinho misturado com fel. Ele provou, mas se recusou a beber.

34. et dederunt ei vinum bibere cum felle mixtum et cum gustasset noluit bibere

35. Depois de o haverem crucificado, dividiram suas vestes entre si, tirando a sorte. Cumpriu-se assim a profecia do profeta: Repartiram entre si minhas vestes e sobre meu manto lançaram a sorte (Sl 21,19).

35. postquam autem crucifixerunt eum diviserunt vestimenta ejus sortem mittentes

36. Sentaram-se e montaram guarda.

36. et sedentes servabant eum

37. Por cima de sua cabeça penduraram um escrito trazendo o motivo de sua crucificação: Este é Jesus, o rei dos judeus.

37. et inposuerunt super caput ejus causam ipsius scriptam hic est Jesus rex Judæorum

38. Ao mesmo tempo foram crucificados com ele dois ladrões, um à sua direita e outro à sua esquerda.

38. tunc crucifixi sunt cum eo duo latrones unus a dextris et unus a sinistris

39. Os que passavam o injuriavam, sacudiam a cabeça e diziam:

39. prætereuntes autem blasphemabant eum moventes capita sua

40. Tu, que destróis o templo e o reconstróis em três dias, salva-te a ti mesmo! Se és o Filho de Deus, desce da cruz!

40. et dicentes qui destruit templum et in triduo illud reædificat salva temet ipsum si Filius Dei es descende de cruce

41. Os príncipes dos sacerdotes, os escribas e os anciãos também zombavam dele:

41. similiter et principes sacerdotum inludentes cum scribis et senioribus dicentes

42. Ele salvou a outros e não pode salvar-se a si mesmo! Se é rei de Israel, desça agora da cruz e nós creremos nele!

42. alios salvos fecit se ipsum non potest salvum facere si rex Israël est descendat nunc de cruce et credemus ei

43. Confiou em Deus, Deus o livre agora, se o ama, porque ele disse: Eu sou o Filho de Deus!

43. confidet in Deo liberet nunc eum si vult dixit enim quia Dei Filius sum

44. E os ladrões, crucificados com ele, também o ultrajavam.

44. id ipsum autem et latrones qui fixi erant cum eo inproperabant ei

45. Desde a hora sexta até a nona, cobriu-se toda a terra de trevas.

45. a sexta autem hora tenebræ factæ sunt super universam terram usque ad horam nonam

46. Próximo da hora nona, Jesus exclamou em voz forte: Eli, Eli, lammá sabactáni? - o que quer dizer: Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?

46. et circa horam nonam clamavit Jesus voce magna dicens Heli Heli lema sabacthani hoc est Deus meus Deus meus ut quid dereliquisti me

47. A estas palavras, alguns dos que lá estavam diziam: Ele chama por Elias.

47. quidam autem illic stantes et audientes dicebant Heliam vocat iste

48. Imediatamente um deles tomou uma esponja, embebeu-a em vinagre e apresentou-lha na ponta de uma vara para que bebesse.

48. et continuo currens unus ex eis acceptam spongiam implevit aceto et inposuit harundini et dabat ei bibere

49. Os outros diziam: Deixa! Vejamos se Elias virá socorrê-lo.

49. ceteri vero dicebant sine videamus an veniat Helias liberans eum

50. Jesus de novo lançou um grande brado, e entregou a alma.

50. Jesus autem iterum clamans voce magna emisit spiritum

51. E eis que o véu do templo se rasgou em duas partes de alto a baixo, a terra tremeu, fenderam-se as rochas.

51. et ecce velum templi scissum est in duas partes a summo usque deorsum et terra mota est et petræ scissæ sunt

52. Os sepulcros se abriram e os corpos de muitos justos ressuscitaram.

52. et monumenta aperta sunt et multa corpora sanctorum qui dormierant surrexerunt

53. Saindo de suas sepulturas, entraram na Cidade Santa depois da ressurreição de Jesus e apareceram a muitas pessoas.

53. et exeuntes de monumentis post resurrectionem ejus venerunt in sanctam civitatem et apparuerunt multis

54. O centurião e seus homens que montavam guarda a Jesus, diante do estremecimento da terra e de tudo o que se passava, disseram entre si, possuídos de grande temor: Verdadeiramente, este homem era Filho de Deus!

54. centurio autem et qui cum eo erant custodientes Jesum viso terræmotu et his quæ fiebant timuerunt valde dicentes vere Dei Filius erat iste

55. Havia ali também algumas mulheres que de longe olhavam; tinham seguido Jesus desde a Galiléia para o servir.

55. erant autem ibi mulieres multæ a longe quæ secutæ erant Jesum a Galilæa ministrantes ei

56. Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu.

56. inter quas erat Maria Magdalene et Maria Jacobi et Joseph mater et mater filiorum Zebedæi

57. À tardinha, um homem rico de Arimatéia, chamado José, que era também discípulo de Jesus,

57. cum sero autem factum esset venit quidam homo dives ab Arimathia nomine Joseph qui et ipse discipulus erat Jesu

58. foi procurar Pilatos e pediu-lhe o corpo de Jesus. Pilatos cedeu-o.

58. hic accessit ad Pilatum et petiit corpus Jesu tunc Pilatus jussit reddi corpus

59. José tomou o corpo, envolveu-o num lençol branco

59. et accepto corpore Joseph involvit illud sindone munda

60. e o depositou num sepulcro novo, que tinha mandado talhar para si na rocha. Depois rolou uma grande pedra à entrada do sepulcro e foi-se embora.

60. et posuit illud in monumento suo novo quod exciderat in petra et advolvit saxum magnum ad ostium monumenti et abiit

61. Maria Madalena e a outra Maria ficaram lá, sentadas defronte do túmulo.

61. erat autem ibi Maria Magdalene et altera Maria sedentes contra sepulchrum

62. No dia seguinte - isto é, o dia seguinte ao da Preparação -, os príncipes dos sacerdotes e os fariseus dirigiram-se todos juntos à casa de Pilatos.

62. altera autem die quæ est post parasceven convenerunt principes sacerdotum et Pharisæi ad Pilatum

63. E disseram-lhe: Senhor, nós nos lembramos de que aquele impostor disse, enquanto vivia: Depois de três dias ressuscitarei.

63. dicentes domine recordati sumus quia seductor ille dixit adhuc vivens post tres dies resurgam

64. Ordena, pois, que seu sepulcro seja guardado até o terceiro dia. Os seus discípulos poderiam vir roubar o corpo e dizer ao povo: Ressuscitou dos mortos. E esta última impostura seria pior que a primeira.

64. jube ergo custodiri sepulchrum usque in diem tertium ne forte veniant discipuli ejus et furentur eum et dicant plebi surrexit a mortuis et erit novissimus error pejor priore

65. Respondeu Pilatos: Tendes uma guarda. Ide e guardai-o como o entendeis.

65. ait illis Pilatus habetis custodiam ite custodite sicut scitis

66. Foram, pois, e asseguraram o sepulcro, selando a pedra e colocando guardas.

66. illi autem abeuntes munierunt sepulchrum signantes lapidem cum custodibus

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.




Livros sugeridos



“Quanto maiores forem os dons, maior deve ser sua humildade, lembrando de que tudo lhe foi dado como empréstimo.” São Padre Pio de Pietrelcina