1. Ao mestre de canto. Com flautas. Salmo de Davi.*

2. Senhor, ouvi minhas palavras, escutai meus gemidos.

3. Atendei à voz de minha prece, ó meu rei, ó meu Deus.

4. É a vós que eu invoco, Senhor, desde a manhã; escutai a minha voz, porque, desde o raiar do dia, vos apresento minha súplica e espero.

5. Pois vós não sois um Deus a quem agrade o mal, o mau não poderia morar junto de vós;

6. os ímpios não podem resistir ao vosso olhar. Detestais a todos os que praticam o mal,

7. fazeis perecer aqueles que mentem, o homem cruel e doloso vos é abominável, ó Senhor.

8. Mas eu, graças à vossa grande bondade, entrarei em vossa casa. Irei prostrar-me em vosso santuário, com o respeito que vos é devido, Senhor.

9. Conduzi-me pelas sendas da justiça, por causa de meus inimigos; aplainai, para mim, vosso caminho.

10. Porque em seus lábios não há sinceridade, seus corações só urdem projetos ardilosos. A garganta deles é como um sepulcro escancarado, com a língua distribuem lisonjas.*

11. Deixai-os, Senhor, prender-se nos seus erros, que suas maquinações malogrem! Por causa do número de seus crimes, rejeitai-os, pois é contra vós que se revoltaram.

12. Regozijam-se, pelo contrário, os que em vós confiam, permanecem para sempre na alegria. Protegei-os e triunfarão em vós os que amam vosso nome.

13. Pois, vós, Senhor, abençoais o justo; vossa benevolência, como um escudo, o cobrirá.

Bíblia Ave Maria - Reservados todos los derechos.

5,1. Invocação a Deus, que detesta os pecadores, ajuda aquele que ora, castiga os ímpios, protege os justos. Oração da manhã, sobretudo por causa do v. 4.

5,10. Texto citado em Rm 3,13.




“Nas tribulações é necessário ter fé em Deus.” São Padre Pio de Pietrelcina