1. O Senhor disse a Moisés o seguinte:

2. “Faze para ti duas trombetas de prata: faze-as de prata batida. Elas te servirão para convocar a assembleia e para dar o sinal de levantar o acampamento.

3. Quando elas soarem, toda a assembleia se reunirá junto de ti, à entrada da tenda de reunião.

4. Se se tocar uma só, virão e se juntarão a ti os príncipes, os chefes de milhares em Israel.

5. Quando tocardes com força, partirão aqueles que estão acampados ao oriente.

6. E quando tocardes com força uma segunda vez, partirão aqueles que estão acampados ao meio-dia; o sinal para a sua partida será um toque de alarme.

7. Para convocar a assembleia tocareis também, mas não com o toque de alarme.

8. São os filhos de Aarão, os sacerdotes, que tocarão as trombetas. É uma lei perpétua para vós e vossos descendentes.

9. Quando na vossa terra sairdes à guerra contra inimigos que vos atacarem, tocareis com força as trombetas, e o Senhor, vosso Deus, se lembrará de vós, e sereis livres dos vossos inimigos.

10. Nos vossos dias de alegria, vossas festas e vossas luas novas, tocareis as trombetas, oferecendo os holocaustos e os sacrifícios pacíficos, e elas vos lembrarão a memória de vosso Deus. Eu sou o Senhor, vosso Deus”.

11. No vigésimo dia do segundo mês do segundo ano, levantou-se a nuvem do tabernáculo do testemunho.

12. Os israe­litas puseram-se em marcha e partiram do deserto do Sinai, e a nuvem parou no deserto de Farã.

13. Partiram, pois, pela primeira vez, conforme a ordem do Senhor transmitida por Moisés.

14. A bandeira do acampamento dos filhos de Judá partiu em primeiro lugar, seguida de suas tropas; e a tropa de Judá era comandada por Naas­son, filho de Abinadab.

15. A tropa da tribo dos filhos de Issacar era comandada por Natanael, filho de Suar; 16 e a tropa da tribo dos filhos de Zabulon era comandada por Eliab, filho de Helon.

17. O tabernáculo foi desmontado, e os filhos de Gérson e de Merari partiram, transportando-o.

18. Depois partiu a bandeira do acampamento de Rúben, seguida de suas tropas, e seu comandante era Elisur, filho de Sedeur.

19. A tropa da tribo dos filhos de Simeão era comandada por Salamiel, filho de Surisadai;

20. e a tropa da tribo dos filhos de Gad era comandada por Eliasaf, filho de Reuel.

21. Os caatitas partiram em seguida, levando os objetos sagrados. E, antes que chegassem, era montado o tabernáculo.

22. A bandeira do acampamento dos filhos de Efraim partiu, seguida de suas tropas; e a tropa de Efraim era comandada por Elisama, filho de Amiud.

23. A tropa da tribo dos filhos de Manassés era comandada por Gamaliel, filho de Fadassur;

24. e a tropa da tribo de Benjamim era comandada por Abidã, filho de Gedeão.

25. A bandeira do acampamento dos filhos de Dã, que formavam a retaguarda de todos os acampamentos, partiu, seguida de suas tropas. A tropa de Dã era comandada por Aiezer, filho de Amisadai.

26. A tropa da tribo dos filhos de Aser era comandada por Fegiel, filho de Ocrã;

27. e a tropa dos filhos de Neftali era comandada por Aíra, filho de Enã.

28. Essa foi a ordem de marcha dos israelitas, divididos em tropas, quando levantaram acampamento.

29. Moisés disse a Hobab, filho de Raguel, o madianita, seu sogro: “Nós partimos para o lugar que o Senhor nos prometeu dar. Vem conosco, e te haveremos de tratar bem, porque o Senhor prometeu fazer bem a Israel”.

30. Hobab, porém, respondeu-lhe: “Não irei contigo, mas voltarei para a minha terra e para junto de minha família”.

31. Moisés replicou: “Rogo-te que não te separes de nós. Conheces os lugares onde podemos acampar no deserto e nos servirás de guia.

32. Se vieres conosco, dividiremos contigo os bens que o Senhor nos der”.

33. Partiram da montanha do Senhor e caminharam três dias. Durante esses três dias de marcha, a arca da aliança do Senhor os precedia, para lhes escolher um lugar de repouso.

34. A nuvem do Senhor estava sobre eles de dia, quando partiam do acampamento.

35. Quando a arca se levantava, Moisés dizia: “Levantai-vos, Senhor, e sejam dispersos os vossos inimigos! Fujam de vossa face os que vos aborrecem!”.

36. Quando, porém, se detinha, dizia: “Voltai, Senhor, para a imensa multidão de Israel!”.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Nossa Senhora recebeu pela inefável bondade de Jesus a força de suportar até o fim as provações do seu amor. Que você também possa encontrar a força de perseverar com o Senhor até o Calvário!” São Padre Pio de Pietrelcina