1. Eis o que os filhos de Israel possuíram na terra de Canaan, que lhes deram o sacerdote Eleázaro, e Josué, filho de Nun, e os chefes das famílias, de cada tribo de Israel.

2. Tudo foi distribuído por sorte pelas nove tribos e meia, como o Senhor tinha mandado por meio de Moisés.

3. Às outras duas tribos e meia tinha Moisés dado a sua herança na outra banda do Jordão, não se contando os Levitas, que não receberam porção alguma de terra entre seus irmãos,

4. sendo postos em seu lugar Manassés o Efraim, filhos de José, divididos em duas tribos. Os Levitas não receberam outra parte na terra, senão as cidades para habitarem, e os arrabaldes delas para sustentarem os seus animais e rebanhos.

5. O que o Senhor tinha ordenado a Moisés, cumpriram-no os filhos de Israel, e repartiram a terra (de Canaan).

6. Nesta ocasião os filhos de Judá apresentaram-se a Josué em Galgala. Caleb, filho de Jefone Cenezeu, disse-lhe: Tu sabes o que o senhor disse de mim e de ti a Moisés, homem de Deus, em Cadesbarne.

7. Eu tinha quarenta anos quando Moisés, servo do Senhor, me mandou de Cadesbarne para reconhecer a terra, e eu referi-lhe o que me parecia verdade.

8. Porém meus irmãos, que tinham ido comigo, fizeram desanimar o povo. Não obstante isto, segui o Senhor meu Deus.

9. Naquele dia, Moisés fez-me este juramento: A terra que o teu pé calcou será tua herança e de teus filhos para sempre, porque seguiste o Senhor meu Deus.

10. O Senhor, pois, me conservou a vida até ao presente dia, como prometeu. Há quarenta e cinco anos que o Senhor disse aquela palavra a Moisés, quando Israel andava pelo deserto; hoje tenho oitenta e cinco anos,

11. e acho-me tão robusto como no tempo em que fui enviado a reconhecer a terra; o vigor, que eu tinha então, dura em mim até hoje, tanto para combater como para andar.

12. Dá-me, pois, este monte, que o Senhor me prometeu, ouvindo-o tu mesmo, no qual há (ainda) Enacins, e cidades grandes e fortificadas; o Senhor seja comigo, e eu possa exterminá-los, como ele me prometeu.

13. Josué abençoou-o e deu-lhe Hebron como herança.

14. Desde então Hebron foi de Caleb, filho de Jefone Cenezeu, até ao dia de hoje, por ter seguido o Senhor Deus de Israel.

15. Hebron chamava-se outrora Cariat-Arbe. Arbe foi o maior entre os Enacins. E a terra (de Canaan) repousou (por então) de guerras.





“É difícil tornar-se santo. Difícil, mas não impossível. A estrada da perfeição é longa, tão longa quanto a vida de cada um. O consolo é o repouso no decorrer do caminho. Mas, apenas restauradas as forças, é necessário levantar-se rapidamente e retomar a viagem!” São Padre Pio de Pietrelcina