fotobebereddit

WASHINGTON DC, 21 Jul. 14 / 12:06 pm (ACI/EWTN Noticias).- Sofia tinha apenas seis semanas de vida quando faleceu por causa de um tumor perto do fígado. Para a tristeza dos pais só tinham como lembrança a foto da bebê com os tubos que a ajudavam a sobreviver. Então veio o pedido do pai nas redes sociais: “Alguém pode tirar os tubos desta foto?”. Ele jamais teria imaginado a cadeia de solidariedade que despertaria e os incríveis trabalhos enviados.

Nathen Steffel, pai de Sofia, tinha sido membro da rede Reddit e tinha visto como profissionais do Photoshop obtinham resultados realmente impressionantes. Isto o animou a lançar uma mensagem. “Minha filha faleceu recentemente depois de uma longa batalha no hospital infantil. Ela esteve toda sua vida no hospital e nunca tivemos uma foto dela sem todos aqueles tubos. Alguém pode tirar os tubos desta foto?”.

A imagem à que se referia Nathen, que vive com sua família em Ohio (Estados Unidos), era uma foto onde Sofia –conectada aos tubos de respiração–, parece olhar para a câmara em um dos poucos momentos da sua curta vida em que ela esteve desperta.

Antes que Sofia nascesse no dia 30 de maio, uma ultrassonografia de rotina revelou que ela tinha um tumor no fígado conhecido como hemangioma hepático. A bebê faleceu no dia 10 de julho, os Steffel lamentavam não ter uma imagem que a mostrasse sem os equipamentos médicos.

A resposta

Entretanto, o casal não imaginava que o pedido lançado na Reddit geraria toda uma cadeia de solidariedade.

Pouco a pouco foram chegando imagens da Sofia sem os tubos. “Isto é realmente impressionante”, escreveu Nathen. “Tudo o que queria era uma bonita foto. O que recebi é bastante amor e apoio de pessoas desconhecidas”, disse o pai. “Recebemos várias fotos impressionantes, desenhos e pinturas. Graças a todos!”, exclamou.

Assim, em meio à gratidão, Nathen –a cuja casa seguem chegando fotografias e pinturas da bebê–, afirmou que o que os conforta é saber que Sofia não experimentará mais a dor. “Ela só conheceu o amor que minha esposa e eu lhe demos”, expressou.


Papa Francisco

Vaticano, 20 Jul. 14 / 06:32 pm (ACI).- O Papa Francisco, em suas palavras prévias à oração do Ángelus de hoje, animou os cristãos confrontar o joio no mundo imitando a paciência de Deus, alimentando a esperança e confiando que no final o bem triunfará.

Falando sobre o Evangelho deste Domingo, que narra a parábola do joio e do trigo, o Papa assinalou:

“Sabemos que o demônio é um espalhador de cizânia: sempre em busca de dividir as pessoas, as famílias, as nações e os povos”, frisou Francisco. Os trabalhadores queriam logo arrancar o erva daninha, mas o patrão os impediu com a seguinte motivação: ‘Não. Pode acontecer que, arrancando o joio, vocês arranquem também o trigo’. “Sabemos que a cizânia, quando cresce, se parece muito com a boa semente e existe o perigo de confundi-las”, disse ainda o pontífice.

“O ensinamento da parábola é duplo. Primeiramente, diz que o mal existente no mundo não vem de Deus, mas de seu inimigo, o maligno. Ele vai à noite semear a cizânia, na escuridão, na confusão, onde não há luz. Este inimigo é astuto: semeou o mal em meio ao bem, tornando impossível aos homens separá-los claramente; mas Deus, pode fazê-lo”, sublinhou o Santo Padre.

“Nós às vezes, temos muita pressa em julgar, classificar, colocar os bons de um lado e os maus do outro. Lembrem-se da oração do homem soberbo: Deus, eu te agradeço porque sou bom e não sou como aquele que é mal. Deus, ao invés, sabe esperar. Ele olha no campo da vida de cada pessoa com paciência e misericórdia. Vê muito melhor do que nós a sujeira e o mal, mas vê também os germes do bem e espera com confiança que amadureçam. Deus é paciente, sabe esperar. O nosso Deus é um pai paciente que sempre nos espera e nos espera para nos acolher e nos perdoar”, exortou ainda o Papa Francisco.

“Graças a esta esperança paciente de Deus a mesma cizânia, ou seja, o coração mal, com muitos pecados, pode se tornar boa semente. Atenção: a paciência do Evangelho não é indiferença ao mal; não se pode fazer confusão entre bem e mal. Diante da cizânia presente no mundo o discípulo do Senhor é chamado a imitar a paciência de Deus, alimentar a esperança com o apoio e a confiança inabalável na vitória final do bem, que é Deus”, disse o Pontífice aos milhares de fiéis presentes na Praça de São Pedro.

“Naquele dia da colheita final o grande juiz será Jesus, Aquele que semeou a boa semente no mundo e que se tornou Ele mesmo ‘grão de trigo’, que morreu e ressuscitou. No final, seremos julgados com a mesma medida com a qual julgamos: a misericórdia que usamos para com os outros será usada também conosco. Peçamos a Maria, nossa Mãe, para nos ajudar a crescer na paciência, na esperança e na misericórdia com todos os irmãos”, concluiu o Papa Francisco.


Idolatria e sexo desordenado

20 julho 2014 Autor: Bíblia Católica | Postado em: Vídeos

Imagem de Amostra do You Tube
Versão áudio

Sexualidade e Espiritualidade. Parecem dois mundos paralelos condenados a não se encontrarem. Mas será que é assim mesmo? Como colocar em ordem a vida espiritual? Como isto pode interferir na área da sexualidade?

Fonte: Padre Paulo Ricardo


Médico evitou que Cristiano Ronaldo fosse abortado

19 julho 2014 Autor: Bíblia Católica | Postado em: Outros

Cristiano Ronaldo

MADRI, 18 Jul. 14 / 08:33 pm (ACI/EWTN Noticias).- Depois da confissão da mãe de Thiago Silva, capitão da seleção brasileira de futebol, agora a mãe do craque do Real Madrid, o jogador português Cristiano Ronaldo, confessou que já havia pensado em abortar por causa da pobreza em que vivia, mas graças ao conselho do seu médico continuou com a sua gravidez.

Maria Dolores Aveiro, mãe do popular “CR7”, confessou em sua autobiografia intitulada “Mãe Coragem” que estando angustiada porque não sabia como sustentar economicamente o seu quarto filho, foi procurar o médico para ver como poderia aborta-lo.

Em vez de encontrar apoio no médico, recordou María Dolores, o profissional lhe disse que “de jeito nenhum” a submeteria a um aborto, pois “você tem apenas trinta anos e nenhuma razão física pela qual não possa ter este bebê. Ele será a alegria da casa!”.

Mas ela não se convenceu completamente. Depois da conversa com o médico, uma vizinha aconselhou tomar cerveja preta fervida para estimular o aborto, e ela arriscou, mas não funcionou. Só então veio o pensamento de que era a vontade de Deus, e que essa criança deveria nascer.

Chegada a hora do parto, ao receber o pequeno Cristiano Ronaldo, o médico disse à preocupada Maria Dolores: “Com uns pés como estes, será jogador de futebol!”.

Inspirada por sua admiração pelo então presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, Maria Dolores decidiu colocar o nome do seu bebê de “Cristiano Ronaldo”.

A infância do atual craque de futebol esteve cheia de dificuldades econômicas, e seus irmãos mais velhos, Elma, Hugo e Katia, muitas vezes fizeram o papel da mãe, enquanto Maria Dolores trabalhava.

Com o passar dos anos, entretanto, cumpriram-se as palavras com as quais o médico alentava a Maria Dolores nas suas consultas depois do parto: “Alegre se, mulher, este bebê lhe dará muita sorte na vida e muita felicidade!”.

Cristiano Ronaldo foi considerado o melhor jogador de futebol do mundo e foi premiado com a Bola de Ouro da FIFA em 2013.


Papa Francisco telefona para Peres e Abbas pedindo que continuem buscando a trégua na Faixa de Gaza

Vaticano, 18 Jul. 14 / 04:25 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco telefonou na manhã de hoje para os presidentes de Israel e Palestina, Shimon Peres e Mahmoud Abbas, para exortá-los a que continuem rezando e esforçando-se para conseguir que as partes envolvidas e os que têm responsabilidade política se empenhem para cessar toda hostilidade, esforçando-se por uma trégua que traga a paz na Faixa de Gaza.

“Retomando o forte apelo para continuar a rezar pela paz na Terra Santa de domingo passado, nesta manhã,  o Santo Padre Francisco telefonou pessoalmente para o presidente Shimon Peres e ao presidente  Mahmoud Abbas, compartilhando suas profundas preocupações com a atual situação de conflito que envolve, em especial, a Faixa de Gaza e que, em um clima de crescente hostilidade, ódio e sofrimento para os dois povos, está semeando numerosas vítimas e dando origem a uma situação de grave emergência humanitária”, informou o Vaticano.

“Como fez em sua recente peregrinação à Terra Santa e em ocasião da invocação pela paz, no dia 8 de junho passado, o Santo Padre assegurou sua incessante oração e a de toda a Igreja pela paz na Terra Santa.  Partilhou com os líderes, os quais considera homens de paz e que desejam a paz, a necessidade de continuar a rezar e a empenhar-se para fazer de tudo para que as partes envolvidas e os que têm responsabilidade política, em âmbito local e internacional, se empenhem para cessar toda hostilidade, esforçando-se por uma trégua, pela paz e a reconciliação dos corações”, acrescentou.

Ontem, após dez dias de bombardeios, as tropas israelenses iniciaram a sua incursão terrestre na Faixa de Gaza com o objetivo de atingir os túneis construídos pelo grupo islamita Hamas “que visam penetrar e atingir o território israelense”, conforme indicou o primeiro-ministro deste país, Benjamim Netanyahu.

Esta nova etapa ocorre logo depois da trégua de cinco horas pedida pela ONU para ingressar ajuda humanitária à população, quebrada pelo lançamento de mais mísseis por parte dos membros do Hamas.

O atual conflito desencadeou depois do sequestro seguido de assassinato de três jovens israelenses, a isso se juntou à morte de um jovem palestino, provavelmente como vingança.

Desde 2007 que a Faixa de Gaza é controlada política e militarmente pelo movimento islamita Hamas que depois de duros combates conseguiu expulsar a facção palestina opositora, Fatah, liderada por Mahmoud Abbas e que é a que atualmente governa a Cisjordânia através da Autoridade Nacional Palestina.

O grupo Hamas tem escrito em sua carta de fundação o objetivo de destruir o Estado de Israel.

Segundo o ministério da saúde de Gaza já são 237 os palestinos mortos desde que se iniciou a ofensiva israelense. Entre os falecidos há 48 crianças, 24 mulheres e uma dezena de idosos, além de 1.500 feridos.


Francisco_FotoKerriLenartowick_CNA

Vaticano, 18 Jul. 14 / 02:10 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco expressou hoje, 18 de julho, a sua consternação pela catástrofe com o avião da Malaysian Airlines que foi derrubado nesta quinta-feira por um míssil enquanto sobrevoava o território da Ucrânia ocasionando a morte de pelo menos 300 pessoas.

O Vaticano divulgou um comunicado no qual destaca que “o Santo Padre recebeu com consternação a notícia do desastre do avião da Malaysian Airlines, precipitado na região leste da Ucrânia, marcada por fortes tensões.”.

No Boeing 777 derrubado ontem, que saiu de Amsterdã e se dirigia a Kuala Lumpur, viajavam 283 passageiros e 15 membros da tripulação.

O vice-presidente sênior da Malaysian Airlines, Huib Gorter, disse que eram pelo menos 154 holandeses, 27 australianos, 23 malaios, 11 indonésios, 6 britânicos, 4 alemães, 4 belgas, 3 filipinos e 1 canadense.

Diversas informações de agências internacionais assinalam que o míssil com o qual derrubaram o avião foi disparado por separatistas pró-russos na Ucrânia.

O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, disse estar “profundamente comovido por esta notícia dramática”. “As circunstâncias do acidente não são claras e ainda não se conhece a identidade dos passageiros”, acrescentou.

O comunicado do Vaticano assinala também que “o Papa eleva suas orações pelas numerosas vítimas do acidente e por seus familiares, renovando às partes em conflito o forte apelo à paz e para um compromisso na busca de soluções com o diálogo, a fim de evitar mais perdas de vidas humanas inocentes”.


Cardeal Pietro Parolin

Vaticano, 16 Jul. 14 / 10:08 am (ACI/EWTN Noticias).- O Secretário de Estado Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, advertiu nesta segunda-feira que um estado onipresente que quer controlar tudo é ineficaz e injusto, pois corta toda criatividade; por outro lado, assinalou que um estado laico sadio é aquele que protege e promove a ação social da Igreja a favor do bem comum.

Assim o expressou durante o “Diálogo México-Santa Sé sobre Migração Internacional e Desenvolvimento”, que terminou nesta terça-feira e onde chamou a comunidade internacional e os membros da Igreja a trabalharem para enfrentar o fenômeno das migrações, em especial o drama das crianças que cruzam ilegalmente a fronteira dos Estados Unidos fugindo da pobreza e violência em seus países de origem.

“Quando a Igreja encontra um interlocutor receptivo, um Estado convencido de sua vocação de serviço às pessoas e, portanto, não meramente ‘tolerante’ com o fato religioso, mas disposto a promover qualquer instância que trabalhe por melhorar a sociedade, a potencialidade do bem realizado se multiplica e a malha social se impregna de humanidade”, afirmou o Cardeal.

Por outro lado, advertiu, “os estados autoritários tentam controlar toda a vida social: o aparelho estatal é onipresente, deve fazer tudo, mesmo que o faça mal. Não aceita a chamada ‘sociedade civil’, baseada no princípio da subsidiariedade, pelo qual a instância superior deve renunciar a fazer aquilo que as instâncias inferiores podem fazer, em vista de uma maior eficiência do serviço emprestado”.

“Hoje sabemos que um estado onipresente não é apenas injusto, mas também radicalmente ineficiente, posto que corta pela raiz qualquer broto de criatividade e de iniciativa”, assinalou.

Nesse sentido, a autoridade vaticana destacou “que a Igreja foi um dos fatores sociais que historicamente mais trabalhou pelo reconhecimento da ‘sociedade civil’. Quando um País não só tolera a Igreja, mas também no marco de uma laicidade sadia estabelece os meios jurídicos para a sua proteção e promove a sua ação social a favor do bem comum, garante um elemento meta-político chave para o progresso: a confiança”.

“Um estado de direito no qual os cidadãos confiam em seus políticos, em seus juízes e nas forças da ordem, tem futuro. Uma sociedade aberta na qual os consumidores confiam nos atores da economia, tem futuro. Um estado que confia nas Organizações não governamentais como expressão da pluralidade da malha social, tem as portas do futuro abertas”, afirmou o Cardeal.


Página 1 de 29912...1020...Última »

Busca

Novidades deste blog

Digite seu endereço de e-mail para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Participe da nossa comunidade!

Siga-nos





Instragram

http://bit.ly/bibliacatolica
http://bit.ly/bibliacatolica
http://bit.ly/bibliacatolica
http://bit.ly/bibliacatolica

Publicidade






Comentários Recentes