1. Os filhos da sabedoria formam a assembléia dos justos, e o novo que compõem é, todo ele, obediência e amor.

2. Ouvi, meus filhos, os conselhos de vosso pai, segui-os de tal modo que sejais salvos.

3. Pois Deus quis honrar os pais pelos filhos, e cuidadosamente fortaleceu a autoridade da mãe sobre eles.

4. Aquele que ama a Deus o roga pelos seus pecados, acautela-se para não cometê-los no porvir. Ele é ouvido em sua prece cotidiana.

5. Quem honra sua mãe é semelhante àquele que acumula um tesouro.

6. Quem honra seu pai achará alegria em seus filhos, será ouvido no dia da oração.

7. Quem honra seu pai gozará de vida longa; quem lhe obedece dará consolo à sua mãe.

8. Quem teme ao Senhor honra pai e mãe. Servirá aqueles que lhe deram a vida como a seus senhores.

9. Honra teu pai por teus atos, tuas palavras, tua paciência,

10. a fim de que ele te dê sua bênção, e que esta permaneça em ti até o teu último dia.

11. A bênção paterna fortalece a casa de seus filhos, a maldição de uma mãe a arrasa até os alicerces.

12. Não te glories do que desonra teu pai, pois a vergonha dele não poderia ser glória para ti,

13. pois um homem adquire glória com a honra de seu pai, e um pai sem honra é a vergonha do filho.

14. Meu filho, ajuda a velhice de teu pai, não o desgostes durante a sua vida.

15. Se seu espírito desfalecer, sê indulgente, não o desprezes porque te sentes forte, pois tua caridade para com teu pai não será esquecida,

16. e, por teres suportado os defeitos de tua mãe, ser-te-á dada uma recompensa;

17. tua casa tornar-se-á próspera na justiça. Lembrar-se-ão de ti no dia da aflição, e teus pecados dissolver-se-ão como o gelo ao sol forte.

18. Como é infame aquele que abandona seu pai, como é amaldiçoado por Deus aquele que irrita sua mãe!

19. Meu filho, faze o que fazes com doçura, e mais do que a estima dos homens, ganharás o afeto deles.

20. Quanto mais fores elevado, mais te humilharás em tudo, e perante Deus acharás misericórdia;

21. porque só a Deus pertence a onipotência, e é pelos humildes que ele é (verdadeiramente) honrado.

22. Não procures o que é elevado demais para ti; não procures penetrar o que está acima de ti. Mas pensa sempre no que Deus te ordenou. Não tenhas a curiosidade de conhecer um número elevado demais de suas obras,

23. pois não é preciso que vejas com teus olhos os seus segredos.

24. Acautela-te de uma busca exagerada de coisas inúteis, e de uma curiosidade excessiva nas numerosas obras de Deus,

25. pois a ti foram reveladas muitas coisas, que ultrapassam o alcance do espírito humano.

26. Muitos foram enganados pelas próprias opiniões. Seu sentido os reteve na vaidade.

27. O coração empedernido acabará por ser infeliz. Quem ama o perigo nele perecerá.

28. O coração de caminhos tortuosos não triunfará, e a alma corrompida neles achará ocasião de queda.

29. O coração perverso ficará acabrunhado de tristeza, e o pecador ajuntará pecado sobre pecado.

30. Não há nenhuma cura para a assembléia dos soberbos, pois, sem que o saibam, o caule do pecado se enraíza neles.

31. O coração do sábio se manifesta pela sua sabedoria; o bom ouvido ouve a sabedoria com ardente avidez.

32. O coração sábio e inteligente abstém-se do pecado. Ele triunfará nas obras de justiça.

33. A água apaga o fogo ardente, a esmola enfrenta o pecado.

34. Deus olha para aquele que pratica a misericórdia; dele se lembrará no porvir, no dia de sua infelicidade este achará apoio.



Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.






“Quanto maiores forem os dons, maior deve ser sua humildade, lembrando de que tudo lhe foi dado como empréstimo.” São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.