1. O Senhor disse a Moisés:

2. Ordena o seguinte aos israelitas: cuidareis de apresentar no devido tempo a minha oblação, o meu alimento, em sacrifícios de agradável odor consumidos pelo fogo.

3. Dir-lhes-ás: eis o sacrifício pelo fogo que oferecereis ao Senhor: um holocausto quotidiano e perpétuo de dois cordeiros de um ano, sem defeito.

4. Oferecerás um pela manhã e outro entre as duas tardes,

5. juntando, à guisa de oblação, um décimo de efá de flor de farinha amassada com um quarto de hin de óleo de olivas esmagadas.

6. Este é o holocausto perpétuo tal como foi feito no monte Sinai, um sacrifício pelo fogo de suave odor para o Senhor.

7. A libação será de um quarto de hin para cada cordeiro; é no santuário que farás ao Senhor a libação de vinho fermentado.

8. Oferecerás, entre as duas tardes, o segundo cordeiro; e farás a mesma oblação e a mesma libação como de manhã: este é um sacrifício pelo fogo, de suave odor para o Senhor.

9. No dia de sábado oferecereis dois cordeiros de um ano sem defeito, com dois décimos de flor de farinha amassada com óleo à guisa de oblação e a libação.

10. Este é o holocausto de cada sábado, além do holocausto perpétuo com a sua libação.

11. Nas neomênias oferecereis, em holocausto ao Senhor, dois novilhos, um carneiro, sete cordeiros de um ano sem defeito,

12. bem como, com cada touro, três décimos de flor de farinha amassada com óleo, à guisa de oblação; com o carneiro, uma oblação de dois décimos de flor de farinha amassada com óleo,

13. e com cada cordeiro, um décimo de flor de farinha amassada com óleo. Este é um holocausto de suave odor consumido pelo fogo para o Senhor.

14. As respectivas libações serão de meio hin de vinho por touro, um terço de hin por carneiro, e um quarto de hin pelo cordeiro. Este será o holocausto da neomênia para cada mês do ano.

15. Além do holocausto perpétuo e sua libação, oferecer-se-á ao Senhor um bode em sacrifício pelo pecado.

16. No décimo quarto dia do primeiro mês será a Páscoa do Senhor.

17. No décimo quinto desse mês começará a festa: durante sete dias só comerão pães sem fermento.

18. No primeiro dia haverá uma santa assembléia: não fareis nele obra alguma servil.

19. Oferecereis em holocausto pelo fogo, ao Senhor, dois novilhos, um carneiro e sete cordeiros de um ano sem defeito,

20. com flor de farinha amassada com óleo à guisa de oblação: três décimos por touro, dois décimos para o carneiro,

21. e um décimo para cada um dos sete cordeiros;

22. além disso, um bode, em sacrifício pelo pecado, para fazer expiação por vós.

23. Tudo isso, vós o fareis sem prejuízo do holocausto da manhã, que é perpétuo.

24. Assim fareis cada dia, durante sete dias: este é o alimento consumido pelo fogo, de suave odor para o Senhor. Isso se fará além do holocausto perpétuo e sua libação.

25. No sétimo dia haverá de novo uma santa assembléia e a cessação de toda obra servil.

26. No dia das Primícias, quando apresentardes ao Senhor uma oblação de grão novo na vossa festa das Semanas, tereis uma santa assembléia e a suspensão de todo o trabalho servil.

27. Oferecereis em holocausto de suave odor ao Senhor, dois novilhos, um carneiro e sete cordeiros de um ano,

28. com flor de farinha amassada com óleo, à guisa de oblação: três décimos por touro, dois décimos para o carneiro,

29. e um décimo para cada um dos sete cordeiros;

30. além disso, um bode, para a expiação de vossos pecados.

31. Isso, sem prejuízo do holocausto perpétuo e de sua oblação. Os animais serão sem defeito e acompanhados de suas libações.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.



Livros sugeridos


“O trabalho é tão sagrado como a oração”. São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.