1. Portanto, meus muito amados e desejados irmãos, minha alegria e minha coroa, permanecei assim firmes no Senhor, caríssimos.

2. Rogo a Evódia, e suplico a Síntique, que tenham os mesmos sentimentos no Senhor.

3. Também te rogo a ti, meu fiel companheiro, que as ajudes a elas que combateram comigo peio Evangelho com Clemente e com os outros meus colaboradores, cujos nomes estão no livro da vida. (ver nota)

4. Alegrai-vos incessantemente no Senhor; outra vez digo, alegrai-vos.

5. A vossa afabilidade seja conhecida de todos os homens; o Senhor está perto (e contempla-vos).

6. Não vos inquieteis com nada, mas em todas as circunstâncias manifestai a Deus as vossas necessidades por meio de orações e súplicas unidas à ação de graças.

7. E a paz de Deus, que está acima de todo o entendimento, guarde os vossos corações e os vossos espíritos em Jesus Cristo.

8. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é digno, tudo o que é justo, tudo o que é santo, tudo o que é amável, tudo o que é de bom nome, qualquer virtude, qualquer coisa digna de louvor, seja isto o objeto dos vossos pensamentos.

9. O que aprendestes, recebestes, ouvistes e vistes em mim, isso praticai; e o Deus da paz será convosco.

10. Muito me alegrei no Senhor, porque enfim vi reflorescer os vossos sentimentos a meu respeito; é certo que os tínheis, porém só vos faltava a oportunidade (de os manifestar).

11. Não digo isto, levado pela minha necessidade, porque aprendi a contentar-me com o que tenho.

12. Sei viver nas privações, sei também viver na abundância; a tudo fui habituado : a ter fartura e a passar fome, a estar na abundância e a padecer necessidade.

13. Tudo posso naquele que me conforta.

14. Contudo, fizestes bem em me assistir na minha tribulação (socorrendo-me).

15. Também sabeis, ó Filipenses, que, no princípio da evangelização, quando partida Macedônia, nenhuma igreja me ajudou, abrindo-me uma conta de deve e haver, senão vós somente.

16. Porque até a Tessalonica me mandastes, duas vezes, o que me era necessário.

17. Não é que eu busque dádivas, mas busco o fruto que vá aumentando à vossa conta (diante de Deus).

18. Agora tenho tudo e estou na abundância; estou cheio, depois que recebi de Epafrodito o que me mandastes, como perfume de suavidade, como sacrifício aceite e agradável a Deus.

19. O meu Deus, pois, cumpra todos os vossos desejos, conforme as suas riquezas, com glória, em Cristo Jesus.

20. Seja dada glória a Deus e Pai nosso, por todos os séculos dos séculos. Assim seja.

21. Saudai todos os santos em Cristo Jesus.

22. Os irmãos que estão comigo vos saúdam. Todos os santos vos saúdam, principalmente aqueles que são da casa de César.

23. A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito.





“O Santo Rosário é a arma daqueles que querem vencer todas as batalhas.” São Padre Pio de Pietrelcina