1. Com a púrpura violeta, a púrpura escarlate e o carmesim, fizeram-se as vestes de cerimônia para o serviço do santuário, e os ornamentos sagrados para Aarão, como o Senhor havia ordenado a Moisés.

2. Fez-se o efod de ouro, de púrpura violeta e escarlate, de carmesim e linho fino retorcido.

3. Reduziu-se o ouro a lâminas, e estas foram cortadas em fios para serem entrelaçados com a púrpura violeta e escarlate, o carmesim e o linho fino, fazendo disso um artístico bordado.

4. Fizeram-se alças que o uniam, e aos quais era preso pelas duas extremidades.

5. O cinto que passava sobre o efod, para prendê-lo, formava uma só peça com ele e era do mesmo tecido: ouro, púrpura violeta e escarlate, carmesim e linho fino retorcido, como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

6. Fizeram-se as pedras de ônix, engastadas em filigranas de ouro, nas quais foram gravados, à maneira de sinetes, os nomes dos filhos de Israel.

7. Colocaram-se nas alças do efod essas pedras para serem um memorial dos filhos de Israel, como o Senhor o tinha ordenado a Moisés.

8. Fez-se o peitoral, obra de arte como o efod, de ouro, púrpura violeta e escarlate, carmesim e linho fino retorcido. Era quadrado e dobrado em dois;

9. seu comprimento era de um palmo e sua largura de um palmo; e era duplo.

10. Adornou-se de quatro fileiras de pedras. Primeira fila: um sárdio, um topázio e uma esmeralda;

11. segunda fileira: um rubi, uma safira, um diamante;

12. terceira fileira: uma opala, uma ágata e uma ametista;

13. quarta fileira: um crisólito, um ônix e um jaspe. Elas estavam engastadas em filigranas de ouro.

14. E, correspondendo aos nomes dos filhos de Israel, eram em número de doze, e em cada uma estava gravado o nome de uma das doze tribos, à maneira de um sinete.

15. Fizeram-­se umas correntinhas de ouro puro para o peitoral, entrelaçadas em forma de cordão,

16. e também dois engastes de ouro e duas argolas de ouro que se fixaram nas duas extremidades do peitoral.

17. Foram os dois cordões de ouro passados nas duas argolas, nas extremidades do peitoral,

18. e presas as duas pontas dos dois cordões aos dois engastes, pondo-os para o lado da frente nas duas alças do efod.

19. Fize­ram-se ainda duas argolas de ouro que se fixaram às duas extremidades do peitoral, na orla interior que se aplica contra o efod.

20. E enfim duas outras argolas de ouro, que se fixaram na parte dian­teira, por baixo das duas alças do efod, no lugar da junção, no cinto do efod.

21. Prenderam-se as argolas às do efod por meio de uma fita de púrpura violeta, a fim de fixar o peitoral no cinto do efod, de sorte que não pudesse separar-se dele. Foi assim que o Senhor tinha ordenado a Moisés.

22. Fez-se o manto do efod, tecido inteiramente de púrpura violeta.

23. Havia no meio uma abertura para a cabeça, como a de um corselete; a beirada estava protegida por uma orla, para que não se rompesse.

24. A orla inferior do manto foi adornada com romãs de púrpura violeta e escarlate, de carmesim e linho fino retorcido.

25. Fizeram-se campainhas de ouro puro que se colocaram entre as romãs em toda a orla inferior do manto:

26. uma campainha, uma romã, outra campainha, outra romã, em toda a orla inferior do manto, para o serviço, como o Senhor o tinha ordenado a Moisés.

27. Fizeram-se túnicas de linho, tecidas, para Aarão e seus filhos;

28. o turbante de linho, e as tiaras de linho à guisa de ornato; os calções de linho fino retorcido;

29. o cinto de linho retorcido, bordado de púrpura violeta, púrpura escarlate e carmesim, como o Senhor o tinha ordenado a Moisés.

30. Foi feita a lâmina de ouro puro, o diadema sagrado, no qual foi gravado, como se grava um sinete: consagrado a Javé.

31. Prendeu-se com uma fita de púrpura violeta pela frente, na parte superior do turbante, como o Senhor havia ordenado a Moisés.

32. Assim foram concluídos todos os trabalhos do tabernáculo, da tenda de reunião. Os israelitas tinham executado tudo em conformidade com as ordens dadas pelo Senhor a Moisés.

33. Apresentaram o tabernáculo a Moisés: a tenda e todo o seu mobiliário, seus colchetes, suas tábuas, suas travessas, suas colunas, seus pedestais;

34. a coberta de peles de carneiro tingidas de vermelho, a coberta de peles de golfinho, o véu de separação,

35. a arca da aliança com seus varais e sua tampa;

36. a mesa com todos os seus utensílios e os pães da proposição;

37. o candelabro de ouro puro, suas lâmpadas, as lâmpadas que se deviam dispor nele, todos os seus acessórios e o óleo para o candelabro;

38. o altar de ouro, o óleo da unção, o perfume aromático e a cortina da entrada da tenda;

39. o altar de bronze, sua grelha de bronze, seus varais e todos os seus utensílios; a bacia com seu pedestal; as cortinas do átrio, suas colunas, seus pedestais, a cortina da porta do átrio,

40. seus cordões e suas estacas e todos os utensílios necessários ao culto do tabernáculo para a tenda de reunião;

41. as vestes litúrgicas para o serviço do santuário, os ornamentos sagrados para o sacerdote Aarão e as vestes de seus filhos para as funções sacerdotais.

42. Os israelitas tinham executado toda essa obra conformando-se exatamente às ordens dadas pelo Senhor a Moisés.

43. Moisés exa­minou todo o trabalho e viu que ele tinha sido executado segundo as ordens do Senhor. E Moisés os abençoou.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Menosprezai vossas tentações e não vos demoreis nelas. Imaginai estar na presença de Jesus. O crucificado se lança em vossos braços e mora no vosso coração. Beijai-Lhe a chaga do lado, dizendo: ‘Aqui está minha esperança; a fonte viva da minha felicidade. Seguro-vos, ó Jesus, e não me aparto de vós, até que me tenhais posto a salvo’”. São Padre Pio de Pietrelcina