1. Fizeram-te rei (do festim)? Não te enalteças. Sê no meio dos outros como qualquer um deles.

2. Ocupa-te com eles e em seguida senta-te. Não tomes lugar à mesa, senão após cumpridos os teus deveres,*

3. assim te regozijarás por causa deles. Receberás a coroa como um gracioso adorno, e ganharás a consideração dos convivas.*

4. Tu, mais idoso, fala, pois convém

5. que sejas o primeiro a falar, com séria competência. Mas não perturbes a música,

6. nem te alongues em discursos, onde não há quem os ouça. Não te engrandeças sem propósito por causa de tua sabedoria.*

7. Como uma pedra de rubi engastada no ouro, assim é a música no meio de uma refeição regada a vinho.

8. Como um sinete de esmeraldas engastadas em ouro, assim é um grupo de músicos no meio de uma alegre e moderada libação.

9. Ouve em silêncio, e tua modéstia provocará a benevolência.

10. Jovem, fala muito pouco de teus assuntos privados.*

11. Se fores duas vezes interrogado, que tua resposta seja concisa.

12. Em muitas coisas, porta-te como se as ignorasses; ouve em silêncio e pergunta.*

13. No meio dos poderosos, não tomes muitas liberdades; não fales muito onde houver anciãos:

14. vê-se o relâmpago antes de se ouvir o estalido, a graça precede o rubor da modéstia. Pelo teu recato serás benquisto.

15. Uma vez chegada a hora de se levantar, não te demores; sê o primeiro a correr para casa,* onde te regozijarás com os divertimentos.

16. Faze o que te aprouver, porém sem pecado e sem orgulho.

17. E em tudo isso glorifica o Senhor que te criou, e que te cumula de todos os seus bens.

18. Aquele que teme o Senhor aceitará sua doutrina, aqueles que vigiam para procurá-lo serão por ele abençoados.

19. Aquele que busca a Lei, por ela será cumulado. Aquele, porém, que procede com falsidade, nela achará ocasião de pecado.

20. Aqueles que temem o Senhor terão um juízo reto, e farão brilhar como uma tocha a sua justiça.

21. O pecador foge da censura, e encontra precedentes segundo o seu desejo.

22. O homem prudente não perde ocasião alguma para instruir-se, e o estranho ou o orgulhoso não tem nenhum temor;

23. mesmo quando age sozinho e sem conselheiro, ele será castigado pelos seus próprios desígnios.

24. Meu filho, nada faças sem conselho, e não te arrependerás depois de teres agido.

25. Não te embrenhes num caminho de perdição e não tropeçarás nas pedras. Não te metas num caminho escabroso, para não pores diante de ti uma pedra de tropeço.

26. Previne-te contra teus filhos, sê prudente em presença de teus familiares.

27. Em tudo o que fizeres, age com segurança, pois isso é guardar os mandamentos.

28. Aquele que crê em Deus atende ao que ele manda. Aquele que põe sua confiança nele, não será atingido.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

32,2. Deveres: o rei do festim era encarregado da organização do banquete e da boa distribuição dos divertimentos: discursos, cantos, música etc.

32,3. Como um gracioso adorno: no grego – para a boa ordem.

32,6. Não te alongues: no grego – ouve a música.

32,10. Fala muito pouco: no grego – se houver utilidade para ti; duas vezes, quando muito, se fores interrogado.

32,12. Porta-te como se ignorasses: no grego – sê como um homem sábio, que sabe calar-se.

32,15. Onde te regozijarás: no grego – não estejas descuidado.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Enquanto tiver medo de ser infiel a Deus, você não será’. Deve-se ter medo quando o medo acaba!” São Padre Pio de Pietrelcina