1. De Davide, A ti elevo a minha alma. Senhor,

2. Deus meu. E em ti confio: não seja eu confundido! Não se alegrem à minha custa os meus inimigos!

3. Com efeito, todos os que esperam em ti não serão confundidos; confundidos serão os que temeràriamente quebram a lealdade.

4. Mostra-me, Senhor, os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas.

5. Dirige-me na tua verdade e ensina-me, porque tu és o Deus meu Salvador: em ti espero sempre.

6. Lembra-te, Senhor, das tuas bondades e das tuas misericórdias, que datam dos séculos passados.

7. Não te recordes dos pecados da minha mocidade, dos meus delitos; mas lembra-te de mim, segundo a tua misericórdia, por causa da tua bondade. Senhor.

8. Bom e recto é o Senhor: por isso ele ensina aos pecadores o caminho (que devem seguir).

9. Dirige os humildes na justiça, ensina aos humildes o seu caminho.

10. Todas as veredes do Senhor são graça e fidelidade para os que guardam a sua aliança e os seus mandamentos.

11. Por causa do teu nome, Senhor, me hás-de perdoar o meu pecado, pois é grande.

12. Quem é o homem que teme ao Senhor? (O Senhor) ensina-lhe o caminho que deve escolher.

13. Entre bens terà a sua morada, e a sua descendência possuirá a terra.

14. O Senhor é familiar aos que o temem, e manifesta-lhes a sua aliança.

15. Os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois ele há-de tirar do laço os meus pés.

16. Olha para mim e tem piedade de mim, porque eu vejo-me só e aflito.

17. Alivia as angústias do meu coração, livra-me das minhas aflições.

18. Olha para a minha miséria e para o meu trabalho, e perdoa todos os meus pecados.

19. Olha para os meus inimigos, pois são muitos, e odeiam-me com ódio violento.

20. Guarda a minha alma e livra-me, não seja eu confundido por ter recorrido a ti.

21. Protejam-me a inocência e a rectidão, porque espero em ti, Senhor.

22. Livra, ó Deus, a Israel de todas as suas angústias.





“Resigna-te a ser neste momento uma pequena abelha. E enquanto esperas ser uma grande abelha, ágil, hábil, capaz de fabricar bom mel, humilha-te com muito amor perante Deus e os homens, pois Deus fala aos que se mantêm diante dele humildemente”. São Padre Pio de Pietrelcina