1. Ouvi a palavra do Senhor, filhos de Israel, porque o Senhor vai entrar em juízo com os habitantes desta terra, visto que não há verdade, nem misericórdia, nem conhecimentos de Deus nesta terra.

2. O perjúrio, a mentira, o homicídio, o furto e o adultério inundaram tudo, e derrama-se sangue sobre sangue.

3. Por isso a terra está de luto; e todo o que nela habita definha: os próprios animais selvagens, as aves do céu e até os peixes do mar perecem.

4. Todavia ninguém se ponha a corrigir ou a repreender pessoa alguma. É contra ti, sacerdote, que vão as minhas censuras.

5. Por isso tropeçarás em pleno dia, e tropeçará também contigo o (falso) profeta. De noite farei perecer tua mãe, (ver nota)

6. O meu povo perece, por falta de conhecimento. Porque tu (ó sacerdote) rejeitaste a ciência (que, por dever de estado, havia de possuir), também eu excluirei do exercício do meu sacerdócio; visto que esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

7. Quanto mais se multiplicaram, mais pecaram contra mim; mudaram a sua glória em ignomínia.

8. Nutrem-se dos pecados do meu povo, desejam ardentemente as suas iniquidades.

9. Portanto o sacerdote será (tratado) como o povo; castigá-lo-ei pelos seus (maus) caminhos, dar-lhe-ei segundo as suas obras.

10. Comerão, e não ficarão saciados; prostituir-se-ão e não se multiplicarão, porque abandonaram o Senhor obstinadamente.

11. A fornicação, o vinho e o mosto fazem perder o sentido.

12. O meu povo consulta um pedaço de pau, e o seu bordão lhe faz revelações, porque o espírito da fornicação (ou a idolatria) os enganou, e eles prostituiram-se, deixando o seu Deus. (ver nota)

13. Oferecem sacrifícios sobre os cumes dos montes e queimam oferendas sobre os outeiros, debaixo dos carvalhos, dos choupos e dos terebintos, de sombra amena. Por isso as vossas filhas se prostituem, e as vossas noras são adúlteras.

14. Não castigarei as vossas filhas, quando se prostituírem, nem as vossas noras, quando adulterarem, porque eles mesmos (os pais e esposos) têm trato com as meretrizes e sacrificam com pessoas devassas. O povo (insensato e) sem entendimento será castigado. (ver nota)

15. Se tu, é Israel, te entregas à prostituição (à idolatria), ao menos não peque Judá; não vades a Gálgala, não subais a Betaven (para idolatrar) e não jureis dizendo: Vive o Senhor. (ver nota)

16. Porque Israel rebelou-se como uma vaca indomável; agora o apascentará o Senhor como a um cordeiro numa espaçosa campina.

17. Efraim (ou Israel) está ligado aos ídolos: deixa-o (ó Judá).

18. Depois de se entregarem à bebida, entregam-se à fornicação (ou idolatria); os seus chefes comprazem-se na ignomínia.

19. O vento (da cólera divina) levá-los-á nas suas asas, e eles serão confundidos por causa dos seus sacrifícios.





“Uma Missa bem assistida em vida será mais útil à sua salvação do que tantas outras que mandarem celebrar por você após sua morte!” São Padre Pio de Pietrelcina