1. A Samaria será castigada, porque se revoltou contra o seu Deus. (Os sem habitantes) cairão ao fio da espada, serão esmagados os seus meninos, e abertos os ventres das mulheres grávidas.

2. Converte-te, ó Israel, ao Senhor teu Deus, porque pela iniquidade é que caiste.

3. Tomai convosco palavras (de arrependimento), convertei-vos ao Senhor, dizei-lhe; Tira-nos todas as nossas iniquidades, aceita este bem (ou bom desejo que temos); queremos oferecer-te, como sacrifício, os louvores dos nossos lábios.

4. Assur não nos salvará (mas sim tu Senhor); não montaremos (arrogantes) em cavalos e nunca mais chamaremos Deus à obra das nossas mãos. (Fazemos esta súplica) porque em ti o órfão encontra compaixão,

5. Curarei a sua infidelidade (responde o Senhor), amá-los-ei espontâneamente, porque já o meu furor se afastou deles.

6. Serei como o orvalho para Israel; crescerá como um lírio, e deitará raízes como o Líbano.

7. Estender-se-ão os seus ramos, a sua glória será como a da oliveira, o seu perfume como o do Líbano.

8. Virão repousar debaixo da sua sombra; viverão de trigo e propagar-se-ão como a vinha; a sua nomeada será como a do vinho do Líbano.

9. (Depois disto) que terá Efraim de comum com os ídolos? Fui eu que o afligi e que o tornei feliz ; sou como um cipreste sempre verdejante; em mim terão origem os teus frutos (ó Israel).

10. Quem é o sábio que compreenderá estas coisas (que escrevi)? Quem tem inteligência para as conhecer? Porque os caminhos do Senhor são rectos; por eles andarão os justos, mas neles cairão os prevaricadores. (ver nota)





“Leve Deus aos doente; valera’ mais do que qualquer tratamento!” São Padre Pio de Pietrelcina