Lavagem Cerebral nas Igrejas Protestantes

Essa pesquisa a luz da ciência, mostra as técnicas de Lavagem Cerebral, utilizadas pela maioria dos pastores protestantes no Brasil e na América Latina. O estudo teve início a 18 anos atrás, e a partir dessa pesquisa, podemos entender o fundamentalismo destas Igrejas em pleno século XXI.




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  O texto de Mateus 16 é autêntico?

Anteriores

Bento XVI pede orações pela expansão da cultura da vida

Próximo

Quando o Milagre é Falso e a Conversão é Falsa

8 Comentários

  1. Anderson Antonio Men

    Por gentileza,

    Gostaria de receber esse estudo em arquivo, ref. lavagem celebral nas Igrejas Protestantes.

    Obrigado!

  2. Yasmine Sajovic Hadd

    Ola, a paz de Cristo,

    eu tambem gostaria de receber essa pesquisa sobre a lavagem cerebral nas Igrejas Protestantes.

    desde ja agradeço.

    obrigada e fiquem com Deus

  3. Olá meus irmãos,

    Eis dois links com o material escrito referente ao tema deste artigo:

    O PROTESTANTISMO E A LAVAGEM CEREBRAL
    Por Jaime Francisco de Moura http://www.veritatis.com.br/article/3908

    TÉCNICAS DE PERSUASÃO E LAVAGEM CEREBRAL UTILIZADAS NO PÚBLICO ATUAL
    Por Dick Sutphen
    Tradução: André Díspore Cancian http://www.veritatis.com.br/article/4668

  4. Como recuperar alguem que entrou num protestantismo e deixou de pensar?
    Qualquer comentario que seja para reflectir vindo de mim será violentamente recusado e eu ficarei cada vez mais longe dessa pessoa.

    Devo abandona-la e aguardar um desfecho positivo?

    As palavras de um determinado pastor são uma "verdade" para ela. Ainda que eu suspeito que a manipulação dele seja em prol da fé que abraçau há 20 anos.

    Ela atravessa a fase mais difici da vida dela. Longe da familia (que ao que parece tambem se vai convertendo), com problemas económicos e grandes desaires amorosos na vida dela. Diz que sempre procurou Deus e que agora o encontrou.

    Ele sempre demonstrou ser insegura e incompleta.

    O que fazer? Quero que ela tenha paz e seja feliz.

  5. M. Martins

    Que Deus possa permitir que esses estudos sejam divulgados intensamente. Para que as pessoas que estão sofrendo, vejam que a solução para seus problemas esta dentro de si mesmo, mas com a ajuda de Jesus Cristo que morreu por nos na cruz. Que estas pessoas nao sejam absorvidas por este sistema, que é chamado de Protestantismo, para mim deveria ser chamado de Destruição. Pois as mentes e os corações ficam dilacerados e ninguem realmente percebe.Sou catolica e casada com um protestante de familia, e sei e entendo muito bem de td isso que foi dito nestas palestra. So nao entendia como acontecia. Jesus, Maria e José… salve as familias.

    Luto com muito afinco para não ver minhas crianças do lado de la… mas é muito difícil…. eles gostam por ser animado… e na missa eles tem que se comportar…. é difícil a competição, mas meu jogo é muito aberto com eles. E ainda minha fé não morreu e tenho certeza que eles irão entender da verdadeira Igreja de Cristo.

    Que Deus seja louvado.

  6. luiz onofre pereira

    Gostaria de poder ter em meus arquivos estas palestras sobre a lavagem cerebral das seitas protestantes.Sou católico, ministro da Eucaristia e da Esperança.Façoa palestras para casais e dou catequese para adultos.Sei da dificuldade que nós católicos temos que enfrentar ante o crescimento diabólico de seitas que usam mais o nome do demonio do que o de Jesus.Fico feliz em saber que estamos usando a midia para salvar almas desviadas e lavadas por falsos pastores que visam somente um lado finaceiro e escravizante dos seus seguidores

    • Caro amigo,

      Para ter estas palestras entre os seus arquivos, basta clicar com o botão direito do mouse sobre os links "download deste podcast" e escolher "Salvar link como…" ou "Salvar destino como…" (dependendo do seu navegador)

  7. José

    Por gentileza,

    Eu também gostaria de receber esse estudo em arquivo, ref. lavagem celebral nas Igrejas Protestantes.

    Obrigado!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén