Encontrados 13 resultados para: Soba

  • Saul, firmado o seu reino sobre Israel, combatia contra todos os inimigos que viviam nas cercanias: contra Moab, contra os filhos de Amon, contra Edom, contra os reis de Soba e contra os Filisteus; para onde quer que se voltava, vencia. (I Samuel 14, 47)

  • Davide derrotou também Adadezer, filho de Roob, rei de Soba, quando marchou para estender os seus domínios até ao rio Eufrates. (II Samuel 8, 3)

  • Vieram também os Sírios de Damasco, para darem socorro a Adadezer, rei de Soba, e Davide matou vinte e dois mil Sírios. (II Samuel 8, 5)

  • da Síria e de Moab, dos filhos de Amon, dos Filisteus e de Amalec, com os despojos de Adadezer, filho de Roob, rei de Soba. (II Samuel 8, 12)

  • Considerando os Amonitas que tinham injuriado Davide, mandaram aos Sírios de Rood e aos Sírios de Soba, e tomaram deles a seu soldo vinte mil homens de pé, mais de mil homens dos do rei de Maaca e doze mil dos de Tob. (II Samuel 10, 6)

  • Os Amonitas saíram à campanha, dispondo o seu exército em batalha em frente à entrada da porta (da cidade); os Sírios de Soba, os de Roob, os de Istob e os de Maaca, estavam a parte no campo. (II Samuel 10, 8)

  • Igaal, filho de Natan; de Soba; Boni de Gadi; (II Samuel 23, 36)

  • Suscitou-lhe Deus também por inimigo a Razon, filho de Eliada, o qual tinha fugido de Adadezer, rei de Soba, seu senhor. (I Reis 11, 23)

  • Neste tempo Davide derrotou também Adarezer, rei de Soba, no país de Hemat, quando partiu para estender o seu império até ao rio Eufrates. (I Crônicas 18, 3)

  • Sobrevindo os Sírios de Damasco em socorro de Adarezer, rei de Soba, Davide matou-lhes vinte e dois mil homens. (I Crônicas 18, 5)

  • Ora Tou, rei de Hemat, tendo ouvido dizer que Davide tinha desfeito todo o exército de Adarezer, rei de Soba, (I Crônicas 18, 9)

  • Vendo, os Amonitas, assim Hanon com o todo o povo, que tinham feito injúria a Davide, mandaram mil talentos de prata, para tomarem a seu soldo carros de guerra e cavalaria da Mesopotâmia, dos Sírios de Maaca e de Soba. (I Crônicas 19, 6)


“Não queremos aceitar o fato de que o sofrimento é necessário para nossa alma e de que a cruz deve ser o nosso pão cotidiano. Assim como o corpo precisa ser nutrido, também a alma precisa da cruz, dia a dia, para purificá-la e desapegá-la das coisas terrenas. Não queremos entender que Deus não quer e não pode salvar-nos nem santificar-nos sem a cruz. Quanto mais Ele chama uma alma a Si, mais a santifica por meio da cruz.” São Padre Pio de Pietrelcina