VATICANO, 21 Fev. 07 (ACI) .- Milhares de peregrinos se reuniram na Sala Paulo VI para participar da Audiência Geral com o Papa Bento XVI, quem no dia em que a Igreja inicia a Quaresma com quarta-feira de Cinzas recordou que este tempo é “um caminho para o grande encontro com Cristo”. “A Quaresma é um renovado catecumenato no qual vamos novamente ao encontro de nosso Batismo para redescobri-lo e revivê-lo em sua profundidade, para ser realmente cristãos”, disse o Pontífice durante sua catequese.

O Santo Padre recordou aos pressente que “a Quaresma é um caminho para o grande encontro com Cristo” assim como “ocasião para voltar a ser cristãos mediante um constante processo de conversão interior e de avançar no conhecimento e no amor de Cristo”.

Sobre a conversão acrescentou que “não pode limitar-se a um período particular do ano: é um caminho de todos os dias, que deve abraçar todo o arco da existência, a cada dia de nossa vida“.

“A Quaresma –continuou- é a estação espiritual propícia para treinar-se com maior tenacidade para procurar Deus, abrindo o coração a Cristo”.

Mais adiante afirmou que “o sincero desejo de Deus nos leva a rechaçar o mal e a realizar o bem. Esta conversão do coração é sobre tudo dom gratuito de Deus que nos criou para si e em Jesus Cristo nos redimiu: nossa verdadeira felicidade consiste em permanecer nele”.

Converter-se é procurar Deus, ir com Deus, seguir docemente os ensinamentos de seu Filho, de Jesus Cristo; não é um esforço para auto realizar a nós mesmos, pois o ser humano não é o arquiteto do próprio destino eterno”, disse Bento XVI.

Veja tambem  Diante do mal não devemos ficar calados, diz o Papa em mensagem pela Quaresma 2012

Finalmente o Papa definiu a conversão como um “aceitar livremente e com amor depender em tudo de Deus, seguir com simplicidade e confiança ao Senhor”.

Depois de sua catequese, o Papa saudou os peregrinos de língua espanhola, especialmente às Servas do Sagrado Coração de Jesus; aos fiéis de Albacete, Tenerife e Toledo; aos estudantes de Cáceres e San Sebastián, assim como aos peregrinos da Argentina, Chile e México.

“O período quaresmal, que hoje começamos com o austero e significativo rito da imposição da Cinza, seja para todos uma experiência renovada do amor misericordioso de Cristo. Dele aprendamos a amar ao próximo, especialmente aos que sofrem. Que a Virgem Maria nos acompanhe nesta Quaresma para nos preparar a reviver o mistério da Páscoa, revelação suprema do amor de Deus. Boa Quaresma a todos!”, concluiu.




Comentários no Facebook:

comments