1. Ao mestre do coro. Salmo. De Davide.

2. Até quando, Senhor, me esquecerás totalmente? Até quando esconderás de mim a tua face?

3. Até quando revolverei ansiedade em minha alma, e todos os dias tristezas em meu coração?

4. Até quando prevalecerá o meu inimigo contra mim? Olha para mim, ouve-me, Senhor Deus meu!

5. Alumia os meus olhos para que eu não durma na morte, para que o meu inimigo não possa dizer; "Vencio-o"; não exultem os meus inimigos por eu ter caído,

6. depois de ter confiado na tua misericórdia! Antes exulte o meu coração com o teu auxílio; que eu cante ao Senhor que me cumulou de bens.





“De que vale perder-se em vãos temores?” São Padre Pio de Pietrelcina