1. Salmo, De Davide, quando foge de Absalão, seu filho.

2. Senhor, quão numerosos são os que me atormentam, muitos se levantam contra mim!

3. Muitos dizem a meu respeito: "Não há salvação para ele em Deus."

4. Porém tu, Senhor, és o meu escudo, a minha glória, o que exaltas a minha cabeça,

5. Com a minha voz clamei ao Senhor, e ele ouviu-me (benigno) do seu santo monte.

6. Deitei-me e adormeci: levantei-me, porque o Senhor me ampara.

7. Não temerei esse povo que, aos milhares, acampa em cerco contra mim.

8. Levanta-te, Senhor! Salva-me, Deus meu! Com efeito, tu feriste na cara todos os meus inimigos, quebraste os dentes dos pecadores.

9. Junto do Senhor há salvação: sobre o teu povo, (ó Deus) venha a tua bênção!





O sábio elogia a mulher forte dizendo: os seu dedos manejaram o fuso. A roca é o alvo dos seus desejos. Fie, portanto, cada dia um pouco. Puxe fio a fio até a execução e, infalivelmente, você chegará ao fim. Mas não tenha pressa, pois senão você poderá misturar o fio com os nós e embaraçar tudo.” São Padre Pio de Pietrelcina