Carta aberta ao Pe. Fábio de Melo

Autor: Gustavo de Souza
Fonte: http://exsurge.wordpress.com/


Reverendíssimo Pe. Fábio de Melo,

Em primeiro lugar, conceda-me a sua bênção!

Escrevo-lhe para fazer algumas observações e questionamentos a respeito das suas colocações durante uma entrevista recentemente concedida ao Programa do Jô.

Caso não saiba, algumas das suas declarações geraram grande indignação entre os católicos. Sobretudo nos blogs e sites católicos multiplicaram-se as críticas e manifestações de repúdio a algumas de suas posições expressas na citada entrevista. Sem dúvida, houve diversas respostas adequadas e enriquecedoras; contudo, parece que essas felizes colocações soçobraram ante uma avalanche de afirmações imprecisas, imprudentes e, em alguns casos, incorretas.

Uma das suas primeiras assertivas, que a mim causou muito espanto e preocupação, foi a de que “precisamos nos despir dessa arrogância de que nós somos proprietários da verdade suprema”. De fato, “donos” da verdade nós não somos. Mas nós a conhecemos! A Verdade é Cristo, e não há outra. Afirmações da natureza desta que o senhor proferiu induzem as pessoas a crer que a verdade é relativa ou até mesmo que não existe. Quando, na realidade, nem uma coisa nem outra procedem. Foi à Igreja que Cristo confiou a missão de ensinar e zelar pela Verdade. Quando, muitas vezes, pessoas imbuídas de um espírito de falso-ecumenismo admitem que todo aquele que prega diferente da Igreja, está ‘certo dentro da sua realidade’, está-se falseando a autêntica Doutrina, segundo a qual a verdade é objetiva, acessível, única, eterna (vide Tomás de Aquino, in De Veritatis). Outrossim, ao falar em uma “verdade suprema”, subentende-se que há uma ou mais verdades inferiores, submissas. O que não é também correto. Se existe uma, e somente uma, verdade, não há porque falar em verdade “suprema”. Fazendo uso de uma associação lógica, se – como diz o adágio latino – ubbi Ecclesia, ibbi Christus (onde está a Igreja, aí está Cristo); e se Cristo é a Verdade (Jo 14,6); então a Verdade está na Igreja. Por acaso é arrogante, feio ou pecaminoso apontar aos homens aquilo que eles às apalpadelas procuram há séculos? Se os homens estão sedentos de Verdade não podemos nós saciar-lhes mostrando onde ela se encontra?

E como explicar que, ao falar da condição adâmica do homem, o senhor tenha adotado a interpretação modernista segundo a qual a historicidade das escrituras fica reduzida ao nível das histórias da carochinha?! Dizer que Adão é uma imagem simbólica, metafórica, “fabulesca”, não faz parte da Doutrina Católica! O fato de a linguagem empregada no livro de Gênesis ser recheada de simbolismo não elimina o fato de que os acontecimentos nele narrados tenham se dado no tempo e no espaço tal como foram escritos. A interpretação literal complementa e enriquece a hermenêutica que se pode fazer a partir dos símbolos. Não é assim que ensina a Igreja?

Veja tambem  A Presença Real de Cristo na Eucaristia - Parte 2

Depois o senhor falou que durante muito tempo “nós (subentenda-se: Igreja) fomos omissos”. Parece-me que essa omissão se referia às questões ecológicas. Pelo amor de Deus, padre! A missão da Igreja é salvar a Amazônia ou salvar as almas? Que conversa é essa de “cristificação do universo”? Por que dar atenção a isso quando tantas almas se perdem na imoralidade, na heresia, na inércia espiritual?

Em seguida, veio aquela colocação, esdrúxula e totalmente non sense, de que a Igreja – que se considerava barca de Pedro – após o Concílio Vaticano II passou a se enxergar como Povo de Deus. Devo informar-lhe que a Igreja permanece sendo barca de Pedro, e o povo de Deus é – por assim dizer – a tripulação desta barca. Onde é que houve mudança na compreensão da eclesiologia?

Entre as críticas feitas pelos blogueiros, salientava-se a sua posição – no mínimo, omissa – quando o apresentador Jô Soares comentou que achava um absurdo que a Igreja considerasse que o matrimônio servia apenas à procriação. Pergunto: por que o senhor não afirmou, como ensina a Igreja, que o matrimônio tem duas finalidades: a unitiva e a procriativa? Por que não disse que, sim, o amor dos esposos importa e ele é – ou, pelo menos, deve ser – expresso pela unidade (de pensamento e de vontade) que os cônjuges demonstram em todas e cada uma de suas ações? Era tão simples desfazer a argumentação errônea do entrevistador e, ao mesmo tempo, aproveitar para instruir as pessoas segundo a Sã Doutrina! Pior que não ter ensinado no momento oportuno, foi o senhor afirmar que “o nosso discurso já mudou”! Diga-me, Pe. Fábio, acaso a doutrina imutável da Igreja perdeu a sua imutabilidade? O senhor crê, convictamente, que a Igreja está, dia após dia, se amoldando à mentalidade atual? Não seria missão da Esposa de Cristo formar na sociedade uma mentalidade cristã, isto é, fomentar um novo modo de pensar e de viver que esteja impregnado do perfume de Cristo? Ou é o contrário: o mundo é que deve catequizar a Igreja?

Veja tambem  Igreja de Cristo é toda um povo sacerdotal, afirmam bispos de Portugal

Em outro momento da entrevista o senhor afirmou que não “conseguia” celebrar a missa todos os dias? Não lhe parece estranho, e prejudicial, que a sua “agenda” não permita que o senhor celebre todos os dias a Eucaristia? Qual deve ser o centro da vida do sacerdote: o altar ou o palco? E quanto ao breviário? A sua “agenda” permite que o senhor o reze diariamente (considerando que não fazê-lo é pecado grave para o sacerdote)?

Depois veio a pergunta: “o senhor teve experiências sexuais antes de ser padre?” Creio um homem que consagrou (frise-se o termo: consagrou) sua sexualidade a Deus não deveria expor sua intimidade diante do público. Mas, já que a pergunta indecorosa foi feita, a resposta que esperei foi algo no sentido de fazer o interlocutor entender que aquela questão era de ordem privada; que não convinha ser tratada em público. Em resumo: algo como “não é da sua conta!”. Porém, que fez o senhor? Respondeu que teve, sim, experiências sexuais precedentes, mas “às escondidas”! Caro Pe. Fábio, o senhor acha que convém dar uma resposta deste tipo? Isso não induziria as pessoas a pensar que não existem padres castos (considerando que muitos confundem castidade com virgindade)? Isso não estimularia as pessoas a crer na falácia segundo a qual todo jovem já teve, tem ou deve ter experiências sexuais que precedam a sua decisão vocacional?

O senhor comentou, ainda, que “para a gente ser padre, a gente tem que ter amado na vida. É impossível (grifos meus) fazer uma opção pelo celibato, pela vida consagrada, se eu não tiver tido uma experiência de amar alguém de verdade”. O senhor acha, realmente, que o homem que nunca amou uma mulher não sabe amar? Baseado em que o senhor diz isso? Que dizer então do meu pároco que, tendo ido para o seminário aos 11 anos, nunca namorou? Ele é menos feliz por causa disso? Menos decidido pelo sacerdócio? Não creio que isso proceda.

Veja tambem  Muito inteligente para se tornar católico?

O que se viu nessa malfadada entrevista à rede globo foi a apresentação de um comunicador, um cantor, um filósofo, um homem qualquer. Pudemos enxergar Fábio de Melo. E só. O padre passou desapercebidamente. De comunicadores, cantores e filósofos, já basta: nós os temos em número suficiente! Precisamos de padres! Padres que são, sim, homens por natureza; mas que tiveram sua dignidade elevada pelo caráter impresso no sacramento da Ordem. Homens que não são “como quaisquer outros” porque receberam a graça e a missão de agir in persona Christi. Temos carência de ver padres que ajam, falem e – até mesmo – se vistam, em conformidade com a sua dignidade sacerdotal.

Creio que muitos destes desdobramentos que eu estou expondo não foram sequer imaginados pelo senhor no momento em que concedeu a entrevista, e enquanto respondia às perguntas. Contudo, o ônus de quem se expõe à opinião pública é, exatamente, suportar os possíveis mal-entendidos que se geram quando as palavras são compreendidas de modo diverso da intenção e da mentalidade de quem as proferiu. Espero que tudo que eu falei aqui tenha sido realmente um grande mal-entendido… Sempre cabe, contudo, esclarecer os desentendimentos mais graves que possam prejudicar não só a sua imagem, mas a da Igreja como um todo. Um ensino errado pode levar uma alma à perdição.

Perdoe-me, sinceramente, a franqueza e, talvez, a dureza em alguns momentos. Mas eu precisava lhe expor as minhas dúvidas, impressões e inquietudes com relação a essa entrevista. Se o senhor se dignar me responder esta carta, ainda que de modo breve, sucinto, ficaria imensamente grato. Despeço-me rogando mais uma vez a sua bênção e garantindo-lhe as minhas orações em favor de seu sacerdócio e de sua alma.

Gustavo Souza,
Indigno filho da Santa Igreja Católica

Obs.: Esta carta foi encaminhada ao e-mail que consta como contato do reverendíssimo Pe. Fábio de Melo no seu site. Estou no aguardo da resposta…




Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

Papa quer que Igreja redescubra importância dos sacerdotes

Próximo

Eucaristia, amor que transforma o mundo, explica Papa

59 Comentários

  1. Helio Fernando

    Jesus misericórdia, como está ficando difício ser católico hoje sem passar por vexames, imaginem para os nossos filhos mais adiante, como se não bastasse o absurdo nos USA, quanto a visita do presidente (protestante) a uma universidade católica, o mesmo exigio que fosse cobertas todas as imagens dos santos e escritos em latin em toda a extenção do prédio, agora essa infeliz entrevista do Padre Fábio de Melo pra todo mundo ver a sua crise de identidade como Padre e fé católica. é lamentável, rezarei por ele e pr todos aqueles que perderam sua fé por conta desse mal testemulho!

  2. Helio Fernando

    O padre precisa muito das nossas orações!

  3. Pedro Erisson

    Vergonhoso!!! Apostasia PURA!!
    Essa da visita do presidente americano a uma universidade Católica e proibição das Tradições da Igreja eu não sabia…ao amigo Helio, fica claro para nós que o abandono da Fé Una e Eterna está sendo abandonada, escanteada, e jogada no esquecimento, sem que, aqueles que mais deveriam estar lutando pela defesa Fé, os nossos Sacerdotes (sem generalizar) o façam…poucos são os que não se intimidam em sofrer perseguições. Lamentável. Se os que deveriam mostrar maior encorajamento em defender o Tesouro que há muito nos foi confiado, não o fazem, intimidam-se, o que dizer dos fiéis… onde se ampararam, onde encontraremos apoio, onde mais acreditar com confiança?
    Pois confiemos em Pedro!
    Eis a pedra em qual podemos nos apoiar com segurança!
    Salve o Papa! Salve Bento XVI !
    Aquele ao qual Deus escolheu para: "confirmar os irmãos" (Lc 22,31).

  4. luiz onofre pereira

    Quero corroborar as sábias colocações do Gustavo sobre a lamentável entrevista de Fabio de Melo ao ateu Jo Soares.A nossa Igreja Católica precisa de sacerdotes que saibam valorizar o Sacramento da Ordem.Lamentavelmente vivemos um momento de estrelismo dos nossos dirigentes espirituais, o que nos iguala, lamentavelmente aos lideres das seitas que buscam a promoção pessoal ao inves de serem evangelizadores.Que Jesus tenha piedade de nós!

  5. suelen maracaiva

    Meu filho adolescente qdo o Pe. Fabio começou a aparecer na midia ficou encantado da beleza de um padre. Hoje ele
    diz tudo menos este cara botoxizado, mais horrorizada fiquei
    com ele na Hebe com cara de tonto na frente da Luana Piovani qdo ela falou que não poderia conv idar ele p o show dela. Nasci em berço católico, fiquei 15 anos em igreja evangélica, voltei p a igreja católica e agora vejo as missas e me sinto dentro da igreja evangélica só falta os padres começarem a ofender N.Senhora.

  6. Gentil A. Nobre de C

    Senhor tem piedade de nós, iluminai a todos nós e em especial aos nossos sacerdotes. Pe. Fábio de Melo perdoe-me, sua apresentação no programa do gordo, feriu a mim e a muitas pessoas, que o enxergava como um modelo aos mais jovens. Sou leigo porém já vivi bastante e me parece que o sr. se esqueceu como já disse-lhe o Gustavo "verdade só uma". Descupe-me mais uma vez Pe. Fábio e peço sua bênção.

  7. maria das gra&ccedil

    padre fabio somos catolicos mas quero te contar uma historia minhas filhas uma com 13 e18 estao fazendo a catequese na paroquia do divino pai eterno ja a um ano e dois meses edisseram que nao vai fazer a 1a comunhao se nao forem a missa toda semana e como se nao o bastasse disse que se o pai ou a mae nao forem no retiro da igreja nao vai ter a 1comunhao e dificil acompanhalas porque e um pouco longe da minha casa eu trabalho com uma senhora idosa e durmo justamente no sabado e domingo para o pai tbm trabalha a noite elas fazem das 5e30 vai ate a missaas 8e30 temho medo de deixar vir sozinhas a essa hora agora padre fabio e necessario fazer a 1 eucaristia sendo que ja tem mais de um ano voce me aconselha o que olha um abraço eum beijo pois sou sua fa espero no pograma pois adoro o seu pograma parabens

  8. Bruno Mourão

    Algumas das acusações procedem, outras não. Outras, ainda são um exagero contra o padre.
    Sinto em admitir que esta carta é mais uma tentativa vaidosa de ofender que uma exortação caridosa.
    Se o intuito era mesmo exortar o padre, pq não fazê-lo, em primeiro lugar como o Senhor Jesus ensinou: "Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão."(São Mateus 18, 15-17)

    Se nós não nos unirmos até nesses momentos, que será de nós?

  9. Carla Bonfim

    Ao Bruno Mourão!

    Parabéns! Se me permite, faço das suas, as minhas palavras.
    Um fraternal abraço.

  10. Pois é, não podemos e nem devemos estar com o dedo apontado, procurando atingir o nosso irmão ou nossos irmãos que estão tendo a coragem de serem verdadeiros expondo aquilo que pensam. O Pe. Fábio de Melo não é diferente! Mas, no momento, tem cumprido bem sua missão utilizando-se da mídia para se comunicar com o povo, quer católico ou não, num trabalho sério de renovação. Claro! as pessoas que, ainda, vivem uma igreja fechada e sem transparência, uma igreja em que no momento em que vão comungar, o fazem cabisbaixos e com os seus rostos tristes, ignorando que, naquele momento especial estamos recebendo o Cristo ressuscitado, sendo, portanto um momento de muita alegria em que devemos recebE-lo com um sorriso de satisfação e partilhá-lo com nossos irmãos. Com certeza o Pe. Fábio de Melo tem vivido o sacramento da partilha com intensidade, pelo trabalho que vem fazendo, propondo aos jóvens e proporcionando àqueles não tão jóvens, uma oportunidade de renovação. Não custa nada lembrar que, a palavra de Deus nos traz sempre uma mensagem renovadora, desde que a pratiquemos em nome da verdade que é Cristo. A igreja necessita e muito resgatar o valor das famílias, células com as quais são formadas comunidades e viver a grande unidade pela qual temos lutado. Mas tudo, deve partir de mim, de você…..

  11. Cilene Roza de Almei

    A paz de Jesus e o Amor de Maria….
    Não tenho comentário algum para fazer sobre as entrevistas de Padre Fabio de Melo, porém gostaria de saber se posso ter algum contato com ele, se poderei um dia recebe-lo em meu lar.
    Aqui em casa todos aprendemos muito com ele, com seu jeito poético de falar.
    Gostaria de lhe falar e ouvi-lo,sentir que ele não é apenas para a elite, que nós os mais humildes também temos acesso a ele.
    Digo isso pois infelizmente só chega a nossos padres especiais os ricos , os que estão na mídia em evidência.
    Não faço aqui uma critica, não me entenda mal, quero mesmo, sinto a necessidade de conhecer, conversar, trocar idéias, obter conselhos do Padre Fabio, pois o acho um enviado de Deus, alguém que se deixa guiar pelo Espirito Santo de Deus, principalmente no programa direção espiritual.
    Moro em santo andre e eu e minha família, gostaríamos muito de ter esse contato com o Padre Fabio.
    Desde já agradeço a atenção.

  12. sandra

    DEUS E UM SER SUPREMO PADRE FABIO DE MELO UMA DÁDIVA DELE

  13. sandra

    façamos uma corrente de salve rainha pelo sarcerdocio do padre fabio de melo amém.

  14. remidio pereira

    CILENE, SE VOCÊ GOSTA DE POESIAS, LEIA CECILIA MEIRELES, SE QUISER SER MAIS EVANGELIZADA: LEIA AS SAGRADAS ESCRITURAS !ALÔ MEU DEUS,FAZIA TANTO TEMPO,QUE EU NÃO MAIS ME ESTRESSAVA !

  15. Carlos antunes de Ol

    Caro amigo Gustavo de Souza,meu irmão em Cristo Jesus, a PAZ de Cristo esteja com você e os seus.
    Gostaria de saber em primeiro lugar se você é católico mesmo, e se o for, de que lado está.Por quê tanto preconceito com um religioso da tua própria Igreja?Responder a perguntas na televisão é difícil e podemos dizer coisas erradas , que inclusive não gostaríamos de ter dito.E depois, em se tratando de Jô Soares, um aprentador desse nível, podemos esperar perguntas das mais difíceis de responder, principalmente em se tratando de religião!!!
    E por que usou um vocabulário tão difícil para se expressar?Escreva de um jeito que todo mundo entenda, seja humilde ao partilhar seus pensamentos, suas idéias.Perdoe-me se isso não é verdade, mas parece até que você está querendo aparecer com esse "comentário alto nível".E mais, você entrou até no íntimo do Padre Fábio vasculhando-o e despindo-o moralmente, e você mesmo não nos disse quem é só se identificando como "indígno filho da Igreja Católica" , mas isto todos nós o somos. somos todos pecadores!
    Meu caro Gustavo, no seu questionamento sobre "imagem simbólica,metafórica e fabulesca de Adão" deixa-nos bem claro que, pelo jeito só tem uma leitura fundamental das Sagradas Escrituras, porque você sabe quem escreveu a história de Adão e Eva, e por quê? Não? então leia o livro de Ariel Álvrez Valdez, Ed. Santuário,pgs.29 a 38, e verá que a sua indignação é arrogante e ignorante.Existem exegetas, biblistas e teólogos aos montes hoje que nos ajudam a entender a Bíblia, sabia? E porque o assunto"Cristicação do Universo" não tem a ver com "almas que se perdem na imoralidade, heresia e inércia espiritual? Jesus é, incontestavelmente, Senhor do Universo e de tudo o que nele contém, inclusive nós, com tudo o que nós somos, ou não? Como você separa as preocupações como se algumas fossem preocupações de Jesus e outras não, ou estão em segundo plano?Não entendi muito bem a sua intenção.Se entendi mal me perdoe.Espero sinceramente, que o seu comentário tenha sido só para o nosso infinto bem e o da nossa Santa Madre Igreja, que, como você mesmo disse, somos todos nós.Um abraço em Cristo e que as bênçãos de Deus desça sobre você e os seus.
    * Eu sou de Botucatu, interior de São Paulo.Pertenço à Igreja do Sagrado Coração de Jesus, cujo Pároco é o nosso querido Padre Zezinho.Sou Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão Eucarística,Coordenador do Setor Pastoral São José, e Servo de Jesus, na medida do possível.

  16. Neila

    Realmente Cilene o caro é um artista.
    Inté que ele inventa ser poeta e escritor direitinho!
    Agora padre ele não é mesmo!
    Se ele é padre eu sou Madre Tereza de Calcutá.
    Ah quanto ele ir no seu lar, tá difícil! A não ser que você acerta na mega sena e contrate ele pra fazer um shouzinho particular!

  17. Neila

    Uma corrente não resolveria. Só mesmo bilhares e bilhares de corrente e de ferro, pra amarrar no pé dele preso a uma mesa de estudo. Pra vê se ele aprende a ser sacerdote.

  18. Larissa

    Só acho que o padre Fábio não deveria perder tempo em programas tão fúteis quanto esses, onde o real objetivo dos apresentadores é massacrar um cara do ele.

  19. Pe. estou muito feliz de poder deixar minha mensagem para o senhor.

    Tenho muita admiração pelo seu modo de evangelizar.

    Logo que lhe conhece lhe juguei achava que o senhor era muito vaidoso , mas depois de um tempo assistindo o seu programa direção espiritual passei a entender e apreende bastante quando o sr. diz que ninguem ama o que não se conhece e sempre que é necessario repito suas palavras para alguém.

    Pe. sou catequista da Igreja de Santo Anônio em Manaus (AM) e meus amigos da catequese todos gostam muito do senhor e ele brincam comigo porque as vezes não lhe chamo de padre mais sim de Fábio de Melo e ele dissem que eu já sou muito intima sua. rsrsrsrsrsrsrsrs…

    Que Deus continue lhe abençoando.

    Paz e Bem

  20. Pe. estou muito feliz de poder deixar minha mensagem para o senhor.
    Tenho muita admiração pelo seu modo de evangelizar.
    Logo que lhe conhece lhe juguei achava que o senhor era muito vaidoso , mas depois de um tempo assistindo o seu programa direção espiritual passei a entender e apreende bastante quando o sr. diz que ninguem ama o que não se conhece e sempre que é necessario repito suas palavras para alguém.
    Pe. sou catequista da Igreja de Santo Anônio em Manaus (AM) e meus amigos da catequese todos gostam muito do senhor e ele brincam comigo porque as vezes não lhe chamo de padre mais sim de Fábio de Melo e ele dissem que eu já sou muito intima sua. rsrsrsrsrsrsrsrs…
    Que Deus continue lhe abençoando.
    Paz e Bem

  21. Rogério Di Sa

    Teria algum contato, para que eu pudesse enviar uma crítica a um e-mail pessoal do Gustavo?

  22. Caro Pe. Fábio de Melo

    PAz e Vida !!!

    Parabéns, continue sua caminhada de evngelização na mídia com seu conhecimento teológico, filosófico e com sua música. Não use mais a expressão: "no tempo da carochinha", hoje o povão quer saber da Net.

    Precisamos sair da piedade popular e formar uma consciencia critica mais acurada. Esclareça que peidade popular pode ajudar, mas nós precisamos conhecer mais e melhor o Concilio Vaticano II.

    Paz e Vida…

  23. Cleuza

    Concordo com a Larissa, um ser humano como o Pe Fábio de Melo não deveria perder tempo com um programa fútil como o do Jô, mas ao mesmo tempo entendo a posição do Padre como cristão, qdo aceitou o convite da produção do Jô, êle aceitou pela pessoa do Jô que apesar de carregar um carisma mundano, é muito cotado nos meios intelectuais e seu programa tem muita audiência . Faltou ao Pe Fábio analisar o formato do programa, não tem nada de espiritualidade alí, então é certo e notório que em tudo que êle falar e afirmar sempre haverá críticos para distorcer ou entender pela razão e não pelo coração.
    Aprecio e admiro o Pe. Fábio, é um evangelizador nato, tem consertado vidas, mostrando caminhos à luz do Evangelho de maneira clara e convincente, rezo todos os dias para que a Santíssima Trindade lhe dê o escudo da proteção e que êle não seja atingido pelas más intenções. Deus o abençoe por toda vida Pe. Fábio de Melo.

  24. Vanessa Oliveira

    Bem, sou Católica Apostólica Romana e muito feliz por isso..
    me sinto realizada na minha igreja… porem naum conheço documentos da igreja nem tenho aprofundamento na teologia da nossa igreja, o q eu conheço é a misericórdia de Deus, seu jeito de olhar para os miseráveis como eu com um olhar de amor que chega a me deixar incomodada por tantas vezes..
    O q eu conheço é o jeito estranho de amar que Deus tem, q mesmo eu estando totalmente errada e distante ele me olha com um olhar que me faz sentir a pessoa mais especial do mundo…
    Eu conheço o amor de Deus!!!!! e provo dele todos os dias na prática, mesmo sem merecer.. e que me fez conhecer esse amor????? sim, PADRE FÁBIO DE MELO..
    Naum sei se ele errou na sua teologia, ou em seu jeito de defender as doutrinas e documentos da nossa igreja, o q eu sei é a prática, o que eu sei é que ele me faz sentir uma pessoa melhor, porque ele foi a unica pessoa q teve coragem de olhar nos meus olhos e dizer "naum desista de vc, pq se Deus ainda naum desistiu, vc naum tem o direito de desistir!!" O que eu sei é que eu acompanho o trabalho desse homem ha 8 anos e digo siceramente que se nossa igreja tivesse mais padres que nos revelasse na prática a misericordia e o amor incondicional de Deus, como Pe. Fábio faz, talvez tantos amigos meus, jovens naum teriam tirado a propria vida por naum encontrar nela mais sentido…
    Deixemos de tanta bobagem, tenho certeza que pra Deus o mais importante é que tenhamos consciencia do amor que Ele tem por nós, pois so assim podemos ser pessoas melhores, e isso Pe. Fábio naum mede esforço de proclamar em todas as suas pregações… Deus abençoe sempre o sim desse homem pois atraves dele surgiram e surgirão inda muitos "SIM". Obrigado Pe. Fábio por ser sempre a voz de Deus na minha vida, por ser sempre um instrumento de conversão pra mim…

  25. Shirley Renna

    Nem Jesus Cristo agradou a todos…E a resposta que pode nos ajudar quando estamos num mar revolto esta na musica de Celina Borges:

    Posso, tudo posso Naquele que me fortalece
    Nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir
    Quero, tudo quero, sem medo entregar meus projetos
    Deixar-me guiar nos caminhos que Deus desejou pra mim
    e ali estar
    Vou perseguir tudo aquilo que Deus já escolheu pra mim
    Vou persistir, e mesmo nas marcas daquela dor
    Do que ficou, vou me lembrar
    E realizar o sonho mais lindo que Deus sonhou
    Em meu lugar estar na espera de um novo que vai chegar
    Vou persistir, continuar a esperar e crer
    E mesmo quando a visão se turva e o coração só chora
    Mas na alma, há certeza da vitória
    Posso, tudo posso Naquele que me fortalece
    Nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir
    Vou perseguir tudo aquilo que Deus já escolheu pra mim
    Vou persistir, e mesmo nas marcas daquela dor
    Do que ficou, vou me lembrar
    E realizar o sonho mais lindo que Deus sonhou
    Em meu lugar estar na espera de um novo que vai chegar
    Vou persistir, continuar a esperar e crer …
    Eu vou sofrendo, mas seguindo enquanto tantos não entendem
    Vou cantando minha história, profetizando
    Que eu posso, tudo posso… em Jesus!

    Deus abençoe o senhor, Pe. Fabio, por ser a centelha de Deus no meio do povo contemporaneo. Imanencia e
    transcendencia…!
    Vamos Arvorear queridos.

  26. Carleial.Bernardino

    Parabéns ao autor do texto,Gustavo de souza,por tão brilhante argumentação,em defesa de Deus e da Igrja,diante da entrevista do Padre Fábio de Melo,em programa de televisão.

    Atenciosamente:
    Carleial.Bernardino Mendonça.
    Psicólogo e estudante de Direito/Belo Horizonte-MG

  27. Poli

    Lamentável fazer julgamento de uma pessoa,seja ela quem for. Ainda mais em cima de programas profanos, que como por exemplo o Fantástico, passa o dia com o Padre, e mostra ele durante 4 minutos correndo numa esteira.

    Se forem realmente tão católicos, tão fervorosos, vão até uma missa, até a Canção Nova, assista uma pregação como assisti na última semana, e ainda sim não terão direito de julgar, mas pelo menos terão uma opinião mais condisente. E aopção de continuar ouvindo a palavra, ou simplismente não levar isso para a própria vida.

    Muito triste pessoas se prestarem, alguma de forma toda elaborada, a colcoar uma "tese" baseda numa entrvista de 10 minutos. Aceito discutir uma Pregação, uma Missa.

  28. Poli

    Lamentável fazer julgamento de uma pessoa,seja ela quem for. Ainda mais em cima de programas profanos, que como por exemplo o Fantástico, passa o dia com o Padre, e mostra ele durante 4 minutos correndo numa esteira.

    Se forem realmente tão católicos, tão fervorosos, vão até uma missa, até a Canção Nova, assista uma pregação como assisti na última semana, e ainda sim não terão direito de julgar, mas pelo menos terão uma opinião mais condisente. E aopção de continuar ouvindo a palavra, ou simplismente não levar isso para a própria vida.

    Muito triste pessoas se prestarem, alguma de forma toda elaborada, a colcoar uma "tese" baseda numa entrvista de 10 minutos. Aceito discutir uma Pregação, uma Missa.

  29. Sergio

    Todos nós sabemos que não devemos julgar quem quer que seja, mas o que está em jogo é a sã doutrina católica, a qual o Rev. Pe. Fabio de Melo demonstrou não conhecer ou, não dá a mínima pra ela.
    Não precisamos de palavras adocicadas, de conceitos subjetivos. Todos nós desejamos e buscamos o eterno o imultável e tudo isto, encontramos na doutrina católica. Não precisamos de um padre que nos venha dizer que nada importa que tudo depende de como cada um vê, que a verdade é relativa, não existe valores absolutos. Só lamento é este padre ainda continuar dando orientação a fiéis católicos. Vá aproveitar sua vida de artista em alguma igreja evangélica já que para o senhor tanto faz ser católico ou protestante.

  30. maria laiane da silv

    Existe pessoas que sente vergonha de mostra o quanto e grande o amor de DEUS em sua vida pois devemos pedir muito a DEUS que almente o a vontade de beber a àgua pura que e jesus. Pe. Fabio De Melo agradeçor por ser essa pessoa abençoada por DEUS e muito obrigado por compartilha a verdadeira felicidade que e o cristo ressucitador… Fique com DEUS e ele vòs abençoe…. Maria Laiane ………. CASTANHAL PARÀ Paroquia: sÂo jose

  31. Alana

    Não vi nesse blog a resposta do Pe Fábio, por que será?????? Para quem tiver curiosidade, foi publicada no http://www.filhodoceu.com

  32. Alana

    Não vi nesse blog a resposta do Pe Fábio, por que será?????? Para quem tiver curiosidade, foi publicada no http://www.filhodoceu.com

  33. Rogério Amara

    Eis a crise da Igreja: Uma crise de sacerdotes. Ao ler sobre os grandes Padres Santos da Igreja e me deparar com uma figura desta, o Padre Fábio de Melo, apenas me pergunto: Aonde a Igreja vai parar com tanta tragédia, Já não bastavam os Padres que desensinam doutrina católica, Padred que fazem arruaça na liturgia (Missa afro, Padre Pinto), agora bem este Padre que além fazer o que os outros fazerm, também quer ser galã de novela e fazer as mulheres suspirarem. Meu Deus, por Nossa Senhora de Fátima, que advertiu a humanidade sobre esta crise, ajude a FSSPX e ao Papa Bento XVI que tanto luta contra esses desvairados.

  34. A Crise dos Católicos

    Estive em uma reunião do Sub-Regional Sul I, em Caraguatatuba, onde foi ministrada uma palestra sobre Ecumenismo, por um Padre Especializado na Matéria. Fiquei surpreso em verificar que a maioria dos presentes, coordenadores de pastorais, desconheciam do assunto.

    Agora revendo os “porquês” dos comentários, sobre o Pe Fabio de Melo, vem crescendo neste blog, fiquei mais uma vez surpreso em perceber que o desconhecimento da própria Igreja e doutrina, torna a nossa Igreja cada vez mais clericalizada. Não que a hierarquia seja esmagadora em ditar normas e costumes, mas pela falta de caridade, preparo e conhecimento de seus seguidores. Ser leigo na Igreja é uma virtude tanto quanto ser clérigo, porém, cada qual tem seu papel a desenvolver na Igreja.

    Ser padre, não significa ser mais santo que os leigos; ser leigo não significa ser ignorante ou menos santo que o padre. No dia do Padre, eu ouvi na homilia de Dom Carmo, Bispo do Pe Fabio de Melo, dizendo que os padres têm que se preparar mais, pois os leigos são a maioria na Igreja, os padres não chegam a 10% dos católicos no mundo inteiro, pois os Leigos estão se conscientizando cada vez mais sobre a missão da Igreja, no mundo.

    Em minha opinião, este Bispo quis valorizar a função do leigo na Igreja, mas de forma consciente e madura, não por subjetivismo ou fanatismo. É lamentável, na nossa Igreja vermos pessoas que se acham importantes por ocupar um cargo, na sociedade ou na própria Igreja, mas sem o menor conhecimento da doutrina da Igreja…

    Sem duvida nenhuma, o Pe Fabio de Melo é conhecedor do ensinamento (doutrina) da Igreja e sabe com muita propriedade ministrar suas palestras/ensinamentos dentro da fé "Católica Apostólica Romana" com conhecimentos teológicos e filosóficos e muita propriedade, aliás, ele se preparou muito bem para exercer seu ministério, e o faz com muita dignidade. Pena que muitos fundamentalistas não conseguem entender nem o Fabio de Melo, quiçá, os mistérios da nossa fé.

    Paz e Vida …

  35. olivia

    Olá Jose Tarcisio! Parabens pelas sábias palavras…!só mesmo um conhecedor da verdade,pode falar como vc.Sua carta deveria estar em todos os blogs q falam mal do padre Fábio, pois o q falta no povo é conhecimento, cultura…na ignorãncia e na ãncia de ser a maioria, acabam falando o q vem na boca, só pra ñao ficarem de lado…se esquecem do compromisso de q estão levantando falsos testemunhos.Já tentei por várias vezes dizer isso aos cabeças duras, mas a resposta é a mesma:'São Fabetes Estéricas etc…tudo porque o padre é bonito…eu acredito q o q falta é cultura mesmo!.Tem um ditado q diz:Se vc for ignorante é preferível q fique calado,para não dar aos outros essa certeza…mais uma vez Parabens!

  36. Pe. Marcos Oliveira

    Não assiti a entrevista citada… Mas pelo que conheço do Pe. Fabo de Melo, duvido muito que sua teologia seja herética. Pelo contrário, acredito no seu sacerdócio e o vejo na linha da Nova Evangelização, tão enfatizada por João Poalo II: pregar o Evangelho de sempre ao homem de hoje com novo ardor, novos meios, novas técnicas e em todos os lugares possíveis, inclusive o palco e a tv. Trabalho nos meios populares e muitas vezes tenho que ter sensibilidade pastoral, de modo que nao posso explicar tudo ao povo numa só homilia. Entao alguém poderia me interpretar mal, só que digo o conjunto da doutrina no decorrer da caminhada. O mesmo acontece com um padre na tv. Entao toda pessoa de bom senso haverá de entender o conjunto das suas colocações na mídia, e nao só uma entrevista isolada. Este que escreveu estas críticas ao Pe. Fábio, acho que faz parte daquele grupo cultural do Montfort que leva o tempo a fazer críticas sem fundamentos, sujar a imagem de outros evangelizadores, recheando tudo com inverdades, hipocrisias e ódio camuflado.

  37. NILO LIMA

    Quantos sentimentos confusos
    inquietudes de nossas pobres almas
    humanizadas em demasia
    empobrecidas por natureza
    entristecidas por falta de amor ao próximo
    incapazes de se merecer o amar do outro
    capazes de toda forma de deficiências
    cegas por essência
    se a resposta não for clara
    como Jesus e Seu Caminhar
    e se a entrevista se fizesse assim
    "Também tu estavas com Jesus, o Galileu"
    responderia talvez eu como Pedro respondeu?
    e assim mesmo, e mesmo assim,
    negando-O de forma veemente e poderosa
    teria eu novamente a chance de olhar nos olhos
    Daquele que É O Único a Quem compete julgar…

    LEMBREMO-NOS TODOS, O AMOR DE CRISTO NOS UNIU…
    E FOI SOBRE A PEDRA QUE FOI PEDRO QUE JESUS RESOLVEU ERGUER SUA IGREJA!!!

    A PAZ DE CRISTO MEUS IRMÃOS

  38. Liramene Roza

    Padre Fábio de Melo, Ide e Evangelizai , obrigada por sua vida sacerdotal…

    Aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra…

  39. Katia Parish Vieira

    Estimado Gustavo Souza

    Sou católica praticante e participo da ordem terceira dos Arautos do Evangelho ( de pessoas casadas), onde tenho sempre o convívo de verdadeiros sacerdotes. Tive a oportunidade de ler a sua carta para o Pe. Fábio e queria nestas simples linhas parabenizá-lo pelo conteúdo de grande profundidade e preocupação postada no seu blog a respeito do Pe. Fábio. Conheço diversos sacerdotes que inclusive cantam e nem por isso deixam de realizar aquilo que ´é de mais importante e significado em sua vocação: a Eucarista como centro de nossa vida, celebram missa, atendem confissões, ler o breviário, fazem ação de graças salvam almas para Deus fazendo apostolado e levando sua fé em Cristo, em Nossa Senhora mãe de Jesus . Amo o padre que usa batina. O sacerdote precisa ser identificado como sacerdote, assim evita problemas graves. Esse mundo
    sem religião, de propagandas imorais, programas de baixo escalão, de pornografias, o mundo da nudez total vivemos momentos piores do que SODOMA e GOMORRA.
    Que o Sagrado Coração de Jesus e de Maria protegam o nosso estimado Pe, Fábio das armadilhas do inimigo Peço ao irmão Gustavo que acesse o site dos Arautos do Evangelho pois tem assuntos enriquecedores.

  40. natalia siqueira sou

    Querido Padre Fabio De Melo,
    A sua benção
    Gostaria de contar o que aconteceu comigo ;
    Tenho 40 anos ,sou casada a 21 anos e tenho 3 filhos adolescentes ;
    nesses anos de casada dei paralisia facial 3 vezes e dessas 3 vezes fiz o tratamento necessario , nas duas primeiras vezes que dei a paralisia voltou ao normal , mas da terceira vez fiquei com sequela muito visivel .
    Tento viver bem e feliz ,sei que tem muitas pessoas que gostam de mim como eu sou mas gostaria de melhorar minha aparencia .
    li uma reportagem sua na revista que voce fez um tratamento com botox para paralisia facial, eu gostaria de saber como foi e onde voce fez o tratamento .
    Padre , eu sou faxineira e se estiver ao meu alcance gostaria muito de fazer esse tratamento desde já te agradeço pela sua atençao .
    sou mineira de Itapecerica e moro à 20 anos em Divinopolis.

    ABRAÇOS

    NATALIA

  41. Padre Fábio, em primeiro lugar sua benção!
    Saiba que o sr em sua condição de padre estimulou-me a rever meus conceitos enquanto cristã. Tenha certeza q assim como eu, existem diversas pessoas q estão estreitando ainda mais o seus laços com o Pai Eterno. Infelizmente há pessoas q se sentem extremamente ofendidas com a simplicidade e intimidade de com q o sr lida lida c o humano e o Divino. Sendo q o próprio Deus se apresenta da forma mais singela possível para se chegar até nós. Como seria maravilhoso se todos os sacerdotes, pastores ou dirigentes religiosos tivessem um pouco de sua flexibilidade e acima de tudo continuassem autênticos como o sr o é. Entretanto, ao invés disso, preferem se esconder atrás de alguma religião, com o intuito de propagar e defender os interesses particulares de suas doutrinas, deixando de lado o que deveria ser primordial como: atenuar, estreitar e lapidar a comunidade junto ao Pai. Atitude que só tem intensificado ainda mais o preconceito entre as religiões e distanciado os semelhantes.
    O senhor tem acrescentado positivamente na vida espiritual de muita gente.
    Um grande abraço e que Deus o ilumine!
    Simone

  42. William Alves

    É interessante ver alguém que se diz católico expor indignações que possam levar vários outros a se contapor a um sacerdote. Você quer mostrar na maneira de escrever e em sua escolha por palavras de pouco uso que, por isso, passam a impressão de serem mais pomposas, que nesse instante está acima de um sacerdote, superior a ele. O que acusa, conhecemos bem essas palavras, será acusado com a mesma veemência com que o fez.

    Caso tivesse feito isso em particular, onde somente vc e o Padre Fábio soubessem de sua opinião, certamente, de acordo com o que a Santa Igreja ensina a vários séculos por seus santos, estaria correto. Seria um ato claro de amor de um verdadeiro militante da Igreja de Cristo que busca a perfeição por parte dos irmãos e da própria parte.

    Mas expor sua opinião pessoal em meio público só mostra sua fragilidade e vontade de estar em um pedestal para ser notado e aplaudido. Vamos deixar a falsa modéstia de lado e colocar em prática o que você mesmo escreveu em sua finalização: rezar por nossos sacerdotes, religiosos e leigos, ao invéz de ficar agitando toalhas para erguer poeira. Pois no fim é isso que volta a ser tais atos sem real fundamento cristão: poeira.

  43. natalia siqueira sou

    Querido Padre Fabio De Melo,
    A sua benção
    Gostaria de contar o que aconteceu comigo ;
    Tenho 40 anos ,sou casada a 21 anos e tenho 3 filhos adolescentes ;
    nesses anos de casada dei paralisia facial 3 vezes e dessas 3 vezes fiz o tratamento necessario , nas duas primeiras vezes que dei a paralisia voltou ao normal , mas da terceira vez fiquei com sequela muito visivel .
    Tento viver bem e feliz ,sei que tem muitas pessoas que gostam de mim como eu sou mas gostaria de melhorar minha aparencia .
    li uma reportagem sua na revista que voce fez um tratamento com botox para paralisia facial, eu gostaria de saber como foi e onde voce fez o tratamento .
    Padre , eu sou faxineira e se estiver ao meu alcance gostaria muito de fazer esse tratamento desde já te agradeço pela sua atençao .
    sou mineira de Itapecerica e moro à 20 anos em Divinopolis.

    ABRAÇOS

  44. Paulo

    E depois o um padre critica a divisão nas igrejinhas (ele as classificou assim) evangélicas.

    Sou evangélico e acho uma tremenda falta de fé e espiritualidade o costume mesquinho de criticar as pessoas da forma que muitos de vocês católicos estão fazendo com o amado padre Fábio que é da igreja de vocês.

    Enquanto católicos e evangélicos ficam sentados nos bancos de suas igrejas, alguns padres e pastores corajosos dão a face para ser batida. Aí vem os juízes de plantão condenar esse e aquele.

    Deixa o padre Fábio trabalhar pelo Evangelho.

    Criticar e julgar é fácil; difícil é fazer o que a Palavra de Deus diz; amar como a nós mesmos.

  45. Everton Gish

    Ora, nao resumem a igreja Catolica a imagem de um padre como Fabio de Melo.

    A Igreja jamais pode ser taxada de isso ou aquilo por causa da atitudes de alguns padres.

    Igreja e' presenca viva de Cristo nas nossas vidas.

  46. Moiséis

    Queridos irmãos não podemos esquecer de Efésios 6, de 10 a 20, Armadura do Cristão, “Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos que lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal espalhadas nos ares”. Pois é caríssimos, a batalha é espiritual, por isso, devemos vigiar, mais vigiar muito para não cairmos nas ciladas do maligno.

  47. Rafael Siqueira Tell

    "Por que vês tu, pois, o cisco no olho do teu irmão, e não vês a trave no teu olho? Ou como dizes a teu irmão: Deixa-me tirar-te do teu olho o cisco, quando tens no teu uma trave?" (Mateus VII: 3)

    Irmãos, todos nós cometemos erros e não nos cabe julgá-los, mas sim perdóa-los como nosso pai nos pede.

    Grande abraço,

  48. LUIZ ANTONIO KAPPS P

    Irmão católico,

    Penso que seria de mais utilidade dedicarmo-nos ao que realmente faz falta à Igreja, o ensino catequético, de crianças, jovens, adultos e anciãos, que hoje estão sendo apresentados a um Jesus protestante.

    Por a cara na tv é para poucos, e para menor número ainda saber se colocar em frente a ímpios e, mesmo assim, fazê-los enxergar ao longe uma 'ponta' da verdade católica, tão combatida e desprezada pelo mundo atual.

    Irmão, só posso então aconselhar aos poucos que restam no front da batalha:

    "Não extinguemos o Espírito!"

    Paz e Bem.

  49. Sávio Morais

    Caro Gustavo.
    Voce é corajoso em defesa da Igreja e é fácil lhe criticar em um mundo onde querem ouvir somente que “Deus é amor” e não querem seguir seus mandamentos. Pregar só o que os outros querem ouvir é fácil. Jesus foi criticado também pela sua verdade e desagrado à pessoas.

    Deus te abençoe.

  50. Seminarista Glauco

    Parabens padre Fabio, sua fala revela o maravilhoso encontro pessoal que o senhor teve com Jesus. Deus que me livre desse deus pregado pelos comentadores desse blog; é um deus que em nada se parece com o Deus pregado por Jesus Cristo.

    A todos que aqui se fazem presente, rezo por vocês para que se deixem tocar verdadeiramente por aquele Pai misericordioso que acolhe seu filho se nenhuma satisfação ou cobrança, o que mostra que Deus está sempre de braços abertos para a humanidade.

  51. Todo aquele que vive para o Evangelho e propaga Cristo no mundo é abençoado. Por isso visões estreitas não comprometem o trabalho cristificado do Pe. Fábio de Melo.
    Sejamos sempre irmãos em Cristo, o resto é vaidade.

  52. Procurei a tal resposta à carta do Gustavo, no site (www.filhodoceu.com) como a fabéte, disse q tinha resposta do ilustre.

    Não encontrei.

    Mas encontrei ele doando como prêmio para os 2 anos do blog, o livro (O Segredo).

    Preciso falar mais pra abrir o olho de gente derretida q quer amor de Deus mas naum quer cruz de Cristo?

    Doar livro O Segredo como prêmio?

    Dah licensa.

    Desculpa ai Pe. Fábio. Q Deus te perdoe tbm.

    Q Deus vos guie, e q as bençãos eternas de Nossa Senhora de AParecida, estejam com todos vós.

  53. Concordo plenamente, tem fala do padre que destoa da doutrina.

  54. Ana Joana

    Para quem ainda não leu, eis a resposta do Pe Fábio, aqui mesmo neste blog:

    http://blog.bibliacatolica.com.br/igreja/resposta

  55. Ana Joana

    Ao Eraldo Poli:

    eis a resposta no blog Filho do Céu:

    http://www.filhodoceu.com/2009/07/resposta-carta-

  56. Richard Favero

    Ainda não tinha visto esta entrevista do "Favo de Mel" para o JÔ, porém, em nada me surpreende, mas me deixa muito indignado, não por ele falar este monte de heresias, já sabemos que ele é Herege e no seminário que ele estudou tem piscina, indignado por que nenhum Bispo do Brasil vai fazer nada, os Bispos do Brasil estão preocupados com a Saúde (Conf CF 2012) mas saúde fisica e não saúde da Alma que nos leva para o Céu. Este tal padreco com ar de galã de novela vem cometendo heresias a anos e nada aconcetece. No livro "Carta entre Amigos" que ele escreveu junto com outro modernista "Gabriel Chalita" ele diz que o mais bonito na Eucaristia é a "Ausencia de Cristo", o que Igreja sempre ensinou da Prensença Real de Cristo na Eucaristia, "Favo de Mel" acabou, ou pelo menos tentou acabar. Enfim, qualquer criança que cursa catequese saberia facilmente que este ator de novelas é um herege, mas a nossa CNBB o trata como um Homem Santo. Ao invés de celebrar Missas e atender confissões ele faz Shows e vai para Academia, lamentável ! Santo Cura Dar's, enviai sacerdotes comprometidos com o Evangelho! Rogai pelos Sacerdotes!

  57. Matias

    Os Padres precisam assumir a postura da Igreja e do nosso Papa, tem que chutar o pau da barraca com a rede Globo e as demais tvs abertas, tem que defender sua posição quanto ao aborto, a camisinha, tem que defender a Deus, não tem que se rebaixAR a Faustão, Jô soares Ana Maria, Hebe, esses demônios que fazem a cabeçA DO POVO CONTRA A POSIÇÃO DA IGREJA. eSTA NA HORA DE LUTARMOS CONTRA ESSES PROMÍSCUOS, COM PALAVRAS, LEVANDO A PALAVRA, NÃO TENDO MEDO DA OPINIÃO DELES E COMBATENDO SUAS OPINIÕES PROMÍSCUAS. O Faustão diz que as pessoas tem que escolher o sex que são quando crescerem e não o sexo que Deus lhes deu. Para o inferno esse apresentador. A rede vida , a canção nova não deve ter medo desses vermes que vão fazer de tudo para acabar com a Igreja católica.

  58. jordana

    E a resposta? Teve?
    Rezemos mais pelos nossos sacerdotes!

  59. Platão

    Olha a opinião do Papa Bento XVI sobre o casamento. Isso deveria ter sido dito para o Jô Soares: http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/sp

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén