1. O Senhor falou a Moisés, dizendo;

2. Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando entrardes na terra da vossa habitação, que eu vos hei-de dar,

3. e oferecerdes ao Senhor algum holocausto ou vítima, quer em cumprimento dos vossos votos, quer de vossa livre vontade, ou fazendo queimar nas vossas solenidades, de odor de suavidade para o Senhor, bois ou ovelhas,

4. todo aquele que imolar uma vitima, oferecerá em sacrifício a décima parte de efa de flor de farinha amassada com a quarta parte de um hin de azeite,

5. e dará esta mesma medida de vinho para fazer as libações, por cada cordeiro.

6. Por cada carneiro, a oblação será de duas dízimas de flor de farinha, amassada com a terça parte de um hin de azeite:

7. oferecerá para as libações um terço da mesma medida de vinho em cheiro de suavidade para o Senhor.

8. Quando, porém, ofereceres um holocausto de bois, quer para cumprires um voto, quer em sacrifício pacífico,

9. darás por cada boi três dízimas de flor de farinha, amassada com azeite, na medida de meio hin,

10. e darás a mesma medida de vinho para as libações em oferta de suavíssimo odor para o Senhor.

11. Assim o farás

12. por cada boi, cada carneiro, cada cordeiro e cada cabrito.

13. Tanto os naturais da terra como os estrangeiros

14. oferecerão os sacrifícios com o mesmo rito.

15. Será uma mesma lei e ordenação, tanto para vós como para os que são estrangeiros no vosso país.

16. O Senhor falou a Moisés, dizendo:

17. Fala aos filhos de Israel e dize-lhes:

18. Quando chegardes à terra, que eu vos hei-de dar,

19. e comerdes dos pães daquele país, separareis para o Senhor as primícias

20. do vosso alimento. Assim como separais as primícias das eiras,

21. assim também oferecereis ao Senhor as primícias das vossas massas.

22. Quando por ignorância omitirdes algumas destas coisas que o Senhor disse a Moisés,

23. e que por meio dele vos ordenou, desde o dia em que começou a dar-vos os seus mandamentos,

24. se a multidão vier a cair em qualquer falta por esquecimento, oferecerá um bezerro da manada em holocausto de suavíssimo cheiro para o Senhor, com a sua oblação e as suas libações, como prescrevem as cerimônias, e um bode pelo pecado;

25. o sacerdote rogará por toda a multidão dos filhos de Israel, e se lhes perdoará, porque não pecaram voluntariamente e ofereceram contudo um holocausto ao Senhor, pela sua inadvertência.

26. Será perdoado a toda a multidão dos filhos de Israel, e aos estrangeiros que moram entre eles, porque é uma culpa de todo o povo cometida por ignorância.

27. Porém, se uma só pessoa pecar por ignorância, oferecerá uma cabra de um ano pelo seu pecado,

28. e o sacerdote rogará por ela, porque pecou sem o saber diante do Senhor, e lhe alcançará o perdão, e lhe será perdoado.

29. Uma mesma lei será para todos os que pecarem por ignorância, que sejam naturais quer sejam estrangeiros.

30. A pessoa, porém, que dizer alguma coisa com a mão levantada (contra Deus), quer seja cidadão quer forasteiro, será eliminado do meio do seu povo, porque foi rebelde contra o Senhor,

31. porque desprezou a palavra do Senhor e violou o seu preceito; por isso será exterminado, e levará sobre si a sua iniquidade.

32. Ora aconteceu que, estando os filhos de Israel no deserto, e encontrando um homem que apanhava lenha no dia de sábado,

33. apresentaram-no a Moisés, a Aarão e a todo o povo.

34. Eles meteram-no em prisão, não sabendo o que deviam fazer dele.

35. O Senhor disse a Moisés: Este homem seja morto, todo o povo o apedreje fora dos acampamentos.

36. Tendo-o tirado para fora, apedrejaram-no, e ele morreu, como o Senhor tinha mandado.

37. Disse também o Senhor a Moisés:

38. Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes que façam umas guarnições nas extremidades das suas capas, pondo nelas fitas de púrpura violácea,

39. para que, vendo-as, se recordem de todos os mandamentos do Senhor, e não sigam os seus pensamentos nem os seus olhos que os arrastam à infidelidade.

40. Assim se recordarão dos preceitos do Senhor e os cumprirão e serão santos para com o seu Deus.

41. Eu sou o Senhor vosso Deus que vos tirei da terra do Egito, para ser vosso Deus.





“Cada Missa lhe obtém um grau mais alto de gloria no Céu!” São Padre Pio de Pietrelcina