1. Habitando os israelitas em Setim, entregaram-se à libertinagem com as filhas de Moab.

2. Estas convidaram o povo aos sacrifícios de seus deuses, e o povo comeu e prostrou-se diante dos seus deuses.*

3. Israel juntou-se a Baal-Fegor, provocando assim contra ele a cólera do Senhor:

4. “Reúne – disse o Senhor a Moisés – todos os chefes do povo, e pendura os culpados em forcas diante de mim, de cara para o sol, a fim de que o fo­go de minha cólera se desvie de Israel”.

5. Moisés disse aos juízes de Israel: “Cada um de vós mate os seus que se tenham juntado a Baal-Fegor”.

6. Entretanto, um dos filhos de Israel trouxe para junto de seus irmãos uma madianita, sob os olhos de Moisés e de toda a assembleia que chorava à entrada da tenda de reunião.

7. Vendo isso, Fineias, filho de Eleazar, filho do sacerdote Aarão, levantou-se no meio da assembleia, tomou uma lança,

8. seguiu o israelita até a sua tenda, e ali transpassou-o juntamente com a mulher, ferindo-os no ventre. E deteve-se então o flagelo que se alastrava entre os israelitas.

9. Morreram vinte e quatro mil homens com essa praga.*

10. O Senhor disse a Moisés:

11. “Fineias, filho de Eleazar, filho do sacerdote Aarão, desviou minha cólera de sobre os israe­litas, dando provas entre eles do mesmo zelo que eu. Por isso, não os extingui em minha cólera.

12. Dize-lhe, pois, que lhe dou a minha aliança de paz.

13. Isso será para ele e seus descendentes o pacto de um sacerdócio eterno, porque se mostrou cheio de zelo pelo seu Deus e fez expiação pelos israelitas”.

14. Chamava-se Zambri, filho de Salu, o israelita que foi morto com a madianita, o qual era chefe de uma família patriarcal da tribo de Simeão;

15. o nome da madia­nita morta era Cozbi, filha de Sur, chefe de tribo, de família patriarcal em Madiã.

16. O Senhor disse a Moisés:

17. “Atacai os madianitas e matai-os,

18. porque eles vos atacaram primeiro, enganando-vos artificiosamente por meio do ídolo de Fogor e de Cozbi, sua irmã, filha de um chefe de Madiã, que foi massacrada no dia do flagelo que sobreveio por causa do sacrilégio de Fogor”.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

25,1. Em 31,16 e Ap 2,14 essa devassidão é atribuída aos conselhos perversos de Balaão.

25,9. Ver alusão em 1Cor 10,8.





“Não se desencoraje se você precisa trabalhar muito para colher pouco. Se você pensasse em quanto uma só alma custou a Jesus, você nunca reclamaria!” São Padre Pio de Pietrelcina