Tag: Nossa Senhora Aparecida

A pedido do papa, Igreja muda oração à Padroeira

O papa Francisco se aproxima da imagem de N.Sra. Aparecida durante missa - Claudio Vieira/24JUL13

Papa Francisco se aproxima da imagem de N.Sra. Aparecida durante missa dia 24 – Foto: Claudio Vieira

Igreja altera texto de consagração e adota o feito pelo papa Francisco, com referência a Jesus Cristo

Tânia Campelo
São José dos Campos

A Igreja Católica alterou a oração de consagração de Nossa Senhora da Conceição Aparecida a pedido do papa Francisco. Duas frases com menções a Jesus Cristo foram acrescentadas ao texto a pedido do pontífice, durante sua visita ao Santuário Nacional no último dia 24

A mudança supreendeu fiéis acostumados a acompanhar a missa das 8h de domingo na Basílica, que neste último final de semana foi celebrada pelo arcebispo de Aparecida, dom Raymundo Damasceno de Assis, que também é presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Mudança.
Foram acrescidas as seguintes frases na oração original: “pelos membros do senhor Jesus Cristo” e “nosso Cristo crucificado deu nos por Mãe” (veja texto ao lado).
Segundo a assessoria de imprensa do Santuário Nacional, a nova oração é a mesma rezada pelo papa Francisco ao final da missa celebrada na Basílica.

A assessoria não comentou o pedido do papa Francisco, mas confirmou que o Santuário adotou como oficial a ‘nova’ oração de consagração a Nossa Senhora Aparecida.
O VALE procurou o arcebispo de Aparecida, dom Raymundo Damasceno, mas sua assessoria informou que o assunto deveria ser comentado apenas pela reitoria do Santuário Nacional.

Avaliação.
Consultado por O VALE, o padre Marcial Maçaneiro, doutor em teologia e professor da Faculdade Dehoniana de Taubaté, disse que provavelmente a inclusão das duas frases na oração de consagração de Nossa Senhora Aparecida foi solicitada por Francisco para reorientar o foco da oração de consagração à pessoa de Jesus Cristo.
Segundo ele, a oração de consagração é de origem popular, ainda do período barroco, não faz parte da liturgia oficial da Igreja e geralmente é mantida pela tradição.

“A sugestão do papa Francisco reorienta o foco da consagração. Maria, na oração, fica referida a Jesus, de quem é mãe e, ao mesmo tempo, discípula. É pelos méritos de Jesus que podemos recorrer a Maria como modelo de fé e intercessora”, afirma padre Marcial, que também é professor da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).

O papa Francisco visitou Aparecida durante sua passagem pelo Brasil para participação na Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28. Ele prometeu retornar ao Santuário em 2017.

A ORAÇÃO

Oh Maria Santíssima, pelos méritos do Senhor Jesus Cristo, que em vossa querida Imagem de Aparecida espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis.
Consagro-vos minha língua, para que sempre vos louve e propague vossa devoção. Consagro-vos meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas.
Recebei-me, ó Rainha incomparável, que nosso Cristo Crucificado deu-nos por Mãe, no ditoso número de vossos filhos e filhas. Acolhei-me debaixo de vossa proteção. Socorrei-me em todas as minhas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora de minha morte.
Abençoai-me, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda a eternidade. Assim seja!

Fonte: O Vale

O Papa confia a JMJ Rio2013 à intercessão de Nossa Senhora Aparecida

VATICANO, 15 Jul. 13 / 10:59 am (ACI/EWTN Noticias).- Na manhã de ontem em suas palavras prévias à oração do Ângelus na Vila Pontifícia de Castel Gandolfo, o Papa Francisco confiou à intercessão de Nossa Senhora Aparecida a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013, que se realizará de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro.

“Gostaria de confiar outra intenção a Nossa Senhora, junto a todos vocês. Está próxima a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro. Se vê que existem tantos jovens de idade, mas todos vocês são jovens no coração! Eu partirei em oito dias, mas muitos jovens irão ao Brasil antes. Rezemos então por esta grande peregrinação que começa, para que Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, guie os passos dos participantes e abra os seus corações para acolher a missão que Cristo dará a eles”, exclamou o Pontífice.

No último dia 9 de Julho o Papa decidiu conceder a indulgência plenária aos participantes da JMJ, e aqueles que, legitimamente, não possam assistir ao evento também poderão obtê-la participando espiritualmente das atividades do encontro.

Esta graça supõe, ademais, as condições habituais: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Papa durante a jornada.

Os organizadores esperam uma participação maciça por parte dos peregrinos latino-americanos, que receberão em seu continente ao primeiro Pontífice argentino da história, o Papa Francisco.

Iniciativa popular busca alterar a constituição do estado de São Paulo para defender a vida

SÃO PAULO, 02 Nov. 11 / 08:04 am (ACI)

Mais de 49 mil assinaturas em prol da emenda constitucional do Estado de São Paulo que, por iniciativa popular, visa explicitar o direito à vida desde a concepção até à morte natural, é o saldo momentâneo da Campanha São Paulo pela Vida (www.saopaulopelavida.com.br) e será o tema da última videoconferência da programação prévia ao II Congresso Internacional pela Verdade e pela Vida da Human Life International, e será apresentada neste 2 de novembro, às 21h, pelo coordenador da campanha, Prof. Hermes Rodrigues Nery.

O site especial do Congresso (www.livestream.com/congressoprovida), e o da ACI Digital (www.acidigital.com) serão os canais onde os internautas poderão assistir a videoconferência.

“Estamos motivados pela campanha popular da Lei da Ficha Limpa que contou com o apoio de toda Igreja Católica. Agora queremos reunir as mesmas vozes cidadãs para um projeto ainda mais ousado! Diferentemente de outros estados, São Paulo aceita emendas populares em sua Constituição e vamos aproveitar isso para fazer a vontade dos brasileiros, majoritariamente contrários à legalização do aborto!”, explica o conferencista.

Iniciada há aproximadamente um ano, em 27 de novembro de 2010, pela Comissão da Diocese de Taubaté (SP) em Defesa da Vida e pelo Movimento Legislação e Vida, a campanha São Paulo pela Vida precisa de 300 mil assinaturas para mudar a constituição do Estado. A iniciativa conta com a adesão de dioceses paulistas e, em outubro, conquistou o apoio da Arquidiocese de Aparecida, onde se localiza o maior santuário mariano do mundo, a Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

São Paulo pela Vida também conta com o apoio de diversos movimentos sociais, como o Movimento pela Cidadania em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto, grupo de militantes pró-vida presente em pelo menos nove estados brasileiros e Distrito Federal.

O II Congresso pela Verdade e pela Vida começa amanhã, dia 03 de novembro, no Mosteiro de São Bento (SP), com programação especial para sacerdotes e religiosos estendida até o dia 04. Leigos e demais convidados contarão com programação própria nos dias 05 e 06 de novembro. Esta foi a primeira vez que o Congresso ofereceu programação prévia, por meio de videoconferências, com especialistas na área da Bioética, Comunicação e Direito.

Além do conferencista desta noite, Prof. Hermes Rodrigues Nery, participaram das videoconferências, a convite da Human Life International, o mestre em bioética e doutorando na mesma área, o padre diocesano, Hélio Luciano (Arquidiocese de Florianópolis); a procuradora-geral de Justiça do Maranhão, Fátima Travassos; e a jornalista perita em Redes Sociais e Novas Mídias, Fabíola Goulart. Todas as videoconferências estão gravadas (www.livestream.com/congressoprovida) e podem ser assistidas a qualquer momento pela internet.

Nossa Senhora Aparecida celebrada em Roma

ROMA, terça-feira, 13 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- Cerca de 600 brasileiros residentes Roma e membros da Comunidade Brasileira na Cidade Eterna participaram, no domingo, 11, da  procissão de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil; informa a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

A caminhada saiu da embaixada brasileira, na Praça Navona, indo até à igreja Santa Maria de La Luce, no bairro Trastevere onde houve missa presidida pelo reitor do Colégio Pio Brasileiro, o jesuíta padre João Roque Rohr.

O Colégio Pio Brasileiro também festejou a padroeira dos brasileiros com missa presidida ontem, 12, pelo arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno, que participa da assembleia do Sínodo dos Bispos para a África.

“Que o Brasil caminhe sempre mais a um desenvolvimento integral na defesa da vida e da ecologia”, disse o arcebispo, ao recordar os milhares de peregrinos que visitam o Santuário de Aparecida.

Segundo os organizadores, 300 pessoas participaram da festa. O reitor do Colégio, padre João Roque, lembrou a necessidade de superar os preconceitos e a exclusão no Brasil.

“A fé católica no Brasil não pode prescindir deste momento histórico simbólico onde uma imagem negra aparece no rio em tempos de escravidão. Enquanto não resolvermos em nosso país o problema do preconceito e da exclusão não teremos cumprido o desejo da mãe de Jesus de reunir todos os filhos e filhas de Deus debaixo de seu manto. Temos ainda muito a fazer neste campo”, afirmou.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén