1. No décimo oitavo ano do reinado de Jeroboão, filho de Nabat, reinou Abião sobre Judá.

2. Reinou três anos em Jerusalém. Sua mãe chamava-se Maaca, filha de Absalão.

3. Ele entregou-se a todos os pecados que seu pai tinha cometido antes dele; o seu coração não era perfeito diante do Senhor seu Deus, como fora o coração de seu pai Davide.

4. Todavia o Senhor seu Deus, em atenção a Davide, deu-lhe uma lâmpada em Jerusalém, dando-lhe um filho que lhe sucedeu, para restabelecer Jerusalém

5. porque Davide tinha feito o que era recto aos olhos do Senhor, e em nada se tinha afastado de tudo o que lhe mandara em todos os dias da sua vida, excepto o que se passou com Urlas Heteu.

6. Entre Roboão e Jeroboão, houve guerra durante todo o tempo da vida de Roboão.

7. O resto das acções de Abião, tudo o que ele fez, está escrito no livro das Crônicas dos reis de Judá. Houve também guerra entre Abião e Jeroboão.

8. Abião adormeceu com seus pais, e sepultaram-no na cidade de Davide. Seu filho Asa reinou em seu lugar.

9. No ano vigésimo de Jeroboão, rei de Israel, reinou Asa, rei de Judá.

10. Reinou quarenta e um anos em Jerusalém. Sua mãe chamava-se Maaca, filha de Absalão.

11. Asa fez o que era recto aos olhos do Senhor, como seu pai Davide.

12. Tirou do país os consagrados à prostituição idolátrica, fez desaparecer os ídolos que seus pais tinham fabricado.

13. Além disto, tirou a dignidade de rainha a Maaca, sua mãe, por ter feito um ídolo de Astarte. Despedaçou o Ídolo e queimou-o no vale do Cedron.

14. Não tirou, porém, os lugares altos, mas, mesmo assim, o coração de Asa foi perfeito toda a sua vida para com Senhor.

15. Pôs na casa do Senhor o que seu pai tinha consagrado e oferecido com voto, a prata, o ouro e os vasos.

16. Houve guerra entre Asa e Baasa, rei de Israel, durante todo o tempo da sua vida.

17. Baasa, rei de Israel, foi contra Judá e fortificou Rama, para que ninguém pudesse sair nem entrar nos estados de Asa, rei de Judá.

18. Tomando Asa toda a prata e o ouro, que tinha ficado nos tesouros da casa do Senhor e nos tesouros do palácio do rei, pô-los nas mãos dos seus servos que enviou a Benadad, filho de Tabremon, filho de Hezion, rei da Síria, que habitava em Damasco, dizendo:

19. Entre mim e ti haja aliança, como a houve entre meu pai e teu pai; por isso mando-te estes presentes de prata e ouro, e suplico-te que quebres a aliança que tens com Baasa, rei de Israel, para que ele se retire das minhas terras.

20. Benadad, condescendendo com os rogos do rei Asa, mandou os generais do seu exército contra as cidades de Israel, os quais tomaram Alon, Dan, Abelcasa de Maaca e todo o país de Cenerot, isto é, todo o território de Neftali.

21. Baasa, tendo ouvido isto, deixou de fortificar Rama e voltou para Tersa.

22. O rei Asa enviou mensageiros por toda a Judeia com essa ordem: Nin­guém se escuse (de acudir a Rama). Tomaram as pedras e as madeiras que Baasa tinha em pregado em fortificar Rama, e, com elas, o rei Asa edificou Gabaa de Benjamim e Masfa.

23. O resto de todas as acções de Asa, todas as suas empresas de valor, todos os seus feitos, as cidades que edificou, tudo se acha escrito no livro das Crônicas dos reis de Judá. No tempo da sua velhice, sofreu dos pés.

24. Adormeceu com seus pais e foi sepultado com eles, na cidade de seu pai Davide. Josafat, seu filho, reinou em seu lugar.

25. Nadab, filho de Jeroboão, reinou sobre Israel no segundo ano de Asa, rei de Judá. Reinou sobre Israel dois anos.

26. Fez o mal diante do Senhor, seguiu as pisadas de seu pai e os pecados que ele tinha feito cometer a Israel.

27. Baasa, filho de Aia, da casa de Issacar, armou-lhe uma traição e matou-o em Gebeton, que é uma cidade dos Filisteus, quando Nadab e todo o Israel sitiavam Gebetou.

28. Baasa, no terceiro ano de Asa, rei de Judá, matou Nadab e reinou em seu lugar.

29. Logo que foi rei, exterminou toda a casa de Jeroboão; não deixou com vida nem sequer um da sua linhagem, até acabar inteiramente com ela, conforme a palavra que o Senhor tinha dito pela boca do seu servo Aias, de Silo,

30. por causa dos pecados que Jeroboão cometeu e fez cometer a Israel, provocando assim a irritação do Senhor Deus de Israel.

31. O resto das acções de Nadab, tudo o que ele fez, está escrito no livro das Crônicas dos reis de Israel.

32. Houve guerra entre Asa e Baasa, rei de Israel, durante toda a sua vida.

33. No terceiro ano de Asa, rei de Judá, reinou Baasa, filho de Aia, sobre todo o Israel, em Tersa, durante vinte e quatro anos.

34. Fez o mal diante do Senhor: andou no caminho de Jeroboão e nos pecados que ele tinha feito cometer a Israel.





“Se você fala das próprias virtudes para se exibir ou para vã ostentação perde todo o mérito.” São Padre Pio de Pietrelcina