1. O Senhor disse a Moisés:

2. “Envia homens para explorar a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Is­rael. Enviarás um homem de cada tribo patriarcal, tomados todos entre os príncipes”.

3. Enviou-os Moisés do deserto de Farã segundo as ordens do Senhor; todos esses homens eram príncipes em Israel.

4. Eis os seus nomes: da tribo de Rúben, Samua, filho de Zacur;

5. da tribo de Simeão, Safat, filho de Huri;

6. da tribo de Judá, Caleb, filho de Jefoné;

7. da tribo de Issacar, Igal, filho de José;

8. da tribo de Efraim, Oseias, filho de Nun;

9. da tribo de Benjamim, Falti, filho de Rafu;

10. da tribo de Zabulon, Gediel, filho de Sodi;

11. da tribo de José, na tribo de Manassés, Gadi, filho de Susi;

12. da tribo de Dã, Amiel, filho de Gemali;

13. da tribo de Aser, Setur, filho de Miguel;

14. da tribo de Neftali, Naabi, filho de Vapsi;

15. da tribo de Gad, Guel, filho de Maqui.

16. Esses são os nomes dos homens que Moisés enviou como exploradores a Canaã. Moisés deu a Oseias, filho de Nun, o nome de Josué.

17. Enviando-os a explorar a terra de Canaã, Moisés disse-lhes: “Ide pelo Negueb e subi a montanha.*

18. Examinai que terra é essa, e o povo que a habita, se é forte ou fraco, pequeno ou numeroso.

19. Vede como é a terra onde habita, se é boa ou má, e como são as suas cidades, se muradas ou sem muros;

20. examinai igualmente se o terreno é fértil ou estéril, e se há árvores ou não. Coragem! E trazei-nos dos frutos da terra”. Era então a época das primeiras uvas.

21. Partiram, pois, e exploraram a terra desde o deserto de Sin até Roob, no caminho de Emat.

22. Subiram ao Negueb e foram a Hebron, onde se encontravam Aimã, Sesai e Tolmai, filhos de Enac. Hebron fora construída sete anos antes de Tânis, no Egito.*

23. Chegaram ao vale de Escol, onde cortaram um ramo de vide com um cacho de uvas, que dois homens levaram numa vara; tomaram também consigo romãs e figos.

24. Chamou-se a esse lugar vale de Escol, por causa do cacho que nele haviam cortado os israelitas.*

25. Tendo voltado os exploradores, passados quarenta dias,

26. foram ter com Moisés e Aarão e toda a assembleia dos israelitas em Cades, no deserto de Farã. Diante deles e de toda a multidão relataram a sua expedição e mostraram os frutos da terra.

27. Eis como narraram a Moisés a sua exploração: “Fomos à terra aonde nos envias­te. É verdadeiramente uma terra onde corre leite e mel, como se pode ver por esses frutos.

28. Mas os habitantes dessa terra são robustos, suas cidades grandes e bem muradas; vimos ali até mesmo filhos de Enac.

29. Os amalecitas habitam na terra do Negueb; os hiteus, os jebuseus e os amorreus habitam nas montanhas, e os cananeus habitam junto ao mar e ao longo do Jordão”.

30. Caleb fez calar o povo que começava a murmurar contra Moisés, e disse: “Vamos e apoderemo-nos da terra, porque podemos conquistá-la”.

31. Mas os outros, que tinham ido com ele, diziam: “Não somos capazes de atacar esse povo; é mais forte do que nós”.

32. E diante dos filhos de Israel depreciaram a terra que tinham explorado: “A terra – disseram eles – que exploramos devora os seus habitantes: os homens que vimos ali são de uma grande estatura;

33. vimos até mesmo gigantes, filhos de Enac, da raça dos gigantes; parecíamos gafanhotos comparados com eles”.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

13,17. O Negueb: a parte meridional de Canaã.

13,22. Filhos de Enac ou enacim: raça de gigantes mais ou menos fabulosos (Gn 6,1-14), que dominava em Hebron. Ver Dt 2,10s; Js 15,13s; Jz 1,10.

13,24. Escol: significa – cacho de uva.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.




“Deus é servido apenas quando é servido de acordo com a Sua vontade.” São Padre Pio de Pietrelcina