1. Cântico das peregrinações. Senhor, lembrai-vos de Davi e de sua grande piedade,*

2. como ele fez ao Senhor este juramento, e este voto ao Poderoso de Jacó:

3. “Não entrarei na tenda em que moro, não me deitarei no leito de meu repouso,

4. não darei sono aos meus olhos, nem repouso às minhas pálpebras,

5. até que encontre uma residência para o Senhor, uma morada ao Poderoso de Jacó”.

6. Ouvimos dizer que a arca estava em Éfrata, nós a encontramos nas campinas de Jaar.*

7. Entremos em sua morada, prostremo-nos diante do escabelo de seus pés.

8. Levantai-vos, Senhor, para vir ao vosso repouso, vós e a arca de vossa majestade.

9. Vistam-se de justiça os vossos sacerdotes, e jubilosos cantem de alegria vossos fiéis.

10. Pelo nome de Davi, vosso servo, não rejeiteis a face daquele que vos é consagrado.

11. O Senhor fez a Davi um juramento, de que não há de se retratar: “Colocarei em teu trono um descendente de tua raça.

12. Se teus filhos guardarem minha aliança e os preceitos que eu lhes hei de ensinar, também os descendentes deles, para sempre, se sentarão em teu trono”.

13. Porque o Senhor escolheu Sião, ele a preferiu para sua morada.

14. “É aqui para sempre o lugar de meu repouso, é aqui que habitarei porque o escolhi.

15. Abençoarei copiosamente sua subsistência, fartarei de pão os seus pobres.

16. Revestirei de salvação seus sacerdotes, e seus fiéis exultarão de alegria.*

17. Aí farei crescer o poder de Davi, aí prepararei uma lâmpada para o que me é consagrado.

18. Cobrirei de confusão seus inimigos; em sua fronte, porém, brilhará meu diadema.”

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

131,1. Salmo messiânico que deve ser muito antigo. Nele se promete a eternidade a Jerusalém e à descendência de Davi uma perpetuidade condicional, enquanto no Sl 88 são feitas promessas absolutas. A palavra “germe” é aí empregada no versículo 17. Essa palavra tem, nos profetas, um sentido messiâ­nico, como se pode ver em Zc 3,8; 6,12; Jr 23,5; Is 11,1. O vocábulo nezer, que aparece no versículo final com o sentido de diadema, é também empregado por Isaías na última passagem mencionada; e é talvez a esse termo que faz alusão o Evangelho de Mateus quando ele diz do Messias “que será chamado Nazareno” (Mt 2,23).

131,6. Éfrata: localidade da Judeia, onde se encontrava a arca da aliança, de que este salmo profetiza a transferência para Jerusalém, por Davi.

131,16. De salvação: de uma proteção salvífica.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Enquanto tiver medo de ser infiel a Deus, você não será’. Deve-se ter medo quando o medo acaba!” São Padre Pio de Pietrelcina