1. Aleluia. Louvai o Senhor, (do alto) dos céus, louvai-o nas alturas.

2. Louvai-o, vós todos os seus anjos, louvai-o, vós todos os seus exércitos.

3. Louvai-o, sol e lua, louvai-o, todas as estrelas luzentes.

4. Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus:

5. louvem (estes seres) o nome do Senhor, porque ele ordenou e foram criados,

6. e estabeleceu-os para sempre, pelos séculos: fixou-lhes uma lei que não passará.

7. Louvai o Senhor, (vós, criaturas) da terra, vós os cetáceos e todos os abismos do mar,

8. o fogo, o granizo, a neve e o nevoeiro, o vento tempestuoso, que cumpre a sua palavra,

9. os montes e todos os outeiros, as árvores frutíferas e todos os cedros,

10. as feras e todos os animais domésticos, os répteis e as aves,

11. os reis da terra e todos os povos, os príncipes e todos os juízes da terra,

12. os jovens e também as donzelas, os velhos, juntamente com os meninos:

13. louvem o nome do Senhor, porque só o seu nome é excelso; a sua majestade está acima do céu e da terra,

14. e (ele) deu ao seu povo um poder sublime. É objecto de louvor para todos os seus santos, para os filhos de Israel, povo que está perto dele. Aleluia.





“Apóie-se, como faz Nossa Senhora, à cruz de Jesus e nunca lhe faltará conforto”. São Padre Pio de Pietrelcina