1. Eu vos exorto, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, a ofere­cerdes vossos corpos em sacri­fício vivo, santo, agradável a Deus: é este o vosso culto espiritual.

2. Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito.

3. Em virtude da graça que me foi dada, recomendo a todos e a cada um: não façam de si próprios uma opinião maior do que convém, mas um conceito razoavelmente modesto, de acordo com o grau de fé que Deus lhes distribuiu.*

4. Pois, como em um só corpo temos muitos membros e cada um dos nossos membros tem diferente função,

5. assim nós, embora sejamos muitos, formamos um só corpo em Cristo, e cada um de nós é membro um do outro.

6. Temos dons diferentes, conforme a graça que nos foi conferida. Aquele que tem o dom da profecia, exerça-o conforme a fé.

7. Aquele que é chamado ao ministério, dedique-se ao ministério. Se tem o dom de ensinar, que ensine;

8. o dom de exortar, que exorte; aquele que distribui as esmolas, faça-o com simplicidade; aquele que preside, presida com zelo; aquele que exerce a misericórdia, que o faça com afabilidade.

9. Que vossa caridade não seja fingida. Aborrecei o mal, apegai-vos solidamente ao bem.

10. Amai-vos mu­tuamente com afeição terna e fraternal. Adiantai-vos em honrar uns aos outros.

11. Não relaxeis o vosso zelo. Sede fervorosos de espírito. Servi ao Senhor.

12. Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração.

13. Socorrei às necessidades dos fiéis. Esmerai-vos na prática da hospitalidade.

14. Abençoai os que vos perse­guem; abençoai-os, e não os prague­jeis.

15. Alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram.

16. Vivei em boa harmonia uns com os ou­tros. Não vos deixeis levar pelo gosto das grandezas; afeiçoai-vos com as coisas modestas. Não sejais sábios aos vossos próprios olhos.

17. Não pagueis a ninguém o mal com o mal. Aplicai-vos a fazer o bem diante de todos os homens.

18. Se for possível, quanto depender de vós, vivei em paz com todos os homens.

19. Não vos vingueis uns dos outros, caríssimos, mas deixai agir a ira de Deus, porque está escrito: A mim a vingança; a mim exercer a justiça, diz o Senhor (Dt 32,35).

20. Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber. Procedendo assim, amontoarás carvões em brasa sobre a sua cabeça (Pr 25,21s).*

21. Não te deixes vencer pelo mal, mas triunfa do mal com o bem.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

12,3. O grau de fé: as diversas graças particulares.

12,20. Amontoarás, sentido da metáfora: tu lhe tornarás intolerável a sua hostilidade (ele se ruborizará!).




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Jesus está com você, e o Cireneu não deixa de ajudar-te a subir o Calvário.” São Padre Pio de Pietrelcina