1. “Farás o altar de madei­ra de acácia. Será quadrado e seu comprimento será de cinco côvados, sua largura de cinco côvados (será quadrado) e sua altura será de três côvados.

2. Porás em seus quatro ângulos chifres, que farão corpo com o altar; e o cobrirás de bronze.

3. Farás para esse altar cinzeiros, pás, bacias, garfos e braseiros: todos esses utensílios serão feitos de bronze.

4. Farás no altar uma grelha de bronze em forma de grade, e porás nos seus quatro cantos quatro argolas de bronze.

5. Tu colocarás embaixo, sob o rebordo saliente do altar, de modo que essa grelha se eleve até a metade da altura do altar.

6. Farás para o altar varais de madeira de acácia, revestidos de bronze.

7. Esses varais serão introduzidos nas argolas, e estarão de um e outro lado do altar, quando for transportado.

8. O altar será oco e de tábuas, segundo o modelo que te dei sobre o monte.”

9. “Farás o átrio para o tabernáculo. Do lado meridional, ao sul do átrio, haverá cortinas de linho fino retorcido, numa extensão de cem côvados,

10. e igualmente vinte colunas sobre vinte pedestais de bronze; os pregos das colunas, bem como suas vergas, serão de prata.

11. Também para o norte haverá cortinas, numa extensão de cem côvados, bem como vinte colunas com seus pedestais de bronze, sendo de prata os pregos das colunas e suas vergas.

12. Do lado do ocidente a largura do átrio comportará cinquenta côvados de cortinas, com dez colunas e dez pedestais.

13. Na frente, do lado orien­tal, a largura do átrio será de cinquenta côvados.

14. De um lado haverá quinze côvados de cortinas, com três colunas e três pedestais,

15. e de outro lado quinze côvados de cortinas, com três colunas e três pedestais.

16. Na porta do átrio haverá uma cortina bordada, de vinte côvados, em púrpura violeta e escarlate, em carmesim e em linho fino retorcido, com quatro colunas e quatro pedestais.

17. Todas as colunas que formam o recinto do átrio serão unidas por vergas de prata; seus pregos serão de prata e seus pedestais de bronze.

18. O comprimento do átrio será de cem côvados, sua largura de cinquenta, e sua altura de cinco côvados; a cortina será de linho fino retorcido e os pedestais de bronze.

19. Todos os utensílios destinados ao serviço do tabernáculo, todas as suas estacas, como também as do átrio, serão de bronze.

20. Ordenarás aos israelitas que tragam para o candelabro óleo puro de olivas esmagadas, a fim de manter a lâmpada sempre acesa.

21. Na tenda de reunião, diante do véu que oculta a arca da aliança, Aarão e seus filhos prepararão esse óleo para que ele se queime desde a tarde até pela manhã em presença do Senhor. Essa é uma lei perpétua para os israelitas e suas gerações vindouras.”*

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

27,21. Tenda de reunião: é o lugar das entrevistas divinas. Ver 25,22.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“O medo excessivo nos faz agir sem amor, mas a confiança excessiva não nos deixa considerar o perigo que vamos enfrentar”. São Padre Pio de Pietrelcina