1. Ora Moisés apascentava as ovelhas de Jetro, seu sogro, sacerdote de Madian. Tendo conduzido o rebanho para o interior do deserto, chegou ao monte de Deus, a Horeb.

2. O Senhor apareceu-lhe numa chama de fogo (que saia) do meio de uma sarça, e (Moisés) via que a sarça ardia sem se consumir.

3. Disse, pois, Moisés: Irei examinar (de perto) esta grande visão, (e verei) por que causa se não consome a sarça.

4. Porém o Senhor, vendo que ele se movia para ir ver, chamou-o do meio da sarça e disse: Moisés, Moisés. Ele respondeu: Aqui estou.

5. E (o Senhor) disse; Não te aproximes daqui; tira as sandálias de teus pés, porque o lugar em que estás, é uma terra santa.

6. E acrescentou: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacob. Cobriu Moisés o rosto, porque não ousava olhar para Deus.

7. O Senhor disse-lhe: Eu vi a aflição do meu povo no Egipto, ouvi o seu clamor causado pela crueza daqueles que têm a superintendência das obras.

8. Conhecendo a sua dor, desceu para o livrar das mãos dos Egípcios e para o conduzir daquela terra para uma terra boa e espaçosa, para uma terra onde corre o leite e o mel, nas regiões do Cananeu, do Heteu, do Amorreu, do Ferezeu, do Heveu do Jebuseu.

9. O clamor, pois, dos filhos de Israel chegou até mim, e eu vi a aflição com que são oprimidos pelos Egípcios.

10. Mas vem e eu te enviarei a Faraó, a fim de que tires do Egipto o meu povo, os filhos de Israel.

11. Moisés disse a Deus: Quem sou eu, para ir ter com Faraó e tirar os filhos de Israel do Egipto?

12. Deus disse-lhe: Eu serei contigo; terás isto por sinal de que eu te mandarei: Quando tiveres tirado o meu povo do Egipto, oferecerás sacrifícios a Deus sobre este monte.

13. Moisés disse a Deus; Eu irei aos filhos de Israel e lhes direi: O Deus de vossos pais enviou-me a vós. Porém, se eles me perguntarem qual o seu nome, que lhes hei-de responder?

14. Deus disse a Moisés: Eu sou o que sou. E acrescentou: Assim dirás aos filhos de Israel; Aquele que é, enviou-me a vós. (ver nota)

15. Deus disse novamente a Moisés: Dirás isto aos filhos de Israel: O Senhor Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Jacob, enviou-me a vós; teste é o meu nome por toda a eternidade, e com este (nome) serei recordado de geração em geração.

16. Vai, ajunta os anciães de Israel e dize-lhes: O Senhor Deus de vossos pais apareceu-me, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Jacob, e disse: Eu vos visitei atentamente e vi tudo o que vos tem sucedido no Egipto.

17. Resolvi tirar-vos da opressão dos Egípcios e (conduzir-vos) à terra do Cananeu, do Heteu, do Amorreu do Ferezeu, do Heveu e do Jebuseu, a uma terra onde corre o leite e o mel.

18. Eles ouvirão a tua voz, e tu com os anciães de Israel irás ao rei do Egipto e lhe dirás: O Senhor Deus dos Hebreus chamou-nos; nós faremos viagem de três dias no deserto para sacrificarmos ao Senhor nosso Deus.

19. Bem sei que o rei do Egipto não vos deixará ir, se não for (obrigado) por mão forte:

20. mas, por isso, eu estenderei a minha mão e ferirei o Egipto com toda a sorte de prodígios, que farei no meio deles. Depois disto vos deixará partir.

21. Farei que este povo encontre graça junto dos Egípcios; quando partirdes, não saireis com as mãos vazias. (ver nota)

22. Cada mulher pedirá à sua vizinha e àquela que mora na sua casa, objectos de prata e de ouro, e vestidos: pô-los-eis sobre vossos filhos e filhas, e despojareis o Egipto.





“Que Nossa Mãe do Céu tenha piedade de nós e com um olhar maternal levante-nos, purifique-nos e eleve-nos a Deus.” São Padre Pio de Pietrelcina