1. Os filhos de Israel serão tão numerosos como a areia do mar, que não se pode medir nem contar. Em lugar de lhes dizer: Lo-Ami, serão chamados “Filhos do Deus vivo”.

2. Os filhos de Judá e de Israel se reunirão, constituirão para si um único chefe e transbordarão de seu território, porque será grande o dia de Jezrael.

3. Vossos irmãos serão chamados Ami e vossas irmãs Ruhama.*

4. Protestai contra vossa mãe, protestai, porque já não é minha mulher e já não sou seu marido. Afaste ela de sua face, suas fornicações e seus adultérios de entre os seus seios,

5. para que eu não a desnude como no dia de seu nascimento e não a torne como um deserto; para que eu não a reduza a uma terra seca e não a deixe perecer de sede.*

6. Não terei compaixão de seus filhos, porque são adulterinos.

7. Sim, sua mãe cometeu o adultério, desonrou-se aquela que o concebeu. Ela disse consigo mesma: “Seguirei os meus amantes, que me dão meu pão e minha água, minha lã e meu linho, meu óleo e minha bebida”.*

8. Por isso, fecharei com espinhos o seu caminho e o cercarei com um muro. Ela não encontrará mais saída.

9. Perseguirá os seus amantes mas não os alcançará; ela os procurará, mas não os encontrará. Então, dirá: “Voltarei para o meu primeiro marido, porque eu era outrora mais feliz que agora”.

10. Ela não reconheceu que era eu quem lhe dava o trigo, o vinho e o óleo, e quem lhe prodigalizava a prata e o ouro que se consagra a Baal.*

11. Por isso, retomarei o meu trigo no seu tempo, e o meu vinho na sua estação; retirarei minha lã e meu linho, com que cobria a sua nudez.

12. Vou descobrir sua abjeção aos olhos de seus amantes e ninguém a libertará de minha mão.

13. Porei fim a todos os seus divertimentos, suas festividades, suas luas novas, seus sábados e a todas as suas festas.

14. Devastarei sua vinha e sua figueira, das quais dizia: “Eis a paga que me deram meus amantes”. Farei delas um matagal, que os animais selvagens devorarão.

15. Eu a farei expiar os dias de Baal, quando lhe queimava ofertas, ataviada de seu colar e de suas joias para cortejar os seus amantes, sem pensar mais em mim – oráculo de Senhor.

16. Por isso a atrairei, a conduzirei ao deserto e lhe falarei ao coração.

17. Então, lhe darei as suas vinhas e o vale de Acor, como porta de esperança. Aí ela se tornará como no tempo de sua juventude, como nos dias em que subiu da terra do Egito.*

18. Naquele dia – diz o Senhor – tu me chamarás: “Meu marido”, e não mais: “Meu Baal”.*

19. Não lhe deixarei mais na boca os nomes de Baal e ninguém pronunciará tais nomes.

20. Farei para eles, naquele dia, uma aliança com os animais selvagens, as aves do céu e os répteis da terra; farei desaparecer da terra o arco, a espada e a guerra, e os farei repousar com segurança.

21. Eu a desposarei para sempre, conforme a justiça e o direito, com benevolência e ternura.

22. Eu a desposarei com fidelidade e conhecerás o Senhor.

23. Naquele dia, diz o Senhor, eu atenderei aos céus, e eles atenderão à terra.

24. A terra atenderá ao trigo, ao mosto e ao óleo, e estes atenderão a Jezrael.*

25. Farei dele para mim uma terra bem semeada, usarei de misericórdia com Lo-Ruhama, e direi a Lo-Ami: “Tu és meu povo!”, e ele me dirá: “Vós sois meu Deus!”.*

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

2,1. Parece que os três primeiros versículos devem ser colocados no fim do capítulo, depois do versículo 25.

2,3. Ami: significa meu povo; e Ruhama: é aquela que inspira afeição.

2,5. Não a desnude: infligia-se esta humilhação às mulheres adúlteras antes de serem apedrejadas. Ver Ez 16,39.

2,7. Meus amantes: os Baal cananeus aos quais se atribuía a fecundidade dos campos.

2,10. Outra tradução: Dei-lhe prata, mas do ouro fizeram um Baal.

2,16. O Senhor vai recomeçar a obra de seu amor: uma estada no deserto, idealizada como os esponsais de Deus com seu povo, seguida de uma nova introdução Terra Prometida. Josué penetrara nas montanhas de Canaã, precisamente pelo vale de Acor, após a tomada de Jericó (Js 7,24ss).

2,18. Baal: significa Amo, senhor. Este termo é aplicado aos deuses cananeus.

2,24. Jezrael: representa Israel.

2,25. Depois deste v. 25 é que deveriam, talvez, vir os versículos antes referidos: 1,7; 2,1ss.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.




“Se precisamos ter paciência para suportar os defeitos dos outros, quanto mais ainda precisamos para tolerar nossos próprios defeitos!” São Padre Pio de Pietrelcina