Uma característica da oração infalível é a perseverança. O cristão deve rezar como o amigo inoportuno que acorda o vizinho no meio da noite para pedir pães. Ou como o exemplo do Evangelho deste domingo: da viúva que insiste com o juiz iníquo para fazer-lhe justiça.

É importante rezar sempre – e com insistência – não porque, quanto mais forte a oração feita, mais facilmente se pode “dobrar” o coração de Deus. Ao contrário, é o nosso coração que não se dobra com facilidade.




Comentários no Facebook:

comments