1. O Senhor disse a Moisés:

2. “Toma Aarão e seus filhos, as vestes, o óleo para a unção, o touro do sacrifício pelo pecado, os dois carneiros e a cesta de pães ázimos,

3. e convoca toda a assembleia à entrada da tenda de reunião”.

4. Moisés fez o que lhe ordenou o Senhor, e a assembleia se reuniu à entrada da tenda de reunião.

5. Moisés disse então: “Eis o que o Senhor ordenou que se fizesse”.

6. Fez aproximarem-se Aarão e seus filhos e os lavou com água.

7. Vestiu Aarão com a túnica, o cinto e o manto; pôs sobre ele o efod e cingiu-o com o cinto do efod, atando-o.

8. Pôs-lhe em seguida o peitoral, ao qual fixou os urim e os tumim.

9. Cobriu-lhe a cabeça com a tiara, diante da qual colocou a lâmina de ouro, o santo diadema, como o Senhor lhe tinha ordenado.

10. Tomou, além disso, o óleo da unção, ungiu com ele o tabernáculo e tudo o que continha, e os consagrou.

11. Aspergiu sete vezes o altar e ungiu-o com todos os seus utensílios, assim como a bacia e seu pedestal, para consagrá-los.

12. Derramou o óleo da unção na cabeça de Aarão para consagrá-lo.

13. Depois mandou que se aproximassem os filhos de Aarão, e os revestiu de túnicas e de cintos, pondo-lhes também mitras nas cabeças, como o Senhor lhe tinha ordenado.

14. Então mandou vir o touro do sacri­fício pelo pecado, e Aarão e seus filhos puseram as mãos sobre a sua cabeça.

15. Moisés o imolou, tomou o sangue e, com o dedo, o pôs sobre os chifres do altar, purificando o altar; derramou o resto ao pé do altar e o consagrou, fazendo sobre ele a expiação.

16. Tomou, em seguida, toda a gordura que envolve as entranhas, a pele que recobre o fígado e os dois rins com sua gordura, e os queimou no altar.

17. Mas queimou fora do acampamento o touro, seu couro, sua carne e seus excrementos, como o Senhor lhe tinha ordenado.

18. Mandou vir o carneiro do holocausto, sobre cuja cabeça Aarão e seus filhos impuseram as mãos.

19. Foi imolado, e Moisés derramou seu sangue em todo o redor do altar.

20. Foi, em seguida, cortado em pedaços, e Moisés queimou a cabeça, os pedaços e a gordura.

21. Lavaram com água as entranhas e as patas, e Moisés queimou o carneiro todo sobre o altar: era um holocausto de agradável odor, um sacrifício consumido pelo fogo ao Senhor, como o Senhor o tinha ordenado a Moisés.

22. Mandou que se aproximasse o outro carneiro, o carneiro de empossamento, sobre cuja cabeça Aarão e seus filhos impuseram as mãos.

23. Moisés o imolou, tomou seu sangue e o pôs na ponta da orelha direita de Aarão e nos polegares de sua mão direita e de seu pé direito.

24. E mandou então que se aproximassem os filhos de Aarão: pôs-lhes o sangue na ponta da orelha direita, no polegar da mão direita e no hálux do pé direito e, depois, derramou o resto do sangue em todo o redor do altar.

25. Depois tomou a gordura, a cauda, toda a gordura que envolve as entranhas, a pele que recobre o fígado, os dois rins com sua gordura e a coxa direita.

26. Tomou também da cesta de pães ázimos, colocada diante do Senhor, um bolo amassado sem fermento, um bolo amassado com óleo e uma bolacha, e os pôs sobre a gordura e a coxa direita.

27. Meteu tudo isso nas mãos de Aarão e de seus filhos para agitá-los como oferta diante do Senhor.

28. Tomou-os em seguida Moisés nas suas próprias mãos e os queimou sobre o altar, por cima do holocausto; esse foi o sacrifício de empos­samento, de agradável odor, consumado pelo fogo ao Senhor.

29. Tomou também o peito do carneiro de empossamento e o agitou como oferta diante do Senhor a sua porção, como o Senhor lhe tinha ordenado.

30. Tomou, finalmente, o óleo da unção e o sangue que estava sobre o altar e aspergiu sobre Aarão e suas vestes, seus filhos e suas vestes, e consagrou assim Aarão e seus filhos com suas vestes.

31. Depois Moisés disse-lhes: “Cozei a carne à entrada da tenda de reunião. Ali a comereis com o pão que está na cesta de empossamento, como vos ordenei quando disse: Aarão e seus filhos a comerão.

32. O que sobrar da carne e do pão, o queimareis no fogo.

33. Não saireis da entrada da tenda de reunião durante sete dias, até se cumprirem os dias de vosso empossamento, o qual durará sete dias.

34. O que se fez hoje, prescreveu o Senhor que se faça novamente, em expiação por vós.

35. Ficareis, pois, sete dias à entrada da tenda de reunião, dia e noite, e observareis as ordens do Senhor, para que não morrais. Essa é a ordem que recebi”.

36. Aarão e seus filhos fizeram tudo o que o Senhor lhes tinha ordenado por meio de Moisés.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“O bem dura eternamente.” São Padre Pio de Pietrelcina