Encontrados 68 resultados para: rins

  • Deus disse-lhe: “Eu sou o Deus Todo-poderoso. Sê fecundo e multiplica-te. De ti nascerão um povo e uma assembleia de povos; e de teus rins sairão reis. (Gênesis 35, 11)

  • Eis a maneira como o comereis: tereis cingidos os vossos rins, vossas sandálias nos pés e vosso cajado na mão. Vós comereis apressadamente: é a Páscoa do Senhor.* (Êxodo 12, 11)

  • Tomarás toda a gordura que cobre as entranhas, a membrana do fígado, os dois rins e a gordura que os envolve, e queimarás tudo sobre o altar. (Êxodo 29, 13)

  • Tomarás tudo o que é gordura no carneiro, a cauda, a gordura que envolve as entranhas, a membrana do fígado, os dois rins e a gordura que os envolve, e a coxa direita, porque é o carneiro da investidura. (Êxodo 29, 22)

  • os dois rins com a gordura que os envolve na região lombar e a pele que recobre o fígado, a qual será des­prendida de junto dos rins. (Levítico 3, 4)

  • os dois rins com a gordura que os envolve na região lombar e a pele que recobre o fígado, a qual será desprendida de junto dos rins. (Levítico 3, 10)

  • os dois rins com a gordura que os recobre na região lombar, e a pele que recobre o fígado, a qual será desprendida de junto dos rins. (Levítico 3, 15)

  • os dois rins com a gordura que os envolve na região lombar, e a pele que recobre o fígado, a qual será desprendida de junto dos rins. (Levítico 4, 9)

  • os dois rins com a gordura que os recobre na região lombar e a pele que recobre o fígado, a qual será desprendida de junto dos rins. (Levítico 7, 4)

  • Tomou, em seguida, toda a gordura que envolve as entranhas, a pele que recobre o fígado e os dois rins com sua gordura, e os queimou no altar. (Levítico 8, 16)

  • Depois tomou a gordura, a cauda, toda a gordura que envolve as entranhas, a pele que recobre o fígado, os dois rins com sua gordura e a coxa direita. (Levítico 8, 25)

  • Queimou sobre o altar a gordura, os rins, a pele que recobre o fígado da vítima expiatória, como o Se­nhor o tinha ordenado a Moisés; (Levítico 9, 10)


“O temor e a confiança devem dar as mãos e proceder como irmãos. Se nos damos conta de que temos muito temor devemos recorrer à confiança. Se confiamos excessivamente devemos ter um pouco de temor”. São Padre Pio de Pietrelcina