1. Habitando os israelitas em Setim, entregaram-se à libertinagem com as filhas de Moab.

2. Estas convidaram o povo aos sacrifícios de seus deuses, e o povo comeu e prostrou-se diante dos seus deuses.*

3. Israel juntou-se a Baal-Fegor, provocando assim contra ele a cólera do Senhor:

4. “Reúne – disse o Senhor a Moisés – todos os chefes do povo, e pendura os culpados em forcas diante de mim, de cara para o sol, a fim de que o fo­go de minha cólera se desvie de Israel”.

5. Moisés disse aos juízes de Israel: “Cada um de vós mate os seus que se tenham juntado a Baal-Fegor”.

6. Entretanto, um dos filhos de Israel trouxe para junto de seus irmãos uma madianita, sob os olhos de Moisés e de toda a assembleia que chorava à entrada da tenda de reunião.

7. Vendo isso, Fineias, filho de Eleazar, filho do sacerdote Aarão, levantou-se no meio da assembleia, tomou uma lança,

8. seguiu o israelita até a sua tenda, e ali transpassou-o juntamente com a mulher, ferindo-os no ventre. E deteve-se então o flagelo que se alastrava entre os israelitas.

9. Morreram vinte e quatro mil homens com essa praga.*

10. O Senhor disse a Moisés:

11. “Fineias, filho de Eleazar, filho do sacerdote Aarão, desviou minha cólera de sobre os israe­litas, dando provas entre eles do mesmo zelo que eu. Por isso, não os extingui em minha cólera.

12. Dize-lhe, pois, que lhe dou a minha aliança de paz.

13. Isso será para ele e seus descendentes o pacto de um sacerdócio eterno, porque se mostrou cheio de zelo pelo seu Deus e fez expiação pelos israelitas”.

14. Chamava-se Zambri, filho de Salu, o israelita que foi morto com a madianita, o qual era chefe de uma família patriarcal da tribo de Simeão;

15. o nome da madia­nita morta era Cozbi, filha de Sur, chefe de tribo, de família patriarcal em Madiã.

16. O Senhor disse a Moisés:

17. “Atacai os madianitas e matai-os,

18. porque eles vos atacaram primeiro, enganando-vos artificiosamente por meio do ídolo de Fogor e de Cozbi, sua irmã, filha de um chefe de Madiã, que foi massacrada no dia do flagelo que sobreveio por causa do sacrilégio de Fogor”.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

25,1. Em 31,16 e Ap 2,14 essa devassidão é atribuída aos conselhos perversos de Balaão.

25,9. Ver alusão em 1Cor 10,8.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“O Anjo de Deus não nos abandona jamais.” São Padre Pio de Pietrelcina