1. Estes são os sacerdotes e os Levitas que voltaram com Zorobabel, filho de Salatiel, e com Josué: Saraias, Jeremias, Esdras,

2. Amarias, Meluc, Hatus,

3. Sequepias, Reum, Merimut,

4. Ado, Genton, Abias,

5. Miamin, Madias, Belga,

6. Semeias, Joiarib, Idaias, Selum, Amoc, Heleias,

7. Idaias. Estes eram os principais dentre os sacerdotes e seus irmãos, no tempo de Josué.

8. Os Levitas eram: Jesua, Benui, Cedmiel, Sarebias, Juda, Matanias, que presidiam com seus irmãos aos hinos;

9. Beebecias e Hani, seus irmãos, alternavam com eles.

10. Josué gerou Joaquim, Joaquim gerou Eliasib, Eliasib gerou Jojada,

11. Jojada gerou Jonatan, Jonatan gerou Jedoa.

12. No tempo de Joaquim, os chefes de famílias sacerdotais eram: Da de Saraias, Maraias; da de Jeremias, Hanania;

13. da de Esdras, Mosolão; da de Amarias, Joanan;

14. da de Milico (ou Meluc), Jonatan; da de Sebenias, José;

15. da de Haram, Edna; da de Maraiot, Helci;

16. da de Ado, Zacarias; da de Genton, Mosolão;

17. da de Abias, Zecri; da de Miamin e de Moadia, Feiti;

18. da de Belga, Samua; da de Semaias, Jonatan;

19. da de Joiarib, Matanai; da de Jodaias, Azi;

20. da de Selai (ou Selum), Gelai; da de Amoc, Heber;

21. da de Heleias, Hasebias; da de Idaias, Natanael.

22. No tempo de Eliasib, de Jojada, de Joanan e de Jedoa, os Levitas, chefes de famílias, e os sacerdotes foram inscritos sob o reinado de Dario, rei dos Persas.

23. Os filhos de Levi, chefes de famílias, foram inscritos no livro dos anais, até ao tempo de Jonatan, filho de Eliasib.

24. Os chefes dos Levitas eram: Hesebias, Serebías e Josué, filho de Cedmiel, encarregados com seus irmãos, pelas suas classes, de louvarem e darem glória (a Deus), segundo o preceito de David, homem de Deus, e de fazerem igualmente o seu serviço por ordem.

25. Matanias, Becbecias, Obedias, Mosolão, Teimou, Acub, eram os guardas das portas e dos vestíbulos que estavam em frente das portas.

26. Estes viviam no tempo de Joaquim, filho de Josué, filho de Josedec, e no tempo de Neemias, governador, e de Esdras, sacerdote e escriba.

27. Para a dedicação dos muros de Jerusalém buscaram-se os Levitas de todos os seus lugares, para virem a Jerusalém celebrar a dedicação com alegria, com acções de graças, cânticos, ao toque de címbalos, de saltérios e de cítaras.

28. Juntaram-se os filhos dos cantores do campo dos arredores de Jerusalém, assim como das aldeias de Netufati,

29. de Bel-Galgal e dos territórios de Geba e de Azmavet, porque os cantores tinham edificado aldeias para si em volta de Jerusalém.

30. Tendo-se purificado os sacerdotes e os Levitas, purificaram também o povo, as portas e os muros.

31. Então fiz subir aos muros os príncipes de Judá, e formei dois grandes coros dos que cantavam louvores. Um dos coros caminhou para a direita sobre os muros, para a banda da porta da Esterqueira;

32. atrás foi Osaias, com metade dos príncipes de Judá,

33. com Azarias, Esdras, Mosolão, Juda, Benjamim, Semeias e Jeremias.

34. Dos filhos dos sacerdotes (iam) com as trombetas Zacarias, filho de Jonatan, filho de Semeias, filho de Matanias, filho de Miqueias, filho de Zecur, filho de Asaf,

35. e seus irmãos Semeias, Azareel, Malalai, Galalai, Maai, Natanael, Juda e Hanani, com os instrumentos músicos de David, homem de Deus. Esdras, o escriba, estava diante deles. À porta da Fonte,

36. defronte deles subiram pelos degraus da cidade de David, onde se eleva o muro sobre a casa de David, e até à porta das Aguas, para o Oriente.

37. O segundo coro dos que davam graças caminhava pelo lado oposto, e eu seguia-o com a outra metade do povo sobre os muros. Passando pelo lado de cima da torre dos Fornos, caminhou-se até à parte mais larga do muro;

38. depois, sobre a porta de Efraim, sobre a porta velha, sobre a porta dos Peixes, sobre a torre de Hananeel, sobre a torre de Mea, até à porta do Rebanho. Fez-se paragem na porta da Prisão.

39. Os dois coros dos que cantavam os louvores do Senhor pararam na casa de Deus, assim como eu e metade dos magistrados comigo,

40. e os sacerdotes Eliacim, Maasias, Miamin, Miqueias, Elioenai, Zacarias, Ananias, com as trombetas,

41. e Maasias, Semeias, Eleazar, Azi, Joanan, Melquias, Elão e Ezer. Os cantores cantavam em alta voz; Jézraia era seu chefe.

42. Naquele dia, ofereceram grandes sacrifícios e alegraram-se, porque Deus tinha dado ao povo um grande motivo de alegria. Também suas mulheres e filhos se encheram de gozo, e a alegria de Jerusalém ouviu-se de longe.

43. Escolheram-se, por esse tempo, entre os sacerdotes e os Levitas, homens que fossem superintendentes das câmaras do tesouro das libações, primícias e dizímos, encarregados de recolher dos campos e das cidades as porções legais para os sacerdotes e Levitas. Judá se alegrou, por causa dos sacerdotes e dos Levitas que estavam presentes,

44. fazendo o serviço do seu Deus e os ritos da expiação, e dos cantores e porteiros que procediam conforme o preceito de David e de Salomão, seu filho.

45. Desde o princípio, no tempo de David e de Asaf, se tinham estabelecido chefes dos cantores, os quais cantavam hinos e louvores a Deus.

46. Todo o Israel, no tempo de Zorobabel e no tempo de Neemias, dava aos cantores e aos porteiros as suas porções diárias; apresentava-se a oblação santa (dos dízimos) aos Levitas, e os Levitas apresentavam-na (por sua vez) aos filhos de Aarão.





“E’ na dor que o amor se torna mais forte.” São Padre Pio de Pietrelcina