1. Sou o narciso de Saron, o lírio dos vales.

2. – Como o lírio entre os espinhos, assim é minha amada entre as jovens.

3. – Como a macieira entre as árvores da floresta, assim é o meu amado entre os jovens; gosto de sentar-me à sua sombra, e seu fruto é doce à minha boca.

4. Ele introduziu-me num celeiro, e o estandarte, que levanta sobre mim, é o amor.*

5. Restaurou-me com tortas de uva, fortaleceu-me com maçãs, porque estou enferma de amor.

6. Sua mão esquerda está sob minha cabeça, e sua direita abraça-me.

7. – Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e as corças dos campos, que não desperteis nem perturbeis o amor, até que ele o queira.*

8. – Oh, esta é a voz do meu amado! Ei-lo que aí vem, saltando sobre os montes, pulando sobre as colinas.*

9. Meu amado é como a gazela ou como um cervozinho. Ei-lo que está atrás da nossa parede. Olha pela janela, espreita pelas grades.

10. Meu bem-amado disse-me: “Levanta-te, minha amada; vem, formosa minha.

11. Eis que o inverno passou: cessaram e desapareceram as chuvas.

12. Apareceram as flores na nossa terra, voltou o tempo das canções. Em nossas terras já se ouve a voz da rola.

13. A figueira já começa a dar os seus figos, e a vinha em flor exala o seu perfume; levanta-te, minha amada, formosa minha, e vem.

14. Minha pomba, oculta nas fendas do rochedo, e nos abrigos das rochas escarpadas, mostra-me o teu rosto, faze-me ouvir a tua voz. Tua voz é tão doce e delicado teu rosto!”.

15. – Apanhai-nos as raposas, essas pequenas raposas que devastam nossas vinhas, pois nossas vinhas estão em flor.*

16. – Meu bem-amado é para mim, e eu para ele; ele apascenta entre os lírios.

17. Antes que sopre a brisa do dia, e se estendam as sombras, volta, ó meu amado, como a gazela ou o cervozinho para os montes escarpados.*

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

2,4. Num celeiro: outra tradução – Numa casa onde se bebe vinho em sinal de amor.

2,7. Este versículo é como um estribilho, que se repetirá por três vezes, em 3,5 e 8,4, mas não é dito por nenhum dos amantes; é uma exclamação do poeta.

2,8. Oh, esta é a voz: a pastora parece estar em casa à espera da visita do seu bem-amado.

2,15. As raposas: ver sob este símbolo os jovens que perturbam o coração das donzelas. Este versículo é posto pelo poeta na boca de uma terceira pessoa.

2,17. Escarpados: outra tradução – esbarrancados, ou montes de Beter.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Os corações fortes e generosos não se lamentam, a não ser por grandes motivos e,ainda assim,não permitem que tais motivos penetrem fundo no seu íntimo.(P.e Pio) São Padre Pio de Pietrelcina