CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 18 de abril de 2007 (ZENIT.org).- O livro «Jesus de Nazaré», o primeiro escrito por Bento XVI desde que foi eleito Papa, vendeu, em um só dia, mais de 50.000 exemplares, segundo os dados facilitados pela casa editora Rizzoli.

O livro saiu na segunda-feira à venda na Itália, Polônia e nos países de língua alemã, em coincidência com o 80º aniversário do Santo Padre, e, segundo um comunicado da editora, «é já um extraordinário sucesso editorial».

A editora Rizzoli, encarregada pela Livraria Editora Vaticana da venda dos direitos do livro em todo o mundo, decidiu imprimir uma nova edição, com a qual a tiragem total do mesmo será de 420.000 cópias.

O livro será publicado em breve em mais de vinte línguas, inclusive o espanhol.

O texto é a primeira parte de uma obra de dois volumes na qual Bento XVI analisa a vida pública de Jesus de Nazaré desde o batismo no rio Jordão até a Transfiguração.

O Santo Padre começou a escrever esta obra quando era cardeal, em 2003, e acabou no ano passado. Segundo revelou o próprio Bento XVI, empregou os poucos tempos livres de que dispõe para concluir o livro.




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Invocar a João Paulo II é efetivo contra o diabo, diz famoso exorcista