ROMA, 24 Out. 13 / 09:23 am (ACI/EWTN Noticias).- Tropas islâmicas tentaram desde segunda-feira tomar a cidade cristã de Sadad (Síria), entretanto, a imprensa internacional informou nesta quarta-feira que as forças governamentais de Bashar al Asad conseguiram conter o ataque dos rebeldes.

Conforme informou nesta quarta-feira a agência Fides, o ataque à cidade de Sadad por parte das tropas rebeldes aconteceu na tarde de segunda-feira, 21 de outubro. Segundo fontes locais, também citadas pelo Observatório Sírio para os Direitos humanos com sede em Londres, a incursão usou uma estratégia semelhante à utilizada um mês atrás no histórico povo cristão de Maalula.

Várias centenas de homens divididos entre os elementos das brigadas al-Faruk e os islamistas da frente al-Nusra e do Estado Islâmico do Iraque e do Levante entraram em Sadad a partir de três frentes, com cerca de trinta veículos militares, concentrando-se inicialmente no hospital da cidade e tomando os edifícios do governo.

Entretanto, na terça-feira o exército sírio começou um contra-ataque dando suporte às forças da polícia local. Enquanto isso, alguns dos 15 mil habitantes – na maioria cristãos ortodoxos e católicos de rito sírio – começaram seu êxodo em direção à estrada que liga Damasco e Homs, que está a 15 quilômetros.

A cidade bíblica de Sadad, citada no livro dos Números e no Livro de Ezequiel, encontra-se a 95 quilômetros de Damasco, e a sessenta de Homs. A cidade conta com duas Igrejas dedicadas a São Sergio e São Teodoro, famosas por seus afrescos.




Comentários no Facebook:

comments