Encontrados 200 resultados para: Bens

  • Dá esmola dos teus bens, e não voltes a tua cara a nenhum pobre, porque desta sorte sucederá que também não se apartará de ti a face do Senhor. (Tobias 4, 7)

  • Não temas, meu filho; é verdade que vivemos pobres, mas teremos muitos bens, se temermos a Deus, se nos desviarmos de todo o pecado, se procedermos bem. (Tobias 4, 23)

  • Todos os seus bens te devem pertencer, mas é preciso que a recebas por mulher. (ver nota) (Tobias 6, 12)

  • Ele levou-me e trouxe-me são e salvo; recebeu de Gabelo o dinheiro; fez-me ter mulher e afugentou dela o demónio; encheu de alegria os seus pais; livrou-me a mim mesmo de ser tragado pelo peixe; a ti fez-te ver a luz do céu: por ele nós fomos cheios de todos os bens. Que lhe poderemos dar que iguale tais benefícios? (Tobias 12, 3)

  • Dá graças ao Senhor pelos teus bens, bendiz o Deus dos séculos, para que restabeleça em ti o seu santuário, reconduza a ti todos os cativos, e tu te alegres por todos os séculos dos séculos. (Tobias 13, 12)

  • Se te apraz, ordena a sua perda, e eu pesarei aos tesoureiros do teu erário dez mil talentos (provenientes da confiscação dos bens dos Judeus). (Ester 3, 9)

  • Foram enviadas cartas pelos correios do rei a todas as províncias, para que matassem, exterminassem todos os Judeus, jovens e velhos, meninos e mulheres, num mesmo dia, isto é, a treze do mês duodécimo, que se chama Adar, e saqueassem os seus bens. (Ester 3, 13)

  • O rei mandou-lhes também que em cada cidade buscassem os Judeus, e lhes ordenassem que se unissem todos, para defenderem as suas vidas e para matarem os seus inimigos, com as mulheres e filhos, destruírem todas as casas e pilharem os seus bens. (Ester 8, 11)

  • Tendo-os matado, não quiseram os Judeus tocar no despojo de seus bens. (Ester 9, 10)

  • Reunidos os Judeus no dia catorze do mês de Adar, foram mortos trezentos homens em Susa; porém não saquearam os seus bens. (Ester 9, 15)

  • Da mesma sorte por todas as províncias que estavam sujeitas ao império do rei, puseram-se os Judeus em defesa das suas vidas, matando os seus inimigos e perseguidores, em tão grande número que chegaram os mortos a setenta e cinco mil homens. Todavia nenhum (judeu) pôs a mão em coisa alguma dos seus bens. (Ester 9, 16)

  • Não o cercaste de um vaiado protetor, a ele, à sua casa e a todos os seus bens? Não abençoaste as obras de suas mãos, e os seus bens não se têm multiplicado sobre a terra? (Jó 1, 10)


“Que Maria sempre enfeite sua alma com as flores e o perfume de novas virtudes e coloque a mão materna sobre sua cabeça. Fique sempre e cada vez mais perto de nossa Mãe celeste, pois ela é o mar que deve ser atravessado para se atingir as praias do esplendor eterno no reino do amanhecer.” São Padre Pio de Pietrelcina